12 março, 2010

Problemas no sector do Colectivo

http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

No último jogo no estádio do Dragão - empate a duas bolas com o Olhanense - registaram-se problemas no sector ocupado pelo "Colectivo Ultras 95", na Curva Norte. Cerca de quinze minutos jogados, momentos depois do segundo golo apontado por Djalmir, grande confusão na bancada, com a polícia a ocupar a parte central e a fazer dispersar os Ultras daquele local.

Estando eu localizado no lado oposto do estádio, deu para perceber que algo se passava, mas não o motivo. Já ouvi vários relatos sobre o acontecido, até alguns bastante diferentes e portanto não vou levantar falsos testemunhos sobre o sucedido. A verdade é que, da resposta dada pelos elementos da claque à invasão policial do seu espaço, resultou em pelo menos um ferido. Gostava de saber o que é que levou a polícia a entrar daquela maneira pela bancada. Nunca tinha assistido no nosso estádio, a uma situação destas. Ainda se passaram largos minutos até tudo voltar à normalidade.

Entretanto o nosso Porto perdia por 0-2. 32 809 espectadores assistiam à primeira partida para o campeonato nacional, principiada às 17h! Que diferença ver um jogo de futebol com a luz do dia. Que saudades! Podia ser sempre assim!

O apoio dos Ultras do Porto foi razoável. A intensidade poderia e deveria ter sido maior. Na Curva Norte, o incidente ao fim do primeiro quarto de hora reflectiu-se no resto do encontro. Na Sul, esperavam-se mais elementos. Os "Super Dragões" não apresentaram o seu sector cheio, num jogo com um horário convidativo. Muito material presente como habitualmente.

Do lado dos algarvios, destaco pela negativa a falta de comparência do seu grupo organizado “Mosh Side”. Muito poucos adeptos de Olhão, sem ligação à claque.

O empate ao cair do pano foi o menos mau. Acabou por ser o melhor momento da tarde.

O momento não é bom, mas o nosso amor ao Porto é inabalável.

Aos meus amigos que estiveram em Londres…

…o meu obrigado!! Vocês não mereciam isto! Um pesadelo. Nunca tinha assistido a uma derrota tão pesada do nosso Porto. Está na altura de tomar medidas, ver o que está errado e corrigi-lo rapidamente.

No Emirates Stadium, em Londres, na passada noite de terça-feira, 3000 portistas cobriram uma bancada de azul e branco para apoiar a nossa equipa. Ambos os grupos organizados do FC Porto estiveram muito bem representados. Apesar de estarem em clara minoria, chegaram a fazer-se ouvir, principalmente durante o nosso melhor período ao longo dos 90 minutos, quando perdíamos por 2-0. Fomos vergados com uma mão cheia de golos. Se aqui doeu muito, nem quero imaginar lá...

E a informação que me chegou pouco tempo depois do árbitro ter terminado com aquele filme terrorífico, ainda me chocou mais. Ao que soube, enquanto os jogadores do FC Porto caminhavam em direcção aos adeptos para lhes agradecer o apoio, no fim do jogo, as camisolas número 2 e 3, respectivamente Bruno Alves e Raul Meireles, faziam o percurso inverso e caminhavam em direcção às cabines de acesso aos balneários! Isto tem um nome: inadmissível, num clube como o FC Porto!!

Então adeptos que pedem dias de férias para acompanhar o clube, gastam dinheiro na viagem para Londres e no bilhete para assistir ao jogo, preparam-se para, no mínimo, 90 minutos a puxar e a sofrer pela equipa, inclusive chegam a dormir no aeroporto durante a noite à espera do avião na manhã seguinte, e depois disto tudo não recebem sequer um aplauso dos dois principais capitães da nossa equipa?! Para reflectir.

À chegada dos nossos jogadores ao aeroporto Francisco Sá Carneiro, por volta das três horas da manhã, cerca de setenta adeptos demonstraram-lhes o seu desagrado, com os recentes resultados obtidos. Nada contra em mostrar o nosso descontentamento. Só dá sinais de que estamos atentos e de que queremos o melhor para o clube.

A Liga dos Campeões foi-se, mas o nosso orgulho em ser portista permanece.

