27 novembro, 2007

Festa azul e branca na Capital Francesa

Hoje estou com a moral em alta.

Fui ao Dragão e o FC Porto regressou às vitórias mantendo os 4 pontos de avanço sobre os vermelhos e aumentando para 10 a diferença para os verdes. O FC Porto (que desta vez até jogou bem) foi mesmo a 1ª equipa a derrotar o Vitória de Setúbal nesta temporada. A única mancha do jogo foi a arbitragem de um tal de Xistra que deixou passar um penalty evidente sobre Lisandro.

Mas o meu estado de espírito tem mais a ver com o feito da nossa equipa de andebol. Eu sou assim, fanático pelo Porto, seja em que modalidade for. Ia no metro para o Dragão e todos falavam no jogo com o Setúbal enquanto eu procurava disfarçar o meu evidente nervosismo. Um amigo (PortoMaravilha) estava em pleno pavilhão do Paris e aguardava uma sms sua com o resultado final. Estava receoso, pois Eduardo Filipe, lesionado, não ia jogar e sabia pelo que vi em Santo Tirso que os Franceses nos iriam colocar imensas dificuldades. Olhei para o relógio vezes sem conta, eram 16h e 30m, o momento estava próximo... vibrou o telemóvel, as mãos tremeram, os olhos não largaram o visor durante largos segundos: PARIS, 26 - FC PORTO, 20. O FC PORTO ESTAVA APURADO!!!

«Equipa de andebol do F.C.Porto»

Perdemos por 6 mas cá tínhamos ganho por 7... o alívio, o sorriso vitorioso e um grito que me apeteceu soltar. Continuei de sorriso rasgado até ao final da viagem, o Porto, o meu Porto, a minha equipa deu-me uma grande alegria naquela tarde. À distância, a uns milhares de Kms fui eu quem colocou força e direcção naquele último remate de Bosko no último segundo. O 20º golo do FC Porto foi decisivo para o nosso apuramento pois cá havíamos ganho por 7 golos de vantagem (30-23) e o 26-19 colocava-nos fora da eliminatória (em caso de igualdade em golos contam os golos fora). Obrigado ao PortoMaravilha pela crónica (e fotos) que a seguir publicarei. Que me desculpem todos os Portistas, mas esta vitória é também um pouco minha. PARABÉNS FC PORTO!! ESTAMOS NOS OITAVOS DE FINAL DA TAÇA DAS TAÇAS DE ANDEBOL!!!

Quase uma centena de Portugueses presenciaram a partida e no final cantou-se ALLEZ PORTO ALLEZ... imagino o sofrimento vivido, imagino a explosão de alegria no final, e pelo que li o apuramento dos jovens jogadores do FC Porto é inteiramente justo até porque apanharam uma arbitragem caseira que permitiu tudo e mais alguma coisa aos defensores do Paris. No final, os dirigentes do FC Porto estavam emocionados, comovidos e os jogadores festejaram com os adeptos Portugueses presentes. Invejo todos quanto estiveram a presenciar esse final dramático. No último segundo, um golo fenomenal de Bosko a decidir a eliminatória. Com o Lucho nas bancadas, iria ser um atentado ao meu pobre coração mas mesmo assim arriscaria. Pelo FC Porto vale tudo. É um orgulho cantar, lutar, vibrar, sofrer por aquela camisola seja em que modalidade for, mas desculpem-me a confissão que se segue: É do andebol que eu gosto mais!!! O que eu sofri nos infindáveis anos de jejum que terminaram em 1999 fazem com que mereça todas estas alegrias. Obrigado valentes guerreiros. O Lucho será sempre, e em qualquer circunstância, um vosso fiel seguidor. Venha o próximo adversário.

