09 setembro, 2008

Uma rescisão com um travo de injustiça

A época oficial 2008/09 já teve início no futebol e andebol. Em finais de Setembro é a vez do hóquei e no início de Outubro começa também a época do basquetebol. O FC Porto, uma vez mais, é candidato ao título em todas estas modalidades, as 4 modalidades mais sonantes do desporto Nacional.

No futebol, Jesualdo Ferreira procura o tetracampeonato e soluções não lhe faltam. Os reforços têm quase todos muito valor e as saídas foram, a meu ver, bem compensadas. Rodriguez, Lucho e Lisandro são as 3 estrelas deste Porto de sonho. Um pouco mais de coragem e um discurso mais motivador do nosso mister seriam a cereja no topo do bolo. Eu espero festejar o 2º tetra da nossa história depois do 1º com Oliveira em 1998. Para já um empate na Luz e uma vitória diante do Belenenses demonstram que estamos no bom caminho... Jesualdo já perdeu, de novo, a supertaça e procurará desta feita ganhar também a Taça de Portugal e a Taça da Liga enquanto na Champions League temos um grupo difícil mas ao alcance de um Porto ao seu nível. E depois é esperar que a infortúnia do ano passado (desempate por penaltys) não nos abata de novo.

No andebol, Carlos Resende é de novo o treinador e espera-se desta vez uma classificação condizente com a história do nosso clube. O 5º lugar da época transacta foi mau de mais para ser verdade. Os jogos serão na Póvoa de Varzim e também por isso estarei lá quase sempre. Inácio Carmo e Wilson Davyes são bons reforços e por isso o título (o último do FC Porto data de 2004) pode ser alcançado apesar da forte concorrência de Benfica, Sporting e ABC. A Taça de Portugal e a Taça da Liga são também objectivos a alcançar. Carlos Resende, o melhor jogador de andebol de sempre em Portugal tem nesta temporada uma exame difícil à sua carreira como treinador da modalidade e agora não poderá cometer os erros da última temporada... Começou bem com um empate na Luz e uma vitória frente ao ABC, agora é preciso dar continuidade...

No basquetebol, o novo técnico é Júlio Matos, adjunto de Alberto Babo nas duas últimas épocas. Com passado no clube onde como jogador ganhou títulos de relevo o antigo capitão Júlio Matos tem agora a confiança da SAD do basquetebol do Porto. A saída de ALberto Babo foi surpreendente, até porque com poucos recursos o experiente técnico conseguiu chegar à negra do play-off por 2 vezes, ganhou uma Taça de Portugal e uma taça da Liga nestas últimas duas temporadas dominadas por uma Ovarense cheia de dinheiro e de estrangeiros... a SAD do FCP deveria ao menos ter explicado bem esta saída de um grande homem, de um grande Portista, de um grande nome do basquetebol Nacional... a meu ver, a rescisão de contrato com Babo ou a não renovação do seu vínculo deixou um travo de injustiça. Oates, Martin e Burns são os 3 americanos contratados, falta apenas saber o seu real valor... este ano no novo campeonato organizado pela FPB, só podem jogar 3 estrangeiros e também por isso o favoritismo da Ovarense é menor. Campeonato (o último ganho pelo FC Porto foi em 2004) e Taça Portugal são os objectivos deste FC Porto faltando saber se a FPB vai também organizar uma Taça da Liga.

No hóquei em patins, o FC Porto de Franklim Pais vai procurar ganhar o octocampeonato numa prova onde Benfica e Viana serão os adversários mais complicados. O plantel do FC Porto mantém-se inalterável mas Reinaldo Ventura estará de baixa até ao início de Novembro, provavelmente regressará a tempo da 6ª jornada, a jogar no dia 1 de Novembro, em Fânzeres frente ao Benfica... Pedro Moreira também está de baixa mas não deve tardar o seu regresso em pleno. A taça de Portugal e a supertaça são também objectivos dos Dragões assim como a fase final da Liga Europeia que este ano será com formato de final a 8. Os Dragões são favoritos a um dos dois primeiros lugares do seu grupo, ambos dando acesso a essa fase final. No grupo do FCPorto, estão o Nóia e o Igualada de Espanha e ainda o Quevert de França.