Porque não um Dragão Caixa assim todos os jogos?

Os futuros ENEA Campeões derrotaram anteontem à noite os lampiões por 5-2, em hóquei em patins. Foi o primeiro clássico sobre rodas, no nosso recente pavilhão. Pavilhão este, que pela primeira vez este ano, encheu completamente!

Mas nem tudo são rosas e não posso deixar de fazer esta crítica. Adeptos que praticamente não falham um jogo, seja em que modalidade for, vêm-se desesperados para arranjar um bilhete nestes jogos grandes. Isto tudo porque, por exemplo, neste tipo de jogos são oferecidos convites a pessoas que, durante o resto do ano, não põem lá os pés.

O ambiente lá dentro foi espectacular! Quem me dera puder vivê-lo jogo após jogo. De certeza que, à partida, a nossa equipa já entrava no jogo a ganhar. Seria muito difícil algum adversário conseguir pontuar ali.



Os "Super Dragões" e o "Colectivo" marcaram presença em massa. Muito material presente na bancada sul do “Dragãozinho”. Ambiente hostil à escumalha de vermelho, que se deparou com os 50 minutos mais difíceis de ultrapassar, de toda a época.

Com o avolumar do resultado a festa foi grande. Como sabe bem esta vitória!

No próximo Sábado os nossos andebolistas recebem o São Bernardo às 17h no Dragão Caixa. Às 21h15 há utebol em Coimbra: Académica - FC Porto. Às 21h30 os Octo-Campeões nacionais de hóquei em patins jogam em Viana do Castelo contra a Juventude. No Domingo, é a vez do basquetebol entrar em acção, com o FC Porto a receber o Vagos às 17h no Dragão Caixa.

SIGO-TE ATÉ À MORTE, TU ÉS A MINHA PAIXÃO!

Um abraço Ultra.

18 comentários:

  1. Grande Tripeiro começar por dar os parabéns pelo resumo da semana a que não ficou nada por dizer.

    No jogo do Olhanense lembro-me de ver alguns stweards naquela zona mas nunca consegui compreender o porquê, o resultado não ajudava e foi pena aquela actuação da Policia dado que mesmo ao longe não vislumbrei nada demais antes da policia resolver entrar por ali a dentro.

    Mesmo assim tivemos uma boa lotação e com um estádio repleto de Dragonas que foram incansáveis no apoio à equipa.

    Em Londres coração partido, mesmo nunca desistindo acredita meu amigo que me doeu e de que maneira perder assim, mesmo assim depois do jogo e só tendo voo às 11:40 do dia seguinte fui fazendo o possivel para me manter animado coisa que só foi facilitada pela companhia que levei, mas que custou lá isso custou.

    Quanto aos dois Capitães nem vou comentar, acho que o que vi foi demasiado mau, espero que estas amuadices acabem já em Coimbra e dêem uma resposta decente.

    O jogo grande em hóquei de registar pavilhão cheio, uma boa moldura o que ajudou e de que maneira a nossa equipa a aplicar 5 golos ao eterno rival, e ficar mais perto do Titulo.

    Temos de continuar a apoiar este nosso clube independentemente do que se tem passado, num matrimónio é para o bem e para o mal, pode parecer prosa mas não sei viver de outra forma.

    ResponderEliminar
  2. Grande apoio frente ao Olhanense, dos Super e da senhoras que mereciam melhor jogo e melhor resultado.
    Comportamento lamentável e desproporcionado da polícia, que noutra altura teria merecido uma tomada de posição dura do F.C.Porto. Desta vez e tal como acontece noutras questões, o clube calou-se. Falamos nós!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. acredita que custou perder daquela forma. foi a primeira vez que fui a Londres e nunca pensei vir tão triste: o regresso foi a antítese da ida... não há palavras que possam descrever o meu estado de espírito actual... ainda não recuperei... mas tenho uma certeza: tenho um orgulho enorme em ser portista, carago! ;)

    saudações PENTACAMPEÃS!

