21 fevereiro, 2008

Não se deve voltar a um local onde já fomos felizes...

Não sei onde ouvi a frase. Provavelmente numa daquelas canções pop, cantadas de forma lânguida, debitadas incessantemente por rádios um pouco por todo o Mundo. “Não se deve voltar a um sítio onde já fomos felizes…”

Curiosos mecanismos cerebrais que nos fazem recordar, no meio de um jogo importante, frases soltas ouvidas algures. E o cérebro incapaz de deixar de trautear a letra, numa cadência premonitória. “Não se deve voltar a um sítio onde já fomos felizes…”

Pois não, apeteceu-me gritar no final do jogo correspondente aos oitavos-de-final da Champions. Mas as imposições do sorteio assim o ditaram. Gelsenkirchen, cidade fabril alemã, terra de mineiros, ficará para sempre associada a uma das maiores conquistas do Porto. Por ironia do Destino, poderá também ficar nefastamente ligada ao descalabro azul e branco na conquista da Europa, sonho esse acalentado meses a fio por fiéis adeptos [há que bater três vezes na madeira, para espantar o agoiro] …

Depois de desbaratarem as hordas turcas, de terem esgrimido argumentos com os bárbaros ingleses e travado as invasões francesas, os guerreiros azuis e brancos, assim apelidados pelo “general” Jesualdo, marcharam para longe, para a longínqua terra de teutões, onde os bávaros do Schalke constituíam um desafio titânico.

Regressando a um local de culto, terra santificada na cruzada anterior, onde o General Special One tinha levado os Invictos a uma vitória histórica, foi com a serenidade espelhada no rosto que os experientes gladiadores portistas se prepararam para o desafio.

O balde de água gelada, correspondente ao golo alemão, refreou ânimos, estilhaçou sonhos e aumentou exponencialmente a ansiedade. Nada está perdido. A eliminatória, previsivelmente equilibrada, será decidida no Estádio do Dragão. Lá, amparados por milhares de vozes que não se calarão, pisando o solo sagrado, já calcorreado por outros heróis de azul, em noites de glória frescas na memória, os atletas portistas terão que ser apenas eles próprios. Bastará isso e uma ligeira aragem da Fortuna para que a passagem aos quartos seja selada com uma exibição de gala.

Convenhamos: o que se assistiu na Auf Schalke Arena foi suficiente, apesar da derrota, para ficarmos optimistas. Somos melhores. Teremos que prová-lo dentro das quatro linhas, o que será feito, desde que a ansiedade não tolha a magia dos nossos artistas. Basta seguir o exemplo de raça e empenho dado por Pedro Emanuel, enorme coração na defesa, uma raça indomável em todas as situações.

Para reflexão futura ficam as patentes fragilidades demonstradas sempre que algum dos "peso-pesados" da equipa não joga [neste caso Bosingwa], a morosidade das mexidas introduzidas por Jesualdo e a incapacidade [mais uma vez] de conseguir anular uma desvantagem. Tem sido esta a sina do Dragão, ao longo da temporada.

**************************************************************************

Viajar pela Europa abre horizontes, mostra novos mundos e acorda-nos para uma realidade diametralmente oposta à do País de origem. Mas tem um senão. O regresso a solo pátrio. E ao ar bafiento que se sente, mal o Atlântico se deixa vislumbrar pelas janelas do avião. É como se existissem duas realidades, com Portugal a representar um regresso ao passado, a um Mundo ainda por evoluir. Por aqui, tudo parece imutável, semana após semana. Tal como na Superliga. Jornadas idênticas, numa monotonia que vai imperando, transtornando uns, agraciando outros, numa espécie de dicotomia entre o bem e o mal.

De um dos lados da barricada, habitam uns seres mirrados, transportando aos ombros o pesado fardo da inveja, com a mesquinhez a transformá-los em personagens azedas e odiosas. O fim-de-semana, altura propícia para a descontracção, trouxe-os de novo à ribalta. Vozes inflamadas, clamando por sumaríssimos a jogadores do Porto, numa mostra de que os triunfos dos azuis e brancos provocam sempre uma digestão difícil aos seus inimigos.

As capas dos jornais, essas, continuam na onda do revivalismo, com o vermelho monocromático a merecer as honras de ser cor predominante nas primeiras páginas. Cânticos e hossanas às novas “vedetas” da Luz, mesmo que joguem míseros 5 minutos. Pelo caminho, a ética e deontologia, aliadas à imparcialidade que sempre deveria nortear o caminho profissional de qualquer jornalista que se preze, são “esquecidas”.