A minha expectativa é ganhar todos os campeonatos, mas analisando as provas com o coração de lado, tenho a dizer que no futebol o Porto é favorito, seguido de Sporting e Benfica. No hóquei, o FC Porto é também favorito seguido de Benfica e Viana. No basquetebol, o favorito é a Ovarense seguido de Porto e Benfica, enquanto no andebol, o favorito é o Benfica seguido depois por Porto, Sporting e ABC.

Andebol: FC Porto vence ABC de Braga no regresso à Póvoa de Varzim
2ª jornada da LPA (1º Benfica - 2 jgs e 5pts; 2º Belenenses - 2 jgs e 5pts; 3º FC PORTO - 2jgs e 5 pts)

crónica do FC Porto/ABC Braga (27-24):

No regresso dos Dragões à Póvoa de Varzim também eu marquei presença nesta partida da 2ª jornada depois de um empate do Porto na Luz (31-31) que soube a pouco... Neste jogo diante do vice-campeão nacional ABC de Braga a vitória dos Portistas é justa e bem saborosa. Este FCPorto parece-me uma equipa mais capaz e equilibrada... Ao intervalo os Dragões ganhavam 14-12 mas foi no início da 2ª metade que a diferença disparou para os 7 golos (22-15) com Filipe Mota e Ricardo Moreira em grande nível. O nosso guarda redes tão criticado no jogo anterior, desta feita, esteve muito bem parando sucessivos remates dos Minhotos. O FC Porto, com muita gente nas bancadas (embora a timidez de alguns Portistas me incomode seriamente) ainda tremeu (24-22) mas Resende soube manter a equipa serena nos últimos instantes onde os golos de Tiago Rocha, Inácio Carmo e Ricardo Moreira abateram por completo o ABC de Braga. Esta vitória é muito saborosa e leva o FCPorto ao 1º lugar da tabela com os mesmos pontos de Belenenses e Benfica. Nas bancadas puxei pela minha gente mas poucos me acompanharam nos gritos de Porto, Porto, Porto. Na próxima vez isto tem que estar melhor ensaiado. Valeu pela vitória, justa e saborosa frente a um ABC com quem perdemos os jogos todos na época transacta. Arbitragem regular e nada influente sendo no entanto muito criticada pelo técnico Minhoto, um procedimento habitual sempre que os árbitros não protegem a sua equipa. Sem favores, este Porto ganhou ao ABC. O resto é conversa de frustrados. Aliás o grande erro da dupla de arbitragem foi ter expulso de forma exagerada o nosso lateral direito Inácio Carmo. Basta dizer que o Porto teve 10 exclusões contra 9 do ABC, daí as críticas de Jorge Rito serem completamente infundadas. Um apontamento final para dizer que foi com todo o prazer que conheci pessoalmente (na Póvoa) o nosso leitor, dragão penafiel.

DRAGÃO DE OURO: Ricardo Moreira

O seu golo (27º) nos instantes finais arrumou com o ABC mas ao longo de todo o jogo esteve sempre muito sereno e concentrado. 9 golos demonstram a sua eficácia numa partida onde Filipe Mota também esteve muito bem (5 golos) tal como o guardião Hugo Laurentino (17 defesas). Ricardo Moreira repete a distinção do fim de semana passado. Agora é preciso ganhar em Aguas Santas no próximo sábado (18h).

ps - Nas camadas jovens em futebol realce para o bom início dos sub17 com vitória em Lamas por 2-0 (golos de Eduardo e Amorim). Na próxima ronda há um Porto-Boavista (28/9). Destaque também para a grande vitória dos sub19 na Pasteleira diante do Boavista (2-1) com golos de Diogo Viana e Jorge Chula. Sábado no Olival há um Porto-Guimarães em sub19 (3ª ronda) com os Dragões a procurarem continuar o pleno de vitórias. Os sub15 iniciam o campeonato no domingo recebendo o Penafiel.

Saudações Portistas,
Lucho.

15 comentários:

  1. E pronto, temos um resumos exaustivo do que será a epoca desportiva do FCP, nas suas várias modalidades. Comum a todas: a vontade de vencer!

