10 março, 2010

Livre (in)directo - Champions 09/10, semana 8

http://bibo-porto-carago.blogspot.com/


ArsenalFC 5-0 FCPorto

Frank De Bleeckere, árbitro belga, é um desconhecido da população futebolística portuguesa. Vamos esperar que fique conhecido pela boa arbitragem do jogo de hoje.

Logo ao minuto 9, golo do Arsenal que não deveria ter sido validado. Incrível. Bendtner quando recebe o passe do seu guarda redes está em fora de jogo claro. Distracção total de uma equipa de arbitragem que deveria estar ao mais alto nível, mas está no extremo oposto.

Minuto 23, Falcao rasteira Song de forma imprudente. Correcta a decisão do árbitro. 5 minutos depois, Diaby é derrubado por Hulk na quina da área. Falta bem assinalada.

Ao minuto 29, fora de jogo assinalado a Falcao. Mais um fora de jogo muito mal assinalado. Falcao está efectivamente em posição irregular mas, depois de Campbell ter jogado a bola deixa de ter efeito tal posição. A jogada deveria ter seguido.

Decorria o minuto 37 quando Falcao é derrubado por Vermalen. Em consequência dessa acção vê, e bem, o cartão amarelo por ter cortado um ataque prometedor.

Minuto 43, Bendtner rasteira Fucile, tendo sido bem advertido.

Minuto 55, é assinalada falta a favor do Arsenal. O árbitro considerou que Cristian Rodriguez empurrou Sagna, quando este é que fez falta sobre Álvaro Pereira. Deveria, inclusive, ter visto o cartão amarelo.

Num dos últimos lances dignos de registo do jogo, ao minuto 87, Hulk é empurrado mesmo em frente ao árbitro da partida. Este nada assinalou e mal.

Minuto 89, grande penalidade a beneficiar o Arsenal depois de uma falta de Fucile. Há efectivamente falta do lateral portista que agarra o jogador do Arsenal.

Avaliação global da equipa de arbitragem: 3,5. Demasiados erros com influência no resultado. Das piores arbitragens registadas num jogo da Champions. Com este tipo de arbitragens, até se pode dizer que o nível da arbitragem em Portugal não é nada má.

6 comentários:

  1. FDX...isto é nota que se de a um arbitro k excepçao feita ao lance do 1º golo nao teve kualker influencia no decorrer da partida...MEU DEUS!!!!É deuma incoerencia este "amigo"!!!TAl como a exibiçao do PORTO, sem comentarios!!!

    ResponderEliminar
  2. 'Ao minuto 29, fora de jogo assinalado a Falcao. Mais um fora de jogo muito mal assinalado. Falcao está efectivamente em posição irregular mas, depois de Campbell ter jogado a bola deixa de ter efeito tal posição. A jogada deveria ter seguido.'

    Fico na dúvida se a falta é de fora de jogo ou, anteriormente, do Falcao sobre o Campbell.
    Se realmante a sinalética é de fora de jogo é erro de principiante.

    ResponderEliminar
  3. o primeiro golo é limpo, acho que devias mudar as dioptrias das lentes...o jogador está em linha

    ResponderEliminar
  4. é verdade que no lance do 1º golo, há um fora de jogo que acaba por ter influência na jogada... mas se no galinheiro teve importância, porque é que será que aqui não teria tb?

    depois, o tal lance de campbell... até eu que não percebo nada disso, sei que não poderia ser julgado fora de jogo... mas foi... então, em que ficamos?

    por fim, quando dizes que teve influência no resultado, é excessivo o termo... a não ser o tal lance do 1º golo, nada mais há a dizer... senão que foi limpinho, aqui e acolá, como em qq jogo, com um ou outro erro de apreciação!

    ResponderEliminar
  5. Caro Bruno Rocha...

    já lhe reconheci muitas qualidades, até a de praguejar, mas agora, qualidades de árbitro e de perceber de leis de jogo, é a primeira vez... estou impressionado.

    ResponderEliminar
  6. Caro shin Carlos:

    As dioprias por mim usadas são iguais a zero. Acho inclusivamente que quem deveria ir ao optometrista és tu...

    E já agora, a um professor também, para ver se ele te ensinava a ter maneiras.

    ResponderEliminar