E esses “esquecimentos” evitam que, para memória futura, se fale dos lançamentos de linha lateral irregularmente cobrados pelo camaronês com o penteado mais ridículo de todos os tempos, ou de mais uma penalidade sonegada, caprichosamente, aos adversários dos encarnados. Desta feita, nenhum pressuroso repórter intrépido colocou um microfone a jeito, junto de Aprígio Santos, presidente da Naval, para que a indignação deste com a “badalhoquice” do costume tivesse eco nacional. E assim, paulatinamente, se branqueia mais uma jornada onde os pretensos grandes de Lisboa foram carinhosamente aconchegados no colinho do costume.

O cheiro a bafio continua…e a “badalhoquice” também!!

nota: Alguém disse uma vez que os elogios, como todas as coisas verdadeiramente preciosas, devem o respectivo valor à sua escassez. Portugal prova isso mesmo. A ausência de elogios ao FC Porto é, sem dúvida, a nossa medalha mais valiosa.

[nova actualização] [CoNtRa dOSsiEr] "o apito Bermelho" com upload de 2 novas imagens (total: 202 slides)… passem por lá para confirmar, não custa nada! Só tens que clicar no banner respectivo logo ali acima.

24 comentários:

  1. Paulo Pereira, fico no minimo deliciada sempre que venho ler os teus posts, sao um regalo de se ler sinceramente...

    Não poderia subscrever mais o que disseste, tanto em relação ao jogo como em relação à pequenice de alguns pasquins. E permitam.me dizer, por muito mal que se fale do jogo, é o unico que ainda nos contempla com alguma verdade dos factos e noticias interessantes, tirando talvez a parte da análise do Jorge Coroado que coitado devia andar a fazer tricô em vez de comentar lances de forma no minimo ESTUPIDA.

    "As capas dos jornais, essas, continuam na onda do revivalismo, com o vermelho monocromático a merecer as honras de ser cor predominante nas primeiras páginas. Cânticos e hossanas às novas “vedetas” da Luz, mesmo que joguem míseros 5 minutos." Ora aqui é onde eu ando a insistir desde segunda talvez. A aproximar.se uma jornada europeia, nem referencia o pasquim rascord fez a isso... Na terça, dia de Gelsenkirchen, o Jogo traz uma capa no minimo SOBERBA, linda mesmo e o Rascord mete como capa, "Só pode jogar um". E como cumulo aqui eu gastei força em teclar o site do mesmo pasquim para lhes endereçar um email a dar a minha opiniao quando descubro que nem contactos eles deixam no site. Bem ate me admirou depois da nossa derrota, nem uma mençao fizeram a isso na capa, limitaram.se a dizer "Tudo em aberto para o dragão"

    Estaremos cá a torcer amanhã pelo Nuremberga, afinal tal como para nós o 1.0 é um resultado "aceitavel", para o Nuremberga também o será...

    E sabado la estarei, despejei os meus troquinhos todos no balcão da loja do Associado, o senhor que me atendeu ate me agradeceu a quantidade de moedas que la deixei...lol Ai o Paços coitado vai pagar a factura!lol

    Beijinhos azuis e brancos muito esperançados da Ta_8

    ResponderEliminar
  2. PP, MTO BEM OBSERVADO TUDO ISTO !

    NO MEU VER, CERTAS COISAS PODIAM SER (TALVEZ) FOCADAS DESDE OUTRO ÂNGULO UM POUQUINHO MAIS ABERTO .
    SER OU NÂO UM GÔSTO TORNAR A UM SITIO,POIS É! NÂO HAVERIA QUEM VOLTASSE MAIS AO DRAGÂO,PRA SÓ DIZER UM LUGAR FIXE! E BEM FIXE!
    DOS CÂNTICOS D BASÓFIAS MEDIATICAS CAPITALINAS,A ESSES PALEIOS SEMPRE D CARGAS NEGATIVAS,É SÓ COISA D LIGAR OS OUVIDOS A TERRA,ELES SÓ ESTÂO A UIVAR À LUA,NÂO TÊM OUTRA SAÍDA. GANHAR É SABOROSO,MAS ISSO D PERDER, E A MIÚDO, É UMA ETERNA AMARGURA MOURA! AH,O BAFIO ? SERÁ COISA DAQUELA "CELULOSE", PORQUE A NOSSA TERRINHA NÂO CHEIRA MAL,A MIM NÂO! ATÉ ME CHEIRA A COZINHA,E DA DIVINA! VAMOS LÁ MAS É FAZER +++ FORÇA PORTISTA DA BOA PRA GANHAR E ENDOSSAR O BILHETE ÓS ZERO-QUATROS ? COM APLAUSO DE aufviedersen E TODA A GALHARDIA !
    PORQUE TUDO INDICOU QUE SOMOS MAIS EQUIPA QUE ELES,JOGAMOS BASTO MAIS E FOI AQUELE golo em frio QUE NOS (moeu) PRÓ RESTO DA PARTIDA !