    No andebol, 2 resultados que se podem considerar positivos. Empate no reduto do Benfica, campeão em título, e vitória suada frente ao ABC, crónico candidato. Com a casa às costas, joga-se desta feita na Póvoa, mas com o mesmo calor humano de outros locais...

    No basquetebol, lá continuaremos a tentar lutar contra o poder da Ovarense. Sem Alberto Babo. Já aqui o tinha comentado, quando soube da sua rescisão, e a minha opinião é similar à do Lucho. Sem grandes meios, Alberto Babo devolveu a dignidade à secção do basquetebol. E dois anos a fazer milagres, levando a equipa à disputa da final, depois de coleccionar taças, mereceram-lhe...a porta de saída. Não concordo e acho de uma tremenda insensibilidade. No entanto, como a vida continua, boa sorte a Julio Matos...

    No hóquei, lá vamos todos aprender um novo termo: octocampeão. Não soa bem, mas é algo inédito e, como aquela equipa gosta de alcançar feitos históricos, vamos a ele. E que tal a prendinha esperada, neste caso, com um título de campeão europeu? Seria fantástico!

    No futebol, o bom arranque é interrompido por uma paragem à tuga. Duas semanas sem Superliga, inacreditável num início de temporada. Os senhores responsáveis pelo calendário são uns visionários...

    ResponderEliminar
  2. Lucho como estamos com as entrevistas?

    Sobre o H.Patins é pena o que aconteceu ao Reinaldo, mas a equipa
    vai aguentar-se sem ele, para depois com ele, na hora H voltar a ganhar.

    Sobre o Andebol falas bem quando dizes que é a hora da verdade para o C.Resende.
    Mesmo tendo conseguido dois bons resultados, a equipa parece-me, tal como na época passada, imatura, a deixar fugir vantagens de uma forma infantil.
    É preciso acabar definitivamente com essas infantilidades.

    Quanto ao Babo foi de facto uma situação injusta, mas, sinceramente, eu não compreendo o silêncio do Alberto, apesar do portismo. Devia ter explicado porque falhou e se no campeonato não há nada a apontar, perder a Taça para o Guimarães foi a morte do artista.

    No que diz respeito ao futebol os abutres já andavam a tentar arranjar maneira de ganhar fora das 4 linhas - má inscrição de Hulk - esquecem-se é que nós não somos o Belém.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Paulo Pereira:

    Pois, tb já tinha percebido q a tua opinião era idêntica no q respeita à saída injusta de Babo. Mas ambos sabemos q Julio Matos tb é um homem da casa, conhecedor e q nada teve a ver com essa situação, daí lhe desejar toda a sorte do Mundo.

    Vila Pouca:

    Qt ao Resende, julgo q este ano a equipa está mais equilibrada, a ver vamos.

    Qt às entrevistas, em breve poderão haver novidades.

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Pavilhão do Dragão quase pronto
    "Caixa Mágica" evolui sem derrapagens e terá piso igual ao do Palau Blaugrana (Barcelona)

    MIGUEL AMORIM (in WWW.JN.PT)
    Há dias foi a vez do Vitalis Park. No próximo ano, o brilho vai para o Dragão Caixa. O esqueleto do pavilhão já existe, a obra é entregue em Abril de 2009 e o piso será igual ao existente no Palau Blaugrana, do Barcelona.

    Compatível com o Estádio do Dragão, funcional e poupado nos gastos. Três ideias chave passadas ao papel pelo arquitecto Manuel Salgado (o mesmo autor do estádio) para o pavilhão, cuja obra cresce a olhos vistos, de dia para dia, a cargo da Somague (também responsável pelo Vitalis Park) e sob o financiamento da Caixa Geral de Depósitos, que, desde logo e em contrapartida, dá o nome à nova casa dos dragões para o hóquei em patins, o basquetebol e o andebol.

    O lançamento da primeira pedra foi feito, de forma simbólica, por Pinto da Costa, mas, em força, a empreitada teve início a 30 de Novembro de 2007. Desde essa data muito foi feito. A fase das estruturas está consolidada. No passado dia 19 de Agosto, os trabalhadores celebraram a conclusão do esqueleto da nave. Na gíria é a chamada "festa de pau de fileira". Movimentos de terras, trabalhos de fundação e colocação de estacas (três quilómetros de estacaria), ocuparam, diariamente, entre 100 a 110 operários, que superaram, com êxito, a exiguidade do local da construção.

