20 outubro, 2015

LOPETEGUI: “ESPERO UM AMBIENTE DE CHAMPIONS”.

http://bibo-porto-carago.blogspot.pt/

Julen Lopetegui admite que “pensa de maneira diferente dos meios de comunicação social”, tal como grande parte dos colegas de profissão, e por isso não desvaloriza o potencial do Maccabi Telavive, que visita o Estádio do Dragão esta terça-feira (19h45), em encontro da terceira jornada do grupo G da Liga dos Campeões. O treinador considera que os israelitas são uma “boa equipa”, com “bons jogadores”, que merecia mais nas duas rondas anteriores da competição, em que somou duas derrotas, frente a Chelsea e Dínamo Kiev.

“Sou muito mais realista e estou focado nas dificuldades que sabemos que vai ter o jogo. O Maccabi é uma boa equipa, muito organizada e que fez bons jogos na Champions. Se olharmos para esses resultados corremos o risco de não avaliar devidamente a equipa, que eliminou no play-off o Basileia, uma formação que tinha mudado muito pouco face ao ano passado e que conhecemos bem. O Maccabi tem argumentos e vamos precisar de estar bem para vencer”, afirmou o técnico, na conferência de imprensa de antevisão do encontro, em que teve ao seu lado o holandês Martins Indi.

Devido às dificuldades que antecipa, o basco não hesitou em pedir a ajuda dos adeptos para os “momentos difíceis” que irão inevitavelmente aparecer. “Estamos com muita vontade de jogar bem e vencer. Esperamos que a equipa dê uma boa resposta e que os adeptos criem um ambiente de Champions. Espero a energia dos adeptos para vencer”, sublinhou. Como habitual, o treinador mostrou-se mais preocupado na preparação do seu plantel do que no adversário, não dando relevo à possibilidade de se apresentarem com três defesas centrais. “Não estou preocupado com isso, não vou mudar nada tacticamente”, revelou.

A prudência de Lopetegui manifestou-se igualmente quando lhe lembraram o vaticínio de Mourinho no final do FC Porto-Chelsea (2-1): o português disse então que as duas equipas iriam vencer os próximos três encontros e discutir o primeiro lugar do grupo na última jornada, em Londres. “O máximo que me atrevo a imaginar é que precisamos de fazer um grande jogo amanhã”, atirou o treinador dos Dragões, que desvalorizou o facto de a sua equipa poder atingir na terça-feira 20 vitórias consecutivas em casa – “Não muda nada e não é algo que nos preocupe” – e que informou que Marcano, já recuperado de lesão, iria ser convocado. “Evidentemente, esperamos que amanhã esteja melhor e depois decidiremos o onze”, assumiu.

MARTINS INDI: “SE JOGAR, DAREI O MEU MELHOR”

Homem de poucas palavras e com um tremendo sentido colectivo, Martins Indi sentou-se ao lado de Julen Lopetegui para antever a recepção ao Maccabi Telavive, da terceira jornada do Grupo G da Liga dos Campeões (terça-feira, 19h45). O holandês deixou elogios à equipa israelita e a promessa de estar preparado caso seja opção do técnico espanhol para o próximo compromisso europeu dos Dragões.

“Já vimos vídeos e estudámos o Maccabi, que tem um bom plantel e pratica um futebol ofensivo. Sei que o Zahavi é um bom avançado, mas não posso falar de apenas um jogador. O Maccabi tem jogadores experientes e isso é importante no futebol, ainda para mais numa competição como a Liga dos Campeões. Acredito que vai ser um jogo de grande intensidade”, declarou o defesa na conferência de imprensa que se seguiu ao treino desta segunda-feira, no Estádio do Dragão.

Numa intervenção descontraída e marcada pela boa disposição, Martins Indi chegou mesmo a questionar Julen Lopetegui se o irá utilizar, motivando uma gargalhada geral de todos os presentes, inclusive do treinador portista. “Posso jogar em várias posições, mas não quero falar de mim. Ainda não sei se vou jogar, mas se jogar darei o meu melhor pela equipa. Resta-me rezar para jogar mesmo”, prosseguiu o camisola três do FC Porto, que, ainda assim, não logrou obter uma resposta de Lopetegui, claro está.

Na presente edição da Liga dos Campeões, Martins Indi foi titular e cumpriu nos 90 minutos nos dois jogos já disputados pelo FC Porto: no empate frente ao Dínamo Kiev (2-2), na Ucrânia, e no triunfo sobre o Chelsea (2-1), no Estádio do Dragão.

fonte: fcporto.pt


LISTA OFICIAL DE CONVOCADOS
Guarda-redes: Helton e Casillas;
Defesas: Maxi, Martins Indi, Marcano, Miguel Layún e Cissokho;
Médios: Rúben Neves, Evandro, Herrera, André André, Danilo Pereira e Imbula;
Avançados: Brahimi, Aboubakar, Osvaldo, Tello, Jesús Corona e Alberto Bueno.

0 comentários:

Publicar um comentário