07 fevereiro, 2008

Cada vez mais... 2ªs opções!

Trofense 1-0 FC Porto

Liga Intercalar 2007/08
06 de Fevereiro de 2008
1ª jornada do Campeonato de Primavera

Estádio do CD Trofense, Trofa

CD Trofense: Marco; Maia, Gora Tall, Milton do Ó e Nuno Pinto; Kazeem, Zamorano e Amandio; Moukouri, Theo e Reguila.
jogaram ainda: Edu Souza, Ribeiro e João Ruben.

treinador: António Conceição.

FC Porto: Nuno; Castro, Stepanov, João Paulo e Stephane; Tengarrinha, Kazmierczak e Lino; Tarik, Rabiola e Adriano.
jogaram ainda: Marco Aurélio, André Pinto, André André e Alex.
treinador: João Pinto.

marcadores: Edu Souza (23 m).

Numa tarde a fazer jus à denominação da segunda volta da Liga Intercalar, o Campeonato de Primavera que arrancou esta quarta-feira, o F.C. Porto deslocou-se ao terreno do Trofense, equipa que lidera a Liga de Honra, acabando por perder por uma bola, num encontro marcado pelo regresso de Tarik às competições nacionais.

Foi dividido o duelo entre os dois líderes das ligas profissionais portuguesas, esta tarde, porém, em disputa por um lugar na fase final da Liga Intercalar. Os muitos adeptos que marcaram presença no Estádio do emblema da Trofa, assistiram a um espectáculo repartido, que teve ascendente caseiro na primeira metade, e liderança portista durante a etapa complementar.

fonte: site oficial do FC Porto

A Liga Intercalar, nova competição que surgiu no panorama do futebol português, teve o seu início marcado para 28 de Novembro com a participação de 10 formações: FC Porto, Braga, V. Guimarães, Boavista, Leixões, Varzim, Gondomar, Desp. Aves, Penafiel e Trofense. Com um formato dividido em dois campeonatos, um de Inverno (1ª volta) e um outro de Primavera (2ª volta), são apurados os dois primeiros classificados de cada uma das voltas que jogarão entre si as meias-finais a duas mãos, marcadas para 9 e 30 de Abril. A final será em campo neutro e será disputada a 30 de Abril de 2008.

O objectivo da competição, que terá os seus jogos agendados para quarta à tarde, é permitir um maior ritmo de jogo a atletas menos utilizados, a afirmação de jovens valores e a actuação de jogadores a recuperarem de lesões.

Confira aqui o calendário desta nova competição.

5 comentários:

  1. Vou solicitar ao Blue para deixar de colocar aqui estes posts da intercalar. Na maior parte destes jogos «as vedetas» andam lá a passear e não merecem destaque.

    O FC Porto não está habituado a isto. Não querer ganhar não é digno de quem veste a camisola adorada.

    ResponderEliminar
  2. Realmente Lucho, até dá vontade mesmo de «eliminar» estas páginas negras da nossa história... tamanhos têm sido os desperdicios de oportunidades para alguns deles, quiçá, relançarem a concorrência interna no grupo.

    E ao que consta, Lino, Kazmierczak e Adriano, não estiveram mal... estiveram péssimos!!

    Depois, admiram-se...

    ResponderEliminar
  3. Ó Lucho tens a certeza que o 1º. lugar dá acesso directo à UEFA :-)?

    ResponderEliminar
  4. Nestes jogos apenas os mais novos se aproveitam. É a única coisa que me leva a ver parte dos jogos.
    Não percebo uma coisa, não existem laterais direitos nos júniores? É preciso o Castro jogar adaptado?
    O que é feito de um lateral direito que veio do Braga no tempo do Mourinho e que foi campeão da europa sub-17 com o Paulo Machado, o Vieirinha e outros do FCP? Acho que se chamava João Dias ou algo parecido.

    ResponderEliminar
  5. André_82:

    João Dias jogou em Itália na temporada anterior e no início desta época esteve à experiência na Naval mas não chegou a assinar contrato. Não sei onde joga actualmente. Penso q já n é activo do FCP.

    ResponderEliminar