    A falta de espaço obrigou a cortes no trânsito e ao recurso às autoridades, assim como à requisição de licenças, mas estas despesas extra entram na contabilidade geral e não conduzem a desvios no orçamento, cifrado, desde o começo, em 12 milhões de euros. Até Abril de 2009, a coincidir com mais um aniversário de Pinto da Costa na presidência do F. C. Porto, o empreendimento estará finalizado.

    De ora em diante, os trabalhos incidem na cobertura, no revestimento exterior (em betão branco, a combinar com o estádio), assim como nos acabamentos em geral. A instalação do pavimento é uma das etapas. O piso também é revelador da exigência de qualidade do projecto. Foi inspirado no Palau Blaugrana. Dadas as boas relações entre o F. C. Porto e o Barcelona, da ideia se passou facilmente à prática. A clareza do pavimento foi um caso de amor à primeira vista. A madeira vem do Canadá e a opção tomada não deixa dúvidas ao F. C. Porto. Basta ver os títulos somados pelas modalidades do Barcelona. O "bunker" portista terá quatro pisos, obedecendo a padrões ambientais. Exemplo disso é a utilização de painéis solares para o aquecimento das águas. O Dragão Caixa vai ser um apêndice do estádio na troca de sinergias. A vídeo-vigilância e a alimentação energética estão na lista. É só esperar até Abril de 2009.

    ResponderEliminar
  5. http://forumbenfica.blogspot.com/2008/09/hulk-o-novo-caso-mateus.html

    E Esta Hein?

    Pedro Oliveira

    ResponderEliminar
  6. Assunto encerrado, Pedro Oliveira, nem fora de campo conseguem...

    e qt à publicidade do fórum do slb, vou permitir q o teu comentário continue... Mas q o nome desse fórum acaba por infectar aqui o ambiente, isso sem dúvida.

    Continua assim, obcecado pelas manobras de secretaria, aliás é lá q têm apostado mais, bem mais q dentro de campo.

    para leres com atenção:

    Inscrição de Hulk teve aval da FIFA

    in Record:

    A dúvida foi levantada por um fórum na Internet afecto ao Benfica e ganhou grande projecção durante o dia de ontem: afinal, a inscrição de Hulk como jogador do FCPorto respeita o “Estatuto e Transferência de Jogadores” da FIFA? A informação que recolhemos é clara: antes de assinarem com o avançado brasileiro, os dragões solicitaram um parecer ao organismo que tutela o futebol internacional, recebendo sinal positivo que fez com que a operação avançasse.

    Os regulamentos da FIFA dizem que “os jogadores podem ser inscritos por um máximo de três clubes durante uma temporada. Nesse período, o jogador só está elegível para disputar jogos oficiais por dois clubes. Como excepção a esta regra, um jogador que se transfira entre clubes pertencentes a associações com temporadas cruzadas (ou seja, temporada que se inicia no Verão/Outono e temporada que se inicia no Inverno/Primavera) é elegível para disputar jogos oficiais por um terceiro clube”.

    É o caso, já que Hulk jogou pelos japoneses do Kawasaki Frontale (Março) e do Tokyo Verdy (entre Abril e Julho) antes de se transferir para um campeonato que se rege por outro calendário. Quanto aos uruguaios do Rentistas, o passe do avançado brasileiro apenas era detido por este clube, pelo qual nunca chegou a ser inscrito.

    ResponderEliminar
  7. Saudações...
    Eu querer, querer, no que respeita às modalidades, era ganhar a Taça dos Campeões de Hóquei.
    Claro que também pretendo que se ganhe em todas as frentes, esperamos todos fazer melhor este ano.
    E venha de lá o Pavilhão rapidinho para depois se pensar no ... Museu.
    Claro, Roma e Pavia não se fizeram num dia mas o Museu é uma peça fundamental no meu entender.

    ResponderEliminar
  8. Viva !

    Sempre muito bom !

