19 fevereiro, 2008

Façam do Mister o nosso «Special One»

Arena do Schalke, 19.45 horas de hoje, terça feira, alguns milhares de Portistas estarão nas bancadas onde um dia a Europa se rendeu por completo ao futebol mágico mas também eficiente do Porto de Mourinho. À mesma hora estarei eu e muitos mais em frente ao televisor sintonizado na RTP1. Uma vez mais, quem quer ver futebol de campeões tem que forçosamente apreciar aquelas camisolas azuis e brancas. Portugal tem no FC Porto o seu único representante nesta prova, nesta fase avançada (oitavos de final) da prova mais milionária do futebol Mundial.

O onze que entrar em campo, o melhor onze do FC Porto, tem a oportunidade de fazer de Jesualdo o nosso novo «special one». Se não houver as habituais retracções de Jesualdo em jogos grandes, o FC Porto que nós queremos (em 4-3-3 e desta vez com Tarik), terá essa oportunidade de elevar o nosso mister a um patamar bem alto, onde ele nunca esteve, aos quartos de final da Champions League, pelo menos.

O futebol Alemão traz-nos boas recordações, o Bayern de 87, o Hamburgo do ano passado, o Werder Bremen dos 5-0 de 94, por isso há que ter bons pensamentos para mais logo. Por isso eu acho que o Jesualdo vai estar no seu melhor e esta 1ª mão vai ter golos do Porto e consequentemente um resultado positivo para facilitar a missão da 2ª mão em 5 de Março. O meu palpite aponta para uma vitória com golos de Lucho (não confundir comigo) e Lisandro, mas até pode ser que o Quaresma esteja em noite de inspiração e deixe também ele a sua marca no resultado. Que os nossos 11 heróis respeitem a história daquele relvado e do Clube que um dia (ali naquele local) fez de Portugal um País de Campeões. Eu hoje só penso naquela música, no hino da Champions, não me chateiem com trabalho e outras coisas!!! Vamos Porto, só um pouco mais de azul !!!

Andebol: FC Porto tem de ganhar amanhã ao Benfica
1º ABC (51 pts, 19 jgs), 2º Benfica (44 pts, 18 jgs), 3º FC Porto (44 pts, 18 jgs).

crónica do Astrakhan/FC Porto (31-28): Na 2ª mão dos oitavos de final da Taça das Taças, o FC Porto deslocou-se à Rússia com 3 golos de desvantagem oriundos de uma 1ª mão algo infeliz para os Portugueses. Nesta 2ª mão, a equipa azul e branca prometeu lutar pela qualificação mesmo em território adverso e no pavilhão de um clube Russo habituado aos jogos da Liga dos Campeões. O FC Porto fez um jogo digno, com todos os seus jogadores a demonstrarem coragem, espírito de luta e orgulho por defenderem aquela camisola (ver foto com Tiago Rocha em acção). Ao intervalo, os Dragões já perdiam por 17-14, vantagem de 3 golos que se repetiu no final (31-28). A nossa equipa chegou a liderar o marcador por 6-9 e a 7 minutos do fim estava tudo em aberto com 26-25 mas na ponta final a infelicidade voltou a acompanhar os últimos ataques dos jogadores Portistas. Eduardo Filipe, Solha, Álvaro, Kavalenka e Filipe Mota foram os melhores marcadores. O comportamento da equipa do FC Porto (principalmente nesta 2ª mão) só pode ser alvo dos mais rasgados elogios e se os quartos de final (eliminatória recorde para o andebol do FCP já atingida 3 vezes) desta feita não foram atingidos, muito se deve ao valor da equipa Russa (Astrakhan). O percurso Europeu do FC Porto termina aqui esta época depois de termos eliminado o Paniggen da Holanda e o Paris Handball de França, num trajecto muito positivo e que deixou todos os adeptos azuis e brancos orgulhosos da equipa de andebol do nosso clube. Agora é centrar as atenções no campeonato Nacional e tratar de assegurar a melhor classificação possível (2º posto) nesta fase regular.