    ResponderEliminar
  4. A cena dos capitães realmente foi injusta para os adeptos mas pelos vistos continuam a merecer a titularidade por parte do treinador mesmo TENDO ESSES JOGADORES comportamentos inadequados nos últimos tempos. Uma anarquia portanto... Esperemos q estas nuvens passem e salve-se o q for possível até ao fim da época e obviamente de um ciclo q se esgotou CLARAMENTE.

    ResponderEliminar
  5. Quanto ao ambiente do Dragãozinho no hóquei foi qq coisa de extraordinário. Ali sim, tal como no andebol (no basket caminha-se para lá tb) há uma família no balneário.

    ResponderEliminar
  6. Pois até se esperava que a equipa (ou alguns elementos)de futebol estivessem no Dragãozinho para retirar ilações sobre a garra dos hoquistas.

    Talvez tenham visto o jogo pela net...

    ResponderEliminar
  7. Quanto ao ambiente alinho pela bítola do excelente.
    Faltou apenas, talvez devido à acústica do pavilhão, aquela sensação de estar quase a ir abaixo :-)

    Nota cómica são os caramelos que estão mais preocupados com o amarrotar dos fatos.
    Sai uma tonelada de pipocas.

    ResponderEliminar
  8. Se fosse pelo apoio já éramos pentacampeões!

    Alguns jogadores não merecem aquilo que o clube lhes proporciona! Enfim

    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  9. Infelizmente, por motivos pessoais não pude estar nem no jogo com o Olhanense nem no jogo com os gayvotas no Caixinha. Se em relação ao jogo com o Olhanense já tudo foi dito e não vale a pena repisá-lo (mas é bom não esquecer) já quanto ao que se passou em Londres (e se for verdade que os capitães tiveram essa atitude) esses elementos deveriam receber como recompensa o banco. No entanto, também Jesualdo foge das explicações e resolveu cancelar a habitual conferência de imprensa antes do jogo. No hóquei, ainda vi alguma coisa pela net (transmissão bastante aceitável) e soube que até os americanos do basket estiveram no Caixinha com os restantes companheiros do plantel a apreciar o jogo. Aliás, até ao futebol já têm ido. Era importante que os nossos futebolistas, de vez em quando, descessem do pedestal e aparecessem no Caixinha.

    ResponderEliminar
  10. Feliz do clube que tem adeptos como os nossos que fazem imensos esforços para acompanhar o clube por todo o lado!

    Na 3ª feira, os heróis estiveram na bancada do Emirates e não no relvado. Muito triste os capitães não terem agradecido o esforço que os adeptos fizeram para ali estar a apoiá-los... Como escreveu o Tripeiro, inadmissível!

    Sobre o jogo de hóquei em patins, fantástico o ambiente vivido no Dragãozinho na 4ª feira à noite! Devia ser sempre assim! Infelizmente existem adeptos do nosso clube que só se lembram que o FC Porto ali joga quando o adversário se chama benfica...

    Um grande abraço ao homem da bandeira e parabéns por mais um excelente post!

    ResponderEliminar
  11. Estilhaço em relação a esses dromedários não me preocupam, tenho sempre ao meu lado o meu amigo Penafidelense que não deixa escapar nenhuma, disse-lhes das boas e como reparas-te lá tiveram que ouvir e calar.

    Outro assunto, embora muitos achem que a iniciativa do colete devia ter mais pessoas, eu achei e continua achar, que teve uma adesão bem aceitável de maneira a que todos os meios de comunicação social presentes fizeram referencia disso, ou seja , não passou despercebido.

    Dia 27 lá estaremos de novo com os coletes.

    ResponderEliminar
  12. Eu estava muito próxima à zona do colectivo mas sinceramente não consegui perceber exactamente o que se passou(estava colada no jogo) reparei que as pessoas estavam todas a olhar,levantei a cabeça e a polícia a dar-lhes forte e feio e uma cadeira a voar...

    Parabéns ao Homem da Bandeira com quem me cruzei no Metro x)

    ResponderEliminar
  13. Antas:

    "Temos de continuar a apoiar este nosso clube independentemente do que se tem passado, num matrimónio é para o bem e para o mal, pode parecer prosa mas não sei viver de outra forma."

    Não preciso de dizer mais nada!