    PS - PARABÉNS À NOVA SÓCIA ta_8 !!!
    LÁ FOI O migalheiro, É ? BENVINDA SEJA E QUE DESFRUTE NESSE REDUTO DA UNIÂO E GRANDEZA PORTISTAS QUE NOS UNEM !!!

    ResponderEliminar
  3. Paulo, a frase é um provérbio chinês.Quanto ao significado?...pode ser que a tristeza seja atenuada com a eliminação do Schalke.Disse uma vez P.Costa:" quando certas pessoas ou certos orgãos de C.Social, disserem bem de mim?!... Levem-me rapidamente ao médico, pois devo estar para morrer" Seria pedir de mais que o país centralista e invejoso se curvasse perante o F.C.Porto.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  4. bem, quanto a esses pasquins aziados ja nada me espanta.ainda ontem a TVI completou 15 anos.
    a minha maezinha estava a ver a festa na tv e contou-me o sucedido:o Julio Magalhães teve uma entrada em grande:
    -"Em Portugal há 2 lideres:a TVI e o FCPorto"
    escusado será dizer que foi assobiado mas foi ainda a tempo de dizer que naquela casa era SÓ ELE E O MIGUEL SOUSA TAVARES.

    REPITO:SÓ ELE E O MIGUEL SOUSA TAVARES


    ps:acredito no meu FCPorto e sei que vamos jogar os quartos da champions.FORÇA RAPAZES!!!!

    ResponderEliminar
  5. Nºao concordo com a frase que " Não se deve voltar a um sítio onde já fomos felizes…”
    Volta-mos ao estádio do Prater e fomos felizes, Volta-mos ao Japão e fomos felizes.

    É claro que a azia continua e vai continuar para esses jornalistas reles. Só espero que o Nuremberga logo espete uns 3 ou 4 pelo menos :)

    Abraço

    http://estrelas-do-fcp.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  6. Paulo Pereira sempre a brilhar.
    Esta semana ando um pouco em baixo.

    Mas isto vai melhorar.
    uM abraço.

    ResponderEliminar
  7. Essa de ñ ser feliz é como a de ter um sentimento negativo quando os jogos são à terça :-)

    Já passou, agora é apontar armas para Sábado contra o Paços e esperar garra no Domingo, em Águas Santas.

    Sábado é dia preenchido.
    16.00 em Fânzeres com o Gulpilhares e depois para o Dragão, às 20.15.

    ResponderEliminar
  8. Paulo Pereira, o nosso 'escritor literário' de serviço à tasca, em qq 4ª feira perto de si.

    Nunca é demais reconhecê-lo, mas os teus textos são um desafio para qq um... parabéns!!

    Quanto ao «sumo» do teu texto, pois, percebendo onde queres chegar com o provérbio chinês (obrigado Dragão VilaPouca), deixa-os pousar que no dia 5 de Março, cá os esperamos e vão levar tantas com que contar, que nem vão saber de que lado elas vão cair... vais ver... eles não esperam pela demora!!

    No resto... é o tal país dos invejosos e rídiculos e eles são tantos, que até lhes perdemos a conta.

    aKeLe aBrAçO,

    ResponderEliminar
  9. Boas,

    Tou como o Paulo Moreira...

    Logo só me animo com uma exibição de gala...do Nuremberga:)

    ResponderEliminar
  10. Ó Paulo, também foste a Gelsenkirchen?
    Estive lá e ao voltar, como sempre sucede quando vamos lá fora e temos de dar à costa como as ondas, também sinto essa depressão de estar numa coisa chamada Portugal.
    Abraço.
    Zé Luís

    ResponderEliminar
  11. Zé Luís, estive fora há duas semanas e ao regressar ... pensei o mesmo.
    Só o FCP me ajuda...

    ResponderEliminar
  12. Sim acredito que qualquer pessoa que va o numero de dias que seja a um pais da europa e volte a portugal, cedo percebe que quer apanhar o aviao ou o que seja e voltar para fora... Eu estive 4 dias em paris e mal aterrei em lisboa onde a minha mala demorou anos a aparecer so me apetecia voltar aos francius!

    Tripeiro em caracas, era mt bom eu ter.me tornado socia, era de maneira que ja podia ir dia 5 ver o Schalke mas nao, o mealheiro das moedas pequenas foi mesmo po bilhete de Sabado com o Paços...lol Mas desfruto de tudo da mesma maneira so por dizer que pronto, nao vou poder ir ver o nosso Porto passar aos quartos dia 5... (Esperando eu que passemos)

    Beijinhos muito azuis e brancos da Ta_8

    ResponderEliminar
  13. Os "guerreiros", como Jesualdo lhes chamou, actuaram na Alemanha, vejam só,sem as armas! Ficaram esquecidas no Dragão!