Andebol: FC Porto apurado em final dramático
1º ABC (28 pts, 11 jgs), 2º FC Porto (27 pts, 11 jgs), 3º Belenenses (25 pts, 11 jgs)

Comentário ao "FC Porto, 26 - Belenenses, 26":
Em dia de jogo de futebol da Selecção (apurada para o Euro2008) estive na Maia a acompanhar a nossa equipa de andebol que não contou com Eduardo Filipe lesionado. Na 1ª parte o Belenenses aproveitou erros ofensivos do Porto e vencia bem ao intervalo por 11-15. Na 2ª metade com o pavilhão a puxar pela equipa, o FC Porto foi-se aproximando e chegou a estar em vantagem por 25-24 mas uma exclusão e um golo não validado quase ditaram a nossa derrota evitada a 28 segundos do fim com um belo contra-ataque de Pedro Solha. Um empate que se ajusta num jogo em que o Porto acusou a falta de Eduardo Filipe e em que os árbitros Nicolau e Caçador voltaram a prejudicar o Porto (os mesmos que nos apitaram com o ABC). Com este empate, o FC Porto está a 1 ponto do ABC e joga amanhã (21h) no recinto do São Bernardo.

Comentário ao "Paris Handball, 26 - FC Porto, 20", por Portomaravilha:
Residente em Paris, este nosso amigo Portomaravilha, colaborador e cronista do blog, descreve-nos as suas emoções sentidas ao vivo no pavilhão Halle Carpentier. Fica o meu agradecimento pela sua disponibilidade e colaboração.

Feitiço vira-se contra o feiticeiro!
resultado total da eliminatória: Paris, 49 - FC Porto, 50

O FC Porto alcançou hoje um novo estatuto na Cidade Luz. Apesar da derrota, num jogo cheio de emoções, eliminou o Paris Hand. O Jogo decorreu no conhecido complexo Carpentier, situado "Boulevard" Massena. O recinto, com capacidade para 4000 pessoas, estava meio cheio. O que há que louvar, sobretudo, após as greves dos transportes colectivos! É também de realçar o extraordinário fair play que existiu no recinto. A primeira parte finda com o resultado de 13-9 em favor do Paris. O FC Porto controla o jogo. Todavia, o guarda-redes do Paris está a fazer uma grande exibição. Nota-se que o FC Porto tenta compensar a sua inferioridade física com jogadas imaginativas que maravilham o público sentado ao meu lado. A segunda parte começa como a primeira, com o FC Porto a controlar o jogo durante os três primeiros minutos. Contudo, entre os minutos quatro e sete, o guarda redes do Paris faz três defesas fora de série e nos respectivos contra ataques o Paris marca. Num lapso de tempo mínimo, o resultado passa para 16-11. O FC Porto parece, então, nesse momento à deriva. O resultado chega mesmo a ser, aos 16 minutos, de 20-12. Ou seja, o FC Porto está eliminado, nesse momento. Mas, pouco a pouco, o FC Porto retoma os seus espíritos. Penso que, graças à rodagem dos jogadores, o FC Porto impede que o Paris se adiante, definitivamente, no placard. Penso que esta rodagem foi importante para compensar o desgaste físico. O último minuto será dramático e louco: Paris marca de pénalti , levando o resultado para 26-19. Mas todos esqueceram que o FC Porto ainda tinha soluções.
Bosko Bjelanovic marca no último segundo!!! O jogo acaba e o FC Porto está qualificado: 26-20. Uma nota final para justificar o título: Cada vez que havia um pénalti contra o Paris, os amplificadores davam a conhecida, senão famosa, música da série "Missão Impossível". Pois bem: a Missão Impossível foi mesmo para Paris que não se qualificou !

E Viva o Porto !

Abraço,
PortoMaravilha.

[nota do administrador] por cortesia do amigo Tugalobito, podem ver aqui + fotos do jogo. O nosso obrigado.



Basquetebol: FC Porto ainda sem o novo Norte Americano
1º Ovarense (100%, 5 jgs), 2º FC Porto (80%, 5 jgs), 3º CAB (60%, 5 jgs)

Este fim de semana o campeonato da LCB esteve parado e só regressa no próximo sábado em jornada de concentração com todos os jogos na mesma Cidade (Oliveira do Bairro). O FC Porto joga com o Ginásio (sábado, 14.45h) a quem já venceu, na 2ª jornada por 78-66, jogo realizado no pavilhão do adversário (Figueira da Foz). O plantel azul e branco continua incompleto tardando a contratação do prometido 4º Norte Americano. Pode ser que esta espera até se venha a revelar positiva se a contratação for de facto uma verdadeira mais valia. As potencialidades do plantel da Ovarense obrigam, urgentemente, à melhoria da qualidade do grupo excelentemente orientado por Alberto Babo. Já depois da publicação deste post o FCPorto anunciou a contratação do base Norte Americano Brandon Payton. Esperemos que seja um grande reforço.

