23 fevereiro, 2014

Hora de mostrar a Raça Super Dragão

http://bibo-porto-carago.blogspot.pt/


Caros Portistas, pela primeira vez desde que escrevo aqui no blog, vou utilizar um texto que já publiquei nas redes sociais.

Escrevi o texto que vos dou a conhecer na passada quinta-feira, no final do jogo entre o Futebol Clube do Porto e o Eintracht Frankfurt (sim, Eintracht Frankfurt!). Por falta de tempo e de inspiração, não me vou alongar muito sobre o momento actual do clube. Quero apenas dizer que terminou a 1ª fase do campeonato nacional de andebol e vamos entrar a 1 ponto dos lagartos, tal como no hóquei, onde estamos na 2ª posição no final da 1ª volta. Seguimos na liderança no basket e em 2º lugar também no futebol.

Não admito que alguém me diga que já desistiu, seja do que for. É altura de mostrar o que somos. Se acham que alguém não mostra, é altura de ir aos jogos e mostrar que estamos cá a fazer a nossa parte, pois só assim poderemos cobrar alguma coisa no final. TUDO POR TODOS!

    “Já lá vão 15 anos desde que acompanho o FC Porto, com especial destaque para a última década. A verdade é muita gente não percebe o porquê de gastar tanto dinheiro, de passar tantas noites mal dormidas, de muito fazer para acompanhar o meu clube. Como eu, há centenas de pessoas. A acompanhar o Porto com ainda mais regularidade, há certamente outras centenas. Tenho a felicidade de o clube da minha região ser um clube que me dá alegrias como poucos no mundo têm o prazer de sentir. Com o passar dos anos, comecei a não vibrar apenas com as vitórias do meu clube, pois conheci pessoas fantásticas que fazem com que cada ida aos jogos seja diferente, seja especial. Graças ao Porto, já conheci várias cidades europeias e já passei por dezenas de estádios de futebol. Hoje, fiquei no estádio a desfrutar e a aprender com os apoiantes e com a equipa adversária. O que se viu no final do jogo foi o Desporto no seu esplendor, foi a união de adeptos e jogadores, capaz de fazer com que 11 jogadores sejam 11 guerreiros e que os adeptos sintam que são, verdadeiramente, o 12º jogador. Quem já foi ao Dragão Caixa sabe o que significa a volta final que os jogadores dão ao pavilhão a cumprimentar os adeptos. Muitos dizem que tal não é possível no futebol, pois são realidades diferentes. Hoje, pude constatar isso mesmo, há realidades bem diferentes da nossa. Deixo o que se passou dentro de campo para os entendidos em futebol, pois não faltarão treinadores de bancada a dar a sua opinião. Por isso mesmo, fica a referência à atitude do capitão do Porto, Hélton, pelo que fez antes de abandonar o terreno de jogo. Há anos em que aprendemos com as vitórias europeias, há outros em que temos que nos agarrar a outros detalhes para acreditar que faz sentido tudo o que fazemos pelo nosso Porto. Quanto à Liga Europa, quero apenas relembrar que estamos a jogar uma eliminatória a duas mãos. Vemo-nos Sábado e Domingo, nos sítios do costume.”
    #tudoPORTOdos #11jp4
Um grande abraço a todos,
Luís Marques

0 comentários:

Publicar um comentário