crónica do Madeira/FC Porto (24-22): Passado é passado, o que interessa é já o jogo de amanhã (quarta-feira) em Santo Tirso (21h) onde estarei de alma e coração para ver ao vivo mais um aliciante Porto/Benfica. A meio da semana, perdemos na Madeira por 24-22 e permitimos que o Benfica nos alcançasse no 2º lugar. Este jogo no Funchal começou bem para o Porto que chegou a estar a vencer por 7 golos ainda na 1ª metade. Na 2ª parte muitos erros no ataque permitiram a lenta recuperação dos Madeirenses que acabariam mesmo por vencer. Eduardo Filipe (na foto) com 6 golos foi o melhor marcador numa partida onde se estreou, finalmente, o Croata Mirza Saric (1 golo). Também em bom plano estiveram Tiago Rocha e Kavalenka. O bicampeão ABC já assegurou a 1ª posição nesta fase regular e agora o importante é derrotar o Benfica e depois na última ronda voltar a ganhar em Águas Santas (no próximo domingo, 18h) e assim assegurar a 2ª posição, importante no escalonamento dos play-off. Que os jogadores e técnicos do FC Porto tenham aprendido com os erros do jogo do Funchal, é o meu desejo para esta partida (diante do Benfica) de fulcral importância. O empate serve ao Benfica, por isso só temos um caminho a seguir, o da vitória. Era bom que o pavilhão puxasse pela equipa e que muitos Portistas comparecessem. Eu amanhã lá estarei. Na quinta feira, terão neste blog um post com a minha crónica a este importante jogo de andebol.

Basquetebol: Paulo Cunha novamente MVP em nova vitória
1º Ovarense (1 derrota, 15 jgs), 2º FC Porto (3 derrotas, 15 jgs), 3º Vagos (7 derrotas, 15 jgs).

crónica do FC Porto/Belenenses (90-84): O FC Porto voltou a derrotar o Belenenses numa partida onde Paulo Cunha (na foto) com 26 pontos voltou a repetir a exibição do domingo anterior. Os Dragões ao intervalo já ganhavam por 13 pontos e apenas no último período permitiram alguma aproximação dos azuis do Restelo, mas sem nunca colocar em perigo a vitória. Boas prestações também as de Marçal, Gentry e Terrell. Vitória por 90-84 e assim continua a insistente perseguição ao bicampeão Ovarense. No próximo fim de semana, mais uma jornada concentrada (desta feita em Cantanhede) com o Vagos a ser o adversário dos azuis e brancos (domingo às 17h-RTP2). Na taça de Portugal, o FC Porto visita o Sampaense a 19 de Março em jogo a contar para os oitavos de final, eliminatória que antecede a final a 8 que se disputará em Elvas de 3 a 6 de Abril onde o FC Porto tentará defender esta taça de Portugal conquistada pelos Dragões nos últimos 2 anos.

Hóquei: FC Porto limpou o Prato e está muito perto da final four
1º FC Porto (58 pts, 22 jgs), 2º Benfica (46 pts, 22 jgs), 3º Oliveirense (44 pts, 23 jgs).

crónica do FC Porto/Prato (10-1): Era o que se previa. Através das imagens da RTP2 assisti a mais um jogo da Liga Europeia onde o FC Porto passeou a sua classe ganhando ao Prato de Itália por 10-1. Bisaram nesta partida Caio, Jorge Silva e Filipe Santos tendo Ventura, Garcia, Moreira e André apontado os outros golos. Uma goleada que demorou 12 minutos até Caio (na foto) ter concluído uma genial jogada que abriu o marcador, a partir daí o jogo (onde deverão ter estado o Blue Boy e o Estilhaço) não teve história. O próximo adversário é o Vic em Espanha em partida que se disputará a 15 de Março e que terá transmissão na RTP2. O FC Porto passa à final four se não perder por mais de 3 golos de diferença. Mesmo a derrota por 3 golos já é suficiente aos azuis e brancos que, diga-se, ainda não perderam nenhum jogo esta época. Na final four que se disputará em Barcelona (10 e 11 de Maio), o nosso adversário (se formos apurados) nas meias finais será a equipa do FC Barcelona com quem nos temos dado mal... na outra meia final, tudo indica que teremos um Réus (de Pedro Gil) / Liceo (de Reinaldo Garcia). Pode ser que a história mude... Quarta feira jogamos em Alenquer (21h) e sábado recebemos o Gulpilhares (16h) em duas partidas para cumprir calendário, uma vez que a nossa 1ª posição já está garantida.

Treinador da Semana: Alberto Babo
Jogador da Semana: Paulo Cunha

Para técnico da semana, escolho Alberto Babo por mais uma vitória diante do Belenenses, adversário sempre incómodo mas que desta vez não teve argumentos para travar os Dragões ... e para jogador da semana, a escolha recai novamente em Paulo Cunha, pela grande exibição no jogo de Matosinhos conseguindo 26 pontos e mais uma exibição quase perfeita.