    Será aqui que se tornarão mortíferas.

    Quanto aos pasquins cada um que lhes dê a importância que entenderem. Para mim são lixo, locais que sempre procuro evitar.

    ResponderEliminar
  14. NUREMBERGAAAAAAA! Olhem so o Nuremberga ja a ganhar ao Benfica!

    ResponderEliminar
  15. Retfico.me Reparem so como o NUREMBERGA ja meteu 2 NA BALIZA DO QUIM!

    E ainda diz o comentador: "Incrivel como uma defesa destas deixa passar um golo destes" Não é incrivel é normal...

    Ah hoje vou abrir um vinhinho e comemorar sozinha...

    Desculpem mas isto da.me um gozo enorme...

    ResponderEliminar
  16. Ok retiro o que disse, mais uma vez com a puta da sorte e a puta da mania estes palhaços sem fazer a ponta de corno passam aos oitavos.

    Haja paciencia porra.

    ResponderEliminar
  17. Paciência TA_8... festejos antes da hora dá sempre azar!
    Guarda o vinhinho no armário para uma próxima...
    Realmente não foi um bom jogo mas...já passámos mais uma etapa. Nós somos assim...

    ResponderEliminar
  18. Ena, já por aqui pululam aves raras...

    Realmente, nada como uma vitória fortuita para encher os egos k andam tão por baixo...

    Vão saboreando as glórias pírricas, k quanto mais sonham maior será a queda...e esta será bem dolorosa, podem crer...

    ResponderEliminar
  19. Parabéns águia.
    Aparece por aqui mais vezes, mas toma nota disto: nós não somos assim...

    ResponderEliminar
  20. Eh la é o primeiro lampioneiro que eu apanho aqui... Pois bem ja posso ripostar à minha boa maneira.

    É verdade esta semana os meus prognosticos nao andam nada bons, verdade verdadinha...

    E tens razao vou guardar mesmo o vinho, estava.me a esquecer que vem por ai a conquista do Tri, a Taça de Portugal e quiçá quiçá, uma boa participação na Champions por isso vou mesmo guardar o vinhinho.

    E vocês sao mesmo assim, olha so como falas bem. Sao daqueles que nao fazem ponta de corno, ganham jogos nem sabem bem como passam eliminatorias sabe bem deus como la faz isso e ainda se metem a cantar e cagar sentenças pelos triunfos dos outros... Parabéns por serem assim.

    E já agora continua a aparecer, eu gosto destas conversas com os lampioneiros, que isto aqui na Inbicta é o paraíso, ninguem me chateia por eu escolher o melhor clube de PORTOgal para ser adepta ferrenha.

    Beijinhos azuis e brancos da Ta_8

    ResponderEliminar
  21. Eu apareço pouco por estas bandas, pois não quero destabilizar o bom ambiente deste blog que eu "apesar de tudo" admiro e considero muito...
    Apesar de ontem não jogarmos bem... foi uma autêntica catástofre, continuamos a dar luta em todas as frentes.
    E mesmo que percam as Taças ou ficamos em 2º lugar no campeonato... o orgulho permanece!

    ResponderEliminar
  22. Bom dia óhh Menina «Águia», espero que saibas no que te estás a meter ao vir "comentar" a um espaço virtual de «fanatismo exarcebado» ao Mágico FC Porto... depois não te queixes :D

    Só pela «provocação», já levaste com que contar daqui... e queres saber que foram apenas «verdades», tão duras como punhos? :?

    Mas fica tranquila, que isto aqui é tudo gente boa e simpática... desde que não abusem, nem tão pouco se estiquem :D

    Ahhh, e essa d'o orgulho permanecer, não achas que já tens idade para ter juízinho? :D olha que sim, olha que sim, olha que sim. Porta-te bem (mal).

    JiNhOs e até amanhã,

    ResponderEliminar
  23. Amigo Blue Boy, há que ficar descansado... não venho causar más impressões aqui para estas bandas...
    Tu conheces-me... sou bastante calma.
    Quanto à idade realmente tenho alguma, o juízo é que é pouco... muito pouco...
    Fica bem. Bjinhos

    ResponderEliminar
  24. Ah conversas cordiais que bom que bom, o que é tao dificil de estabelecer hoje em dia entre adeptos portistas e benfiquistas!

    Ainda bem que ainda há aguias como tu, com quem se pode manter uma conversa minimamente decente...

    Eu venho aqui à pouco tempo mas olha, vai aparecendo para mandarmos bitaites fixes uns aos outros de vez em quando! E quanto ao orgulho acho muito bem que todos os adeptos o tenham desde que consigam descernir a realidade que envolve o clube...

    Beijinhos azuis e brancos da Ta_8

    ResponderEliminar