    Vila Pouca:

    "...e da senhoras que mereciam melhor jogo e melhor resultado. "

    Excelente iniciativa no Sábado, onde as mulheres portistas tinham entrada gratuita no jogo :)

    miguel, continua a passar por cá...

    lucho:

    "Ali sim, tal como no andebol (no basket caminha-se para lá tb) há uma família no balneário."

    Uma família que se estende aos adeptos! N'aquele terceiro golo na quarta-feira, o Pedro Gil a saltar para cima do tribunal :) Assim, sim!

    Estilhaço:

    Tipos que nunca vimos por lá, e com toda a certeza digo, que, dificilmente os voltaremos a encontrar. "Ai!! Cuidado que me está a entalar o fato na cadeira!!" LOOL

    Dragon Soul, sem dúvida!

    Dragão66, ao intervalo tive oportunidade de cumprimentar vários jogadores de basquetebol e o grande Moncho, por exemplo. Somos uma família! Vive-se bastante o clube no "Dragãozinho"!

    Sevilha03, prepara-te para Sábado, mais um dia de apoio ao Mágico azul e branco!!

    Abraço a todos

    ResponderEliminar
  14. Orgulhoazulebranco,

    "levantei a cabeça e a polícia a dar-lhes forte".

    O que ainda não está explicado é o porquê dessa invasão à bancada do COLECTIVO! Aproveitaram-se do facto de estarem poucos elementos para agir?! Se a bancada estivesse cheia duvido que actuassem daquela maneira...

    "Parabéns ao Homem da Bandeira com quem me cruzei no Metro x)"

    Para a próxima vem ter comigo ;)

    ResponderEliminar
  15. Multómetro: As multas dos Adeptos

    22ª Jornada: Liga Sagres

    SL Benfica 1250€
    SC Braga 450€
    V. Guimarães 350€

    22ª Jornada: Liga Vitalis

    Varzim 400€

    Soma e segue....

    ResponderEliminar
  16. Pois...não percebi mesmo!Eram tão poucos também...enfim...

    Ai eu ia,mas o metro ia composto,e quando te vi estavamos mesmo a chegar à Trindade,onde tu saiste... x)

    ResponderEliminar
  17. Como vi o jogo pela TV, não me apercebi destes incidentes no sector do Colectivo. Resta saber se houve algum motivo relevante para tal investida policial, ou se se tratou de violência gratuita.

    Em relação aos 3000 adeptos que se deslocaram a Londres, gostaria de deixar aqui a minha palavra de apreço pelos sacrifícios que fizeram, e pela pouca consideração que certos elementos demonstraram.

    Em relação ao hóquei, grande ambiente, pena ter ficado no Dolce Vita devido à falta de bilhete, por razões pouco compreensíveis. De qualquer das formas, parabéns aos presentes.

    ResponderEliminar
  18. é, não foi mesmo por falta de apoio que o FC Porto lerpou nestes dois últimos jogos:

    - se em casa, com os de Olhão, foram muitos os que ficaram até ao fim, na secreta esperança de ver aquele pesadelo terminar com um sorriso nos lábios... desta vez, até reforçados pela gritaria histérica do mulherio Portistas que lá estava em grande número;

    - já em Londres, em muitos momentos do jogo, os adeptos se fizeram ouvir a bom ouvir, não merecendo eles a desfeita dos nossos... complementada pela 'ridicula' e 'vergonhosa' atitude (já não é a primeira, nem há-se ser a última, e nem falo de um ou outro, falo da equipa no geral), do BA e RM na hora de agradecer aos adeptos presentes... uns bons merdeiros, é o que são, sem tirar, nem pôr!!

    ps - ao que me constou, na zona dos C95, parece que um dos robocops de serviço e já mais que conhecido, useiro e vezeiro em malhanços, não terá gostado do 'cheiro a chocolate' que lhe passou junto às narinas e como tal, toca a malhar em quem estava mais à mão... uns heróis, uns perfeitos heróis, que até em idosos, com idade para ser 'avó' da besta, molharam a sopa, mandando alguns para as urgências pelo uso indiscriminado de gáz-pimenta... uns heróis, não haja duvidas!

    ResponderEliminar