Recorde agora RUI SANTOS, mais uma glória das nossas modalidades:

Depois de Vítor Hugo do hóquei e Rui Rocha do andebol a 3ª glória do passado das nossas modalidades que aqui destaco é Rui Santos do basquetebol. A primeira vez que vi um jogo de basquetebol ao vivo foi numa tarde de domingo Primaveril no «longínquo» ano de 1996. O Lucho e um amigo (encarnado) deslocaram-se ao saudoso Américo de Sá para assistirem ao 2º jogo da final do play-off FC Porto-SL Benfica. O treinador do Porto era Jorge Araújo e o do Benfica, Mário Palma. No FC Porto jogavam, entre outros, Fernando Sá, Rui Santos, Paulo Pinto (já falecido), Nuno Marçal e Jared Miller. Na época anterior o Porto já obrigara o Benfica a uma finalíssima e nesta temporada a jovem formação da Invicta aspirava ao título conquistado pela última vez no ano de 1983. No 1º jogo da final disputado no dia anterior, o Porto ganhara por 10 pontos (77-67) e para este 2º jogo havia muita expectativa e um público em bom número no pavilhão azul e branco.

O jogo estava a ser dominado pelo Benfica onde pontificavam Jean Jacques, Carlos Lisboa e Mike Plowden mas com a jovem formação do Porto a dar sempre muita réplica. A 3 ou 4 minutos do fim, o Porto perdia por 8 pontos quando começa a recuperação extraordinária para júbilo da plateia azul e branca. Cestos consecutivos e um triplo «fa-bu-lo-so» do nosso base Rui Santos (camisola nº5 como podem ver nesta foto tirada no «Rosa Mota») deitam por terra o arrogante rival. Este triplo de Rui Santos foi absolutamente decisivo para a vitória Portista por 82-76 e uma semana depois o campeonato era mesmo conquistado pelos Dragões com uma vitória no 4º jogo por 85-77 com uma grande exibição de Jared Miller.

Contei-vos esta história deste jogo porque além de ser a minha estreia foi também marcado por esse triplo (e outros pormenores) do nosso pequeno e genial base Rui Santos. Quando a bola entrou no cesto encarnado recordo o salto que dei e que fez com que os meus óculos de sol saltassem do bolso da camisa para 3 ou 4 degraus abaixo. O meu amigo olhou-me pelo canto do olho e disse-me baixinho que tínhamos merecido a vitória.

Do Rui Santos recordo sempre esta história de um miúdo que cedo começou a jogar de azul e branco e que conquistou o seu 1º título nesse ano de 1996. Na época seguinte (ainda com Jorge Araújo) a final foi contra a Oliveirense e no 4º jogo disputado em casa do adversário o Porto ganhou por 74-72 e sagrou-se bicampeão com Rui Santos a marcar no último segundo o cesto decisivo numa jogada de “costa a costa”. Em 1999 e já com Alberto Babo a técnico principal, Rui Santos voltou a ser campeão pelo Porto na companhia de Marçal, Miller e Engelstad... depois, saiu do Clube e seguiu a sua vida. Há uns meses vi-o num programa da RTP2 sobre basquetebol com uns «kilinhos» a mais...

ps - A formação do FC Porto (futebol jovem) abordada aqui no último post do PortoMaravilha, teve mais um fim de semana recheado de vitórias: 7-4 ao Gil Vicente em juniores, 4-3 ao Leixões em juvenis e 3-2 ao Boavista em iniciados. E como os seniores também ganharam (3-0 ao Marítimo), foi mais um pleno!!!

E pronto, até para a semana.

Saudações azuis e brancas,
Lucho.

18 comentários:

  1. Nunca mais chega pá!! Estou em pulgas para o jogo de logo, já ando há uns dias a pensar sempre na mesma coisa... não é por nada, mas este ano estou mesmo confiante que com alguma dose de sorte (digna dos campeões) podemos chegar à final!! E aquele estádio trás tão boas recordações!! O meu palpite é 0-2, Quaresma a dar show e Lisandro a facturar!!

    Quanto às modalidades penso que é caso para dizer que no hóquei houve "prato cheio" ehehehe e quem poderia esquecer o Rui Santos, esse "picolo" é daqueles que ficará sempre na nossa memória!!

