25 novembro, 2014

Lopetegui: “Será mais difícil do que muitos pensam”

http://bibo-porto-carago.blogspot.pt/

Com a qualificação para os oitavos-de-final da UEFA Champions League garantida, Julen Lopetegui não esconde que o objectivo passa agora por manter a liderança do Grupo H. Para que isso seja possível, o técnico espanhol considera essencial sair do terreno do BATE Borisov com a vitória, mas alerta para as dificuldades que esperam os Dragões neste jogo da quinta jornada, marcado para terça-feira, às 17h00 (em Portugal Continental), na Arena Borisov. Será um confronto "mais difícil do que muitos pensam".

“Os jogos chegam quando chegam, mas é verdade que temos muita vontade de competir. Já passou algum tempo desde o nosso último jogo, mas já temos todos os jogadores 100 por cento incorporados, física e mentalmente preparados. Existe uma grande vontade de voltar a jogar a UEFA Champions League, com uma boa exibição, frente a um adversário exigente e que ainda tem possibilidades matemáticas de lutar pelo apuramento. Temos de estar concentrados e ter uma atitude forte para conseguirmos vencer”, afirmou Julen Lopetegui ao Porto Canal e www.fcporto.pt, no lançamento do embate com os bielorrussos, terceiros classificados, com quatro pontos, e ainda a sonhar com uma vaga na fase seguinte. O FC Porto é líder do grupo, com dez pontos, mais dois do que o Shakhtar Donetsk.

A vitória por 6-0 na primeira volta, no Estádio do Dragão, faz parte do passado, até porque a distância que separa ambos os jogos traz novos desafios para os azuis e brancos. “Não podemos fazer análises de ânimo leve, e tudo o que conseguimos é resultado do nosso mérito dentro de cada jogo. Vamos ter pela frente uma equipa que foi capaz de bater o Athletic Club e que ainda luta para passar à fase seguinte, por isso respeitamos o BATE Borisov como respeitamos todas as outras equipas. Vai ser um jogo de exigência máxima, mas vamos lutar pelos três pontos com a consciência das dificuldades que nos esperam. Temos de encontrar respostas para os problemas que vamos encontrar e de fazer um bom jogo, pois só assim conseguiremos sair da Bielorrússia com o resultado que pretendemos, a vitória”, prosseguiu Julen Lopetegui.

Ao contrário do que é habitual, o FC Porto viajou no dia anterior ao jogo e abdicou do tradicional treino de adaptação ao relvado no qual vai jogar. Julen Lopetegui explicou porquê. “Fizemo-lo porque consideramos este jogo importantíssimo para nós. Por questões logísticas, achámos que seria melhor para os jogadores sair na véspera, para não se ressentirem tanto do desgaste de uma viagem longa”, esclareceu o técnico dos Dragões, que exige ambição máxima para o compromisso europeu que segue, até porque ainda há objectivos a cumprir. “Já concretizámos o objectivo de nos qualificarmos para a fase seguinte, agora queremos fazê-lo em primeiro lugar. Para isso temos de levar algo positivo de Borisov e o jogo será mais difícil do que muitos pensam. Para nós, é muito importante estarmos em primeiro lugar no final dos seis jogos desta fase”, concluiu.

Alex Sandro: “Cada jogo é uma história”

Alex Sandro afirmou, na antevisão da partida com o BATE Borisov (terça-feira, 17h00, horário de Portugal Continental), que os portistas não esperam facilidades frente ao eneacampeão bielorrusso, que ainda pode chegar à qualificação para os oitavos-de-final. O brasileiro assumiu que este será “um jogo decisivo” com vista a garantir o primeiro lugar no Grupo H da Champions League e garantiu que a equipa terá apenas um objectivo em mente: “Vamos entrar em campo a pensar no nosso trabalho e não no deles”.

“Sabemos que temos de vencer para poder atingir o primeiro lugar do grupo. Acho que esta paragem por causa das selecções não desconcentrou a equipa e estamos todos focados para chegar lá e vencer. Nunca entramos a pensar em facilidades. Eles são campeões bielorrussos e têm mérito. Cada jogo é uma história: se nos jogos passados eles foram infelizes, vão fazer de tudo para serem felizes contra o FC Porto. Vamos respeitar o BATE Borisov, independentemente dos resultados que alcançaram até agora”, referiu Alex Sandro ao Porto Canal.

O facto de o campeão bielorrusso “ainda poder alcançar a qualificação”, adicionado ao facto “de jogar em casa”, são factores que, para Alex Sandro, dificultarão a missão portista. "Estamos sempre motivados, quer seja a Champions League, o campeonato português ou outra competição. Acho que o mais importante é termos a consciência de que fizemos um bom trabalho e é isso que esperamos sempre”.

Destacando o aumento de confiança que a chamada às selecções dá aos atletas, Alex Sandro desvalorizou o cansaço que os internacionais possam sentir: “Acredito que a pausa, pelo motivo que foi, deixou o grupo mais confiante, quer os que foram, quer os que ficaram. Já estamos acostumados a viagens, a fusos horários diferentes e penso que isso não nos vai afectar”.

fonte: fcporto.pt


LISTA OFICIAL DE CONVOCADOS
Guarda-redes: Fabiano, Ricardo e Andres Fernandes;
Defesas: Danilo, Martins Indi, Maicon, Marcano e Alex Sandro;
Médios: Casemiro, Evandro, Herrera. Quintero, Oliver e Rúben Neves;
Avançados: Quaresma, Brahimi, Jackson, Tello, Adrián López e Aboubakar.

0 comentários:

Publicar um comentário