Hóquei: FC Porto escorrega mas continua líder
1º FC Porto (24 pts, 10 jgs), 2º Benfica (21 pts, 11 jgs), 3º Valongo (20 pts, 11 jgs)

O FC Porto fez esta semana 2 jogos ganhando em casa ao Alenquer por 7-4 com 5 golos de Reinaldo Ventura (os outros golos foram de Caio e Jorge Silva) e na partida de sábado registou-se um empate a 2 golos no recinto do Gulpilhares que esta época já venceu na Luz. Nesta partida, marcaram Jorge Silva e Reinaldo Ventura com o FC Porto a ser infeliz nos últimos minutos falhando golos em série. Na frente nada de novo uma vez que o SLB também teve uma escorregadela nos Açores empatando 1-1 com o Candelária. Assim, 3 pontos de avanço mas que poderão ser 6 depois de cumprido o jogo que o FC Porto, de Franklim Pais, tem em atraso. O próximo jogo do FC Porto é sábado, 18h, em casa com o HC Braga.

Treinador da Semana: Carlos Resende
Jogador da Semana: Bosko Bjelanovic

Para técnico da semana, escolho Carlos Resende pelo brilhante apuramento para os oitavos de final da Taça das Taças de Andebol conseguido em Paris no último segundo de uma partida intensa e dramática em que o FC Porto não contou com o seu melhor jogador... e para jogador da semana, a escolha recai em Bosko Bjelanovic (na foto) pelo momento mágico que proporcionou a todos os Portistas obtendo um golo fantástico no último segundo que valeu a qualificação do Porto para a fase seguinte. Ricardo Moreira e Álvaro Rodrigues (4 golos) também estiveram em bom plano e mesmo Reinaldo Ventura do hóquei também mereceria a distinção mas aquele remate de Bosko tem que ser lembrado por muitos e muitos anos... em 1994 um remate de Jesper Degn deu a Taça de Portugal de Andebol ao FC Porto num jogo com o Benfica (19-18), em circunstâncias idênticas às de ontem. De livre de 9 metros com todos os jogadores a fazerem barreira e com o tempo esgotado... 13 anos depois recordo esse momento, que teve reedição no último domingo... Sublime!

Nota final: O FC Porto segue imparável na liderança do Nacional de Juniores em futebol tendo na última 4ª feira ganho em Vila do Conde (diante do Rio Ave) por 1-0. A partida foi de fraco nível (assisti apenas aos últimos 30 minutos) e o FC Porto ganhou com um golo do Chinês Zhang a 18 minutos do fim. Nas últimas 3 jornadas os Dragões ganharam ao Boavista (2-0), ao Rio Ave (1-0) e ao Guimarães (3-0). O FC Porto segue isolado no 1º lugar com 1 ponto de avanço sobre o Leixões (que tem mais 1 jogo que os Portistas). Foi a 1ª vez que vi, esta época, um jogo das nossas camadas jovens e pelo que vi há muito que trabalhar... muito mesmo.

E pronto, até para a semana.

Saudações azuis e brancas,
Lucho.

13 comentários:

  1. Lucho, estes teus comentários emocionados em relação às amadoras enchem-nos a alma portista e estão a ser um grande balão de oxigénio para o renascer do nosso interesse mais ou menos adormecido pelas modalidades. Grande trabalho fazes aqui. Só tenho pena que o " meu " atletismo esteja praticamente moribundo...
    Depois temos o privilégio de contar com o Porto Maravilha que nos envia crónicas do que se passa em França e esteve presente em mais uma jornada vitoriosa mesmo sem um dos melhores jogadores...
    Este Blog marca a diferença mesmo.
    Em relação ao basquet já se contratou um base americano que veio da ... Nove Zelândia, a fim de suprir a necessidade da equipa neste posto, como o Lucho falava. Esperemos que seja de qualidade e se adapte bem.
    Termino fazendo referência à entrevista do Anderson e do Ben McCarthy. quem por cá passou não nos esquece...Muito bom sinal.