    Saudações a todos Blues... e parabéns Lucho pelo excelente post!! Nunca te tinham isto pois não?! ehehehehe aquele abraço

    ResponderEliminar
  2. Lucho,mais um excelente post, com relevo para o Rui Santos; irreverente, �s vezes at� indisciplinado, mas muito bom jogador.Aquela bandeja em O.de Azemeis que nos deu o t�tulo, tamb�m podia ser destacada.Logo vamos com calma,vejo demasiada euforia e n�s n�o vamos jogar contra uma equipa de chipre ou malta.
    Sobre a forma�o?... tenho pena que o debate, tinha sido pouco participado, atendendo ao que est� em jogo.Ah, discordo do destaque ao Babo(de quem gosto,at� sou muito amigo do irm�o),acho que ele no 4� per�odo esteve muito amorfo.
    Um abra�o

    ResponderEliminar
  3. kATITA:

    Já tinha saudades dos teus coments:) que continues por aqui é o meu desejo.

    vila pouca:

    A jogada de Rui Santos em Oliveira de Azeméis tb é destacada por mim no meu texto:)

    Qt ao Babo, acho q mt já faz ele, pq Americanos melhores q os do Porto até o Barreirense tem.

    ResponderEliminar
  4. E qt ao futebol segundo o «JOGO» joga o J.PAULO arrumando com o Cech da equipa e o Farias tb joga. A ver vamos quem acerta.

    ResponderEliminar
  5. Sobre o Rui Santos; passou-me ainda bem que fizeste referência a essa jogada.Acerca do Babo; concordo contigo e não digo que ele não seja bom treinador o que digo é que ele no sábado no último período, não esteve lá.
    A equipa;acho que é J.Paulo na direita e Fucile na esquerda.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  6. Boa escolha de onze, para mim ficava assim mas aquele Cech, epa insisto que nao gosto do Homem... De resto para mim jogava mesmo o Tarik, não esqueço o golo que vi directamente do Dragão frente ao Marselha e acho que em jogos para a Champions o nosso Marroco Man porta.se bem!

    Tmb estou contigo nos autores dos golos, o nosso COMANDANTE volta aos golos hoje, tou com o tal feeling sexto sentido feminino sabes? Lisandro inevitavelmente e o Quaresma vai surpreender com uma exibiçao a altura dele, de génio!Outro dos meus feelings...

    So tenho pena do Zé... :/ Gosto tanto das arrancadas do moço que deixam qualquer um em apuros!

    Boas referências a mais uma glória do nosso Porto!

    A ver vamos, e friso mais uma vez o que ja disse, que aconteça o que acontecer: PARA SE PERDER NA CHAMPIONS É PRECISO ESTAR NA CHAMPIONS, e so nos la estamos nao é?

    Estou em pulgas a contar horas minutos e segundos!

    Beijinhosss muito azuis e brancos da Ta_8

    ResponderEliminar
  7. A hora começa a aproximar-se e com isso, o nervoso miudinho começa a instalar-se lá bem no fundo do estômago... hoje, é um daqueles dias, um «special day» e como diz e muito bem a Ta_8, não é para todos... mas só para quem lá está ou consegue estar!!

    Estou confiante que esta noite vai ficar colorida d'um azul-e-branco à Porto... mas convém não entrar em euforias desmedidas (e tenho sentido isso desde há uns dias para cá), porque do outro lado, estão 11 jogadores, o Schalke 04 e não uma qualquer equipa de marretas, se me faço entender.

    Depois, faço votos para que o Prof. Jesualdo Ferreira, não se deixe amedontrar com o grau de dificuldade do jogo em si, e deixe que as coisas funcionem com normalidade... e tranquilidade. Se assim for, nada, nem ninguém nos deterá na procura da vitória.

    A ver vamos... mais logo, "até os comemos, carago"... mai'nada!!

    Nas modalidades, mais um grande momento do Amigo Lucho com uma viagem aos pavilhões onde pululam heróis de azul-e-branco vestidos.

    No andebol, apesar do esforço inglório, deparamo-nos com uma potência russa e contra isso, pouco mais haveria a fazer do que honrar a camisola vestida. Amanhã, é dia de clássico com os Nenucos e a esses, mais não espero do que se cair em cima deles desde o 1º minuto, sem dó, nem piedade!!!

    No hóquei, estive lá com o Estilhaço e o Bitinha... e c'um carago... até meteu dó bater em 'mancos' italianos com um Prato de "nada"! Venham mais destes!

    No Basquetebol, ao que parece, o que poderia ter sido um passeio em glória... acabou por se tornar uma vitória assim a que modos, porque cedo se levantou o pé do acelerador... mas continuamos na perseguição aos Vareiros!!