    O arranque em andebol parece bom !

    O publico tem na edição on line de hoje uma enorme entrevista com Jesualdo Ferreira ( calhei por sorte ).

    E Viva o Porto !

    ResponderEliminar
  9. gostei das palavras do Jesualdo...

    ResponderEliminar
  10. Magnífico artigo sobre as principais modalidades. Espero que este seja mais um ano de glória para as modalidades principais do clube. Se no hóquei Franklim Pais tem sido um papa-títulos (e este ano vamos ganhar champions) no andebol e no basquetebol temos de melhorar ainda mais para ganhar os títulos que nos fugiram nos últimos anos. Esperemos que Carlos Resende, agora com mais experiência no banco, seja capaz de mostrar mais consistência e melhores escolhas (para já começou razoavelmente porque aquele empate com o Benfica, tal como no futebol, soube quase a derrota). Quanto a Júlio Matos, para além de ter sido um magnífico jogador e de ter ganho muitos títulos com a camisola azul e branca, já tem uns anos de proximidade quer como adjunto quer como dirigente e, por isso, tem condições para fazer um grande trabalho (terá capacidade?). Felicidades para a nova época.

    E se no basquetebol, andebol e hóquei o clube se está a dar muito bem com treinadores da casa porque não apostar na prata da casa para treinador da equipa de futebol, alguém que goste desta camisola desde pequenino e que possa dizer que é profissional mas, acima de tudo, portista. Lembro apenas que, antes de Jesualdo, esteve um baixinho que orientou a equipa em 3 jogos (um deles a supertaça) e GANHOU os 3.

    ResponderEliminar
  11. Este blog é mesmo especial. Até deixam andar aqui as GALINHAS QUEIXINHAS!
    Eles queixam-se à UEFA, à FIFA, ao CD da LIGA, ao PGR, à SPORTV e sei lá mais a quem.

    EH pá! Vão-se queixar pro c....

    ResponderEliminar
  12. Bem desta vez sempre GANHAMOS . Foi muito bonito ver o apoio que teve o nosso F.C.PORTO .Foi um jogo emocionante com boas jogadas dos nossos atletas apesar de a meio da segunda parte o adversário se aproximar mas com o apoio de um pavilhão bem composto por muitos portistas conseguimos a vitoria. .
    Só tenho pena que os jogos sejam na Póvoa porque em Santo Tirso era mais perto ,sendo assim não vou poder ver os jogos todos .
    Já agora se for possível sábado vou a Aguas Santas as 18h.

    Parabéns aos jogadores e equipa técnica.
    Muito especial ao treinador CARLOS RESENDE.


    Abraço

    ResponderEliminar
  13. Armando Pinto - Longra - Felgueiras09 setembro, 2008

    Quanto às modalidades amadoras, com tradição e arreigo no FCP, ainda há sentidas saudades do ciclismo do tempo do Sousa Cardoso, Mário Silva e tantos mais... Como escrevo num artigo, sobre Artur Coelho - num blog de um amigo, Vila da Longra (viladalongra.blogspot).
    Mas interessa agora mantermos as que ainda temos, para bem do nosso Porto.
    A. P.

    ResponderEliminar
  14. dragão penafiel:

    Sábado em Águas Santas o FCPorto terá um jogo mt complicado. Espero q o apoio ao clube seja considerável em terra de Dragões. Em príncipio não poderei ir mas espero um resultado positivo, evidentemente.

    ResponderEliminar
  15. E que venha de lá uma nova época plena de sucessos pessoais e profissionais para as nossas modalidas ditas amadoras.

    No andebol, espera-se bem que este ano, Carlos Resende consiga tirar partido de toda a mais valia do plantel e não ficar pelo mar alto como na época passada.

    No basquetebol, julgo que o equilibrio vai ser uma nota mais dominante esta época, em face da situação do nr. limite de estrangeiros por plantel... a ver vamos, mas conto novamente com o FC Porto a lutar até ao último segundo pela conquista do ceptro.

    ps - Alberto Babo, merecia algo mais, digo eu... mas boa sorte!

    No hóquei, que venha de lá esse octocampeonato... e o resto é conversa da treta!

    ResponderEliminar