    ResponderEliminar
  2. Se quiserem ver um vídeo dos últimos segundos da partida de Paris:

    www.fcporto.ws/andebol-paris.html

    No portal dos Dragões seleccionam modalidades e depois na parte do andebol tem um link para o vídeo.

    Vê-se o golo (muito ao longe) mas vê-se e bem toda a festa dos emigrantes e dos nossos jogadores.

    Jorge:
    Obrigado pelas palavras simpáticas e qt ao jogador novo (basket) só vi esta manhã mas já acrescentei essa info.

    Abraço.
    Vais jogar também no dia 15? Leva caneleiras de aço. :)

    ResponderEliminar
  3. «Bosko é apenas nome de um herói acidental»

    MANTEVE FC PORTO NA TAÇA DAS TAÇAS MAS RECUSA SER SALVADOR

    As gargalhadas traíram Bosko Bjelanovic. O primeira linha do FC Porto ainda estava nas nuvens 24 horas depois de ter decidido a eliminatória da Taça das Taças a favor do FC Porto, quando no pavilhão Georges Carpentier já se cantava a passagem do Paris Handball aos oitavos-de-final da Taça das Taças – os franceses venceram 26-20 e perderam 23-30 na primeira mão.

    Mas os 22 anos de Bosko não o deixaram desistir. Com o tempo de jogo já esgotado e uma barreira de seis homens pela frente fez passar a bola e marcou golo. Humilde, o jovem nascido em Knin (actual Croácia) e naturalizado Português (já jogou na nossa selecção) diz-se apenas herói acidental.

    “Eles são todos altos mas havia um mais baixo, o Olivier Girault [internacional francês, campeão do Mundo em 2001 e da Europa em 2006]. Se houvesse possibilidade de enganar o guarda-redes era por ali. E correu bem. Pensei que estava a sonhar e corri para o banco, o [João] Moreira [director] apareceu à minha frente e quase o atropelei.”

    Bosko recorda ter havido algo que o fez pedir para marcar o livre de nove metros: “Senti que era capaz, apesar de as possibilidades de concretizar num lance daqueles serem muito reduzidas.”

    Quase da mesma forma que se entusiasma e ri ao descrever o lance, o lateral recusa o rótulo de salvador: “Já me felicitaram muitas pessoas mas tratou-se apenas de algo que correu bem. Foi o último golo mas acho que os outros que marcámos foram ainda mais importantes.”

    Entrevista a Bosko na imprensa de hoje.

    O sorteio para os oitavos de final da Taça das Taças de andebol é hj na Áustria das 10 às 12h

    ResponderEliminar
  4. O F.C.Porto JOGARÁ com os vice campeões da RUSSIA Zarja Kaspija Astrakhan...
    Jogos a 09/10.02.2008 e 16/17.02.2008. A Primeira mão será em Portugal.

    Um adversário complicado mas nunca se sabe... Há q acreditar.

    ResponderEliminar
  5. Viva !

    Lucho, Muito Obrigado por teres transcrito as palavras de BosKo. Gostei !

    Para completar a minha visão do jogo :

    Sim : O Porto parece ter um grande treinador. Não só soube rodar os jogadores, mas também com que maestria ele soube acalmar um jogador do Porto que, por ter sido expulso, começou a dar pontapés nas barreiras (aí tive mesmo receio do pior ). E, seja dito de passagem, tais actos em nada dignificam o meu Clube !

    Penso que havia muito mais de uma centena de espectadores em favor do Porto. Vestidos à Porto eram uns vinte por detrás duma das balizas. Mas nas duas tribunas centrais vi muita gente bater palmas quando o Porto marcava. Aliás, pode-se dizer que o "comentador Parisiense" tinha dificuldades em fazer com que o público puxasse pela equipa de Paris. Quem estava ao meu lado torcia pelo Porto e não eram Portugueses.

    Outro acontecimento interessante : Atrás de mim, haviam uma senhoras que falavam Português e que torciam pelo Paris. Perguntei-me : Serão benfiquistas ? Não ! Mas só compreendi depois. Pude entender, graças aos seus gritos, que uma das senhoras vivia ou conhecia bem um dos jogadores de Paris.

    Recapitulando : Gostei da Vitória , gostei do fair play no recinto. Inúmeras famílias com crianças. É assim que se promove uma modalidade !