    Para fechar, chamada à capa da antiga glória do basquetebol, Rui Santos... recordo-me perfeitamente destes momentos aqui recordados... e desse, guardo uma memória de um tipo com metro e quinze de altura, mas com alma e coração para dar e vender... um globetrotter na arte de jogar a bola de tons alaranjados.

    ps - Dragon Soul (ex-Sr_António, ex-Katita), ainda não te tinha dado as boas vindas neste teu regresso às lides blogueiras, carago!! Um Ganda Abraço para ti e que continues por aqui a visitar-nos e a comentar com a tua superior visão dos factos e acontecimentos no que toca ao azul-e-branco do nosso PORTOgal... os Amigos, são sempre bem vindos!! E vê lá se apareces no Dragôm, carago!!! andas a faltar muito aos treinos :D No coffee Porta 29, tasse bem :D

    ResponderEliminar
  8. Boca seca, ansiedade crescente e uma notória falta de apetite. Eis o meu retrato hoje, nervoso pelo início das hostilidades. Confesso k a leitura rápida dos jornais da manhã me colocou extremamente apreensivo. João Paulo a titular?????

    Estou carregado de fé, mas preparado para hora e meia intensa, dramática e onde o nervosismo imperará, lá por casa. Nada a k já não esteja habituado:)

    No andebol, caímos de pé, perante uns russos superiores, mas em k a tenacidade portista ficou bem vincada, merecendo inclusivé rasgados elogios do treinador...adversário. Sorte a nossa k não era o Jokanovic:)

    No basquetebol, continua a perseguição à Ovarense, já derrotada na Taça da Liga, numa luta a dois, titânica e empolgante...

    Qt a Rui Santos, parabéns por desenterrares do esquecimento mais um craque, k tantos momentos de brilhantismo nos deu.

    Lucho sempre em grande!

    Abraço,

    ResponderEliminar
  9. Mais uma noite de magia azul e branca se aproxima.
    Um bom jogo para todos os Portistas e que os posts de mais logo aqui no blog reflictam a confiança que tenho de um excelente resultado.

    ResponderEliminar
  10. Pois é, nunca mais chega a hora mágica. Já me abasteci de uns cigarros extras que tenho que ir queimar para a varanda porque até o meu júnior pertence à asae.

    Aposto tb. num 4-3-3 e no João Paulo à direita pois tem mais cabedal para o jogo que se espera durinho.
    Apostava ainda no Farías de início ficando o Tarik para entrada posterior. Pena o Bosingwa estar de baixa pois ajudaria muito a não deixar o lateral deles subir.

    Respeito tb. pelo adversário e optimismo q.b. num resultado favorável para a segunda volta no Dragão.

    Tenho uma aposta com uns 'Alemões' que trabalho. Eu 0-2 e eles 2-0 e 1-0. Vale umas cervejinhas + uns cachorros. A ver se não morro à sede :-)

    ResponderEliminar
  11. Hóquei excelente e sem uma única derrota (Nacional ou Europeia!!!) e basquete no bom caminho.

    Finda a aventura Europeia no andebol pede-se raça e determinação amanhã em Sto. Tirso.
    Lucho, quero um post com fotos e pelo menos um Bídeo. Leva lá a tua maquineta e banca o repórter (Clark Kent ou Peter Parker tanto faz.)

    p.s. - quando li 'Rui Santos' até fiquei um bocado confuso mas depois lá entendi o que querias escrever :-)

    ResponderEliminar
  12. Boa Heliantia, vamos lá a postar as nossas previsões.

    0-2

    ResponderEliminar
  13. Vou levar a máquina AO ANDEBOL mas como vou estar sempre a berrar pela equipa e a saltar a cada golo marcado até estou com receio:)
    Contra os lamps eu fico assim um pouco mauzinho!!!

    para logo (1-2)

    ResponderEliminar
  14. Aposto num 1-1...
    ou melhor ainda, 0-1 !!

    ResponderEliminar
  15. Eu estou como o J.Pinto,palpites?...Só no fim do jogo.
    Boa sorte!

    ResponderEliminar
  16. Quando de Sevilha estava a ser operado à próstata: Quando de Gelsenkirchen era operado ao coração.Para chegarmos a Moscovo e ganharmos, o Senhor escolha a operação que for precisa.

    ResponderEliminar
  17. Lucho :

    O Rui Santos era , na verdade , um grande pivot e , simultaneamente , um exímio lançador de meia distância.
    Tecnicamente era MUITO BOM !
    Penso que o RUI SANTOS , com mais 10/20 cm , teria ido de certeza para os States , para a NBA

    ( na história do Basketball/USA , só existiram 2/3 excepções à questão da altura ) .

    O Jared Miller era um jogador de outra dimensão. Tecnicamente superior , saltador felino , resistente , e muito forte no controlo emocional .

    Dois senhores jogadores que , um dia , FORAM DO NOSSO CLUBE !

    ResponderEliminar