23 novembro, 2007

Fair-play

Esta semana recebi um e-mail muito curioso que me fez pensar nesta “coisa” do fair-play... um vídeo de um jogo de futebol entre o Ajax e o Den Haag em que existe uma falta sobre um jogador do Ajax que acaba caído no chão. Os jogadores do Den Haag mandaram a bola para fora para que o jogador do Ajax fosse assistido. Após a assistência, o jogador do Ajax marca um golo sem o querer... a equipa do Ajax ficou sem reacção quando o golo foi validado pelo árbitro. Ao reiniciar o jogo a meio campo, os jogadores do Ajax não se mexeram fazendo com que o Den Haag marcasse um golo. Impressionante, não?


Tudo isto é realmente muito bonito mas será que vemos acções dessas no nosso futebol? Não creio! Se fosse em Portugal, toda esta reacção por parte do Ajax seria feita por alguma equipa portuguesa?

Imagino um derby com uma situação idêntica, tinta e mais tinta iria correr na comunicação social, primeiro pelo golo marcado e depois pela reacção dos jogadores para equilibrarem o jogo. Além disso, teria que se pensar em quem tinha marcado o golo, porque se fosse o FC Porto e o golo fosse validado, bem… isso então seria tema para mais um apito!

No entanto esta “coisa” do fair-play também me faz pensar: será que vale a pena num campeonato como o nosso, haver fair-play num jogo? Por um lado penso que deveria haver, mas analisando alguns jogos, creio que, sobretudo o FC Porto, não devia de ter o mínimo de fair-play nos jogos. Porquê? (pensam vocês)... simplesmente porque o FC Porto é demasiado prejudicado para pensar em “equilibrar” um jogo com a equipa adversária, não concordam? Imaginem um FC Porto vs Galinhas. Acham que dá para haver fair-play por parte dos azuis e brancos com essas criaturas? Naaaa!!!

Mas por outro lado, penso que o FC Porto sendo a grande equipa que é, tendo jogadores fantásticos, deveria de dar o exemplo às outras equipas, sobretudo a essas equipas mesquinhas e pseudo grandes!

Isto do fair-play realmente é muito bonito na teoria mas na prática, não sei não, é um bocadinho difícil de engolir, não?

Saudações azuis e brancas e até para a semana! da,
Sodani.

ps - bora lá a botar na eleição do 'melhor blog português 2007' até dia 30-Nov... onde? logo ali em cima do lado direito, carago!

7 comentários:

  1. o FCPorto sempre foi para os média a equipa com menos fair play do nosso campeonato, por isso a medida q a FCPorto SAD decidiu tem toda a lógica, não pactuar com perdas de tempo e lesões simuladas...Se afinal já tinhamos a fama, vamos agora aproveitar isso efectivamente...

    O único jogador do FCPorto q n percebeu essa medida tomada foi Cech, há q lhe explicar em eslovaco.

    ResponderEliminar
  2. Panorama impossível num FCP x slb ou vice versa ...
    É lamentável, mas é a verdade.

    ResponderEliminar
  3. Assino por baixo as palavras aqui já ditas... 'panorama impossivel'.

    Não acho que seja lamentável, nem menos lamentável... é o que é e ponto final.

    Em Portugal, mete dó ver muitos dos jogos de futebol por um único motivo: completa falta de fair-play dos jogadores, ora que cai, ora que me tocas, ora que tropeçei, ora que isto, ora que aquilo... e quando assim não é tanto, temos sempre o 'senhor de preto' para ajudar à festa, sempre de apito em riste para assobiar a tudo e a nada... esta é a verdade.

    Por isso, concordo a 101% com a nova politica da SAD do FC Porto... fair-play? o árbitro se quiser, que interrompa, que é para isso que ele é um dos elementos do jogo... aos jogadores, compete apenas lutar e correr.

    ResponderEliminar
  4. Viva !

    Excelente vídeo que pode ser um bom exemplo para a miúdagem. E para defender o futebol. Já repararam como o estádio está vazio ? É claro que é preciso mais fair play no futebol. Caso contrário, esta modalidade corre o risco de desaparecer a curto prazo.

    Mas, como diziam os terríveis Normandos que chegaram, pelo passado, a saquear o Porto e as costas Portuguesas:

    Peut être bien que oui, Peut être bien que non ! Pode ser que sim, Pode ser que não.

    Pode ser que sim se o fair play é reciproco !

    Pode ser que não se o fair play não é reciproco !

    E quando vi um jogador do Benfica partir a perna, deliberadamente, a um jogador do Porto, penso que não há reciprocidade. Por isso...

    De qualquer é um questionaento que não pode ser evitado.

    E Viva o Porto

    ResponderEliminar
  5. Desculpem a intromissão no futebol, mas quero alertar todo o nortenho para o ataque que a ANA se prepara para fazer contra o Porto.
    Eles estão a colocar entraves à Ryanair.
    O aeroporto do Porto arrisca perder a oportunidade de conseguir atrair, nos próximos sete anos, quatro milhões de passageiros da Ryanair. Tudo porque a ANA (empresa lisboeta que faz a gestão dos aeroportos) não se tem mostrado receptiva a fazer algumas cedências que permitam a criação de uma base daquela companhia aérea de baixo custo no Aeroporto Francisco Sá Carneiro. A possibilidade de o Norte estar a "desperdiçar" uma oportunidade de desenvolvimento está a indignar políticos e empresários. O PSD/Porto vai pedir esclarecimentos ao Ministério das Obras Públicas "por suspeita de favorecimento do aeroporto de Lisboa". Não se calem; não deixem passar mais este ataque lisboeta contra o Porto.

    ResponderEliminar
  6. Kosta já tinha visto essa no JN.
    http://jn.sapo.pt/2007/11/23/primeiro_plano/vozes_norte_contestam_obstaculos_ana.html

    É o costume, quando não é no futebol é fora do campo.
    Contra 1,5 milhões de passageiros só no primeiro ano, 200 postos de trabalho pedem um desconto de 4,5Euros/ passageiro nas taxas de aeroporto.
    A ANA até deseja(?) a base de operações da Ryanair no Porto mas tem que actuar 'numa base de igual tratamento a todas as companhias áereas'.

    O Sr. Rui Moreira já lhes deu uma alternativa:'Por que é que a ANA não oferece o mesmo desconto nas taxas a qualquer companhia que garanta quatro milhões de passageiros nos próximos anos?

    Existe um bom exemplo do que isto pode significar em Hahn, na Alemanha, onde se aproveitou uma antiga base aerea (penso que Americana). Estão previstos grandes investimentos, acessos, hoteis, etc e de cada vez que se lá vai nota-se bem a diferença no desenvolvimento local.

    A ver se, à custa destas faltas de visão, não se obriga a Companhia Irlandesa a mudar-se para Vigo.

    Aguardamos notícias.

    ResponderEliminar
  7. que fair-play que caralho é jogar as leis do jogo sao claras o arbitro é que tem que parar ou nao o jogo....


    num fcp vs slporcos???????

    nem que morresse um mouro parava o jogo

    ResponderEliminar