13 janeiro, 2013

É hoje o dia !

http://bibo-porto-carago.blogspot.pt/

É hoje o dia tão esperado. É tão agradável ver que há quem pense que, por faltar o James, este jogo são favas contadas para o outro lado. Espero que comecem já a alargar as portas do galinheiro – se não, as gentes mouriscas não vão conseguir sair de lá com as cabeças tão inchadas. Só tenho pena das mulheres que depois do jogo vão ter que levar com "6 milhões" de bêbados frustrados – uma tristeza!

Deixemo-los fazer a festa antes que depois é tudo nosso. É verdade que a falta de um jogador como James, com um talento acima da média e qualidade técnica invulgar, se fará sentir na equipa do FC Porto – a menos que tivéssemos o Iniesta no banco. É também certo e não esqueço que o ano passado foi James – depois da sua atribulada e épica chegada de Miami – quem nos deu a vitória, com um golão e uma assistência para o golo do Maicon. Não ignoro nenhum desses factos. No entanto, nem por um segundo hesito em arriscar que hoje vamos ganhar!

Afinal, o jogo é no salão de festas aqui da malta. Logo, partimos em vantagem para o encontro nem que tivéssemos meia equipa lesionada. A grande incógnita é: qual vai ser a invenção do Jasus este ano? Normalmente, costuma ser por aí a chave das nossas últimas vitórias – mérito total dos nossos jogadores e estupidez/burrice do JJ.

Tinha dito que era importante que o FC Porto cavasse uma vantagem para os mouros até ao final do ano. Tal não foi possível, muito graças ao colinho que os salvou em momentos cruciais de certas partidas. Amanhã, com a nomeação do árbitro do túnel, esperasse o pior e é preciso estar alerta. A conferência de imprensa de Vítor Pereira foi inteligente, nesse sentido, ao dizer que vai estar “atento” aos bloqueios na área adversária. Vai estar o Vítor Pereira e todos os Portistas. Esperamos que não haja novo voleibol nem pisadelas a passar impunes à expulsão – felizmente, o sarrafeiro Garcia já não andava por estas bandas.

É todavia uma desvantagem, não o vamos escamotear, ir ao galinheiro na primeira volta. Toda a gente sabe como são as equipas do chiclas: na primeira volta, correm que nem uns loucos e querem fazer notas artísticas como se isto fosse ballet. Na segunda volta, chega a fatura de tanta correria estouvada e já não se aguentam das canetas. Era mais fácil ir na segunda volta? Era, pois. Mas mesmo assim somos melhores.

Espero uma grande estreia do Jackson em clássicos e, quiçá, um cheirinho do Izmailov só para a Segunda Circular ficar toda satisfeita - de ambos os lados! Somos Porto e hoje vamos dar um passo importante rumo ao tri. Força Porto! Até os comemos!

0 comentários:

Publicar um comentário