    Não gostei : Só duas sanitas abertas para cerca de 2000 pessoas. Muita gente perdeu os primeiros minutos da segunda parte por causa deste aspecto (fila enorme). Qual a razão ? Desconheço. Mas havia espectadores bem descontentes !

    E Viva o Porto !

    ResponderEliminar
  6. exelente post lucho.

    amigo blue boy seria com agrado um post sobre a liga intercalar onde ja vao jogar amanha 8 jogadores da equipa principal e que eu vejo de bom agrado pelo menos para eles( os nao convocados) estarem tb em competicao.


    abraço

    ResponderEliminar
  7. haaaaaaaaaaaaa

    amigo miau faz boa viagem e traz-me se poderes um prego no pao.


    abraço

    ResponderEliminar
  8. Lucho, mais um belo post, extravasando de emoção, numa eliminatória decidida memo no final. Bela prenda para os emigrantes em Paris, pela bonita festa e apoio incondicional dado ao nosso emblema e, claro, uma palavra de enorme apreço ao repórter exclusivo do blog, o Porto Maravilha. Sortudo presenciou in loco o emocionante embate, num jogo impróprio para cardíacos. Seja em k modalidade for, somos nós, FCP, k continuamos a levar, por essa Europa fora, o estandarte com as cores nacionais. Um verdadeiro orgulho!

    No basquetebol, estou ansioso para ver a estreia do Payton. Não sei se sabem, mas ele tem os genes de um grande campeão. Irmão do Gary Payton, conhecido por "the Glove", fabuloso base k jogou na NBA, nos Seattle. Pode ser k este tenha a mesma magia do brother mais velho e nos surpreenda, conseguindo ser a mais valia k a equipa necessita.

    Abraço,

    ResponderEliminar
  9. Lucho, não vou entrar em mais repetições, porque a 'avaliação' já há muito foi feita... e com altos valores, por isso, resta-me dizer que não fazes mais que a tua obrigação, ora essa :-P

    No que toca ao Andebol, pois parece que a lotaria saiu mesmo ao felizardo do nosso colaborador PortoMaravilha que assistiu in-loco a um daqueles jogos que ficam para sempre gravados nas nossas memórias, passem-se os anos que se passarem... mas que sortudo, carago! Foi uma vitória do querer até ao último apito final. Os 'Dragões', são assim: Nunca desistem!! Agora, venham as 'próximas vitimas'.

    Uma palavra especial de agradecimento em nome do blog ao 'exclusivo' remetido pelo PortoMaravilha, com a sua memória visual do que tinha acabado de presenciar... mas que sortudo, carago!!

    No Basquetebol, a ver vamos a qualidade que o novo reforço vai trazer ao plantel... espero que seja definitivamente uma mais valia. A ver vamos.

    Já no Hóquei, mesmo com alguns tropeções, parece que a 'hegemonia' continua assegurada, apesar do frenesim dos agoirentos rídiculos habituais de há 15 dias atrás. Tudo indica que mais não vai ser do que 'um passeio' até à glória final. A ver vamos.

    É, nas camadas jovens do futebol, pelo que tenho lido nos jornais ao fds e atendendo aos resultados, parece que este ano, não vai ser o ano do Dragão... ou os resultados são mesmo só para os distrair?

    aKeLe aBrAçO,

    ResponderEliminar
  10. Um post à Portomaravilha mais um Lucho emocionado.
    Foi por isso que até bebes-te uma fresca quando chegas-te ao Dragão :-)

    A ver se no Sábado dá para ir a Fânzeres.

    Jorge, um base americano que veio da ... Nova Zelândia ???
    Soa bem, a ver agora dentro das quatro linhas.

    Portomaravilha gostei da tua tirada sobre as senhoras que falavam Português e torciam pelo Paris. Seriam benfiquistas?
    Boa malha, um Dragão é sempre Dragão em qualquer lugar.

    E a greve aí não é para brincadeiras.
    Até nas sanitas :-)

    ResponderEliminar
  11. OBRIGADO , por mais este excelente
    trabalho !

    (para o Lucho e PortoMaravilha )

    ResponderEliminar
  12. A parte final deste vídeo até arrepia um morto, carago!!!
    Deliciem-se com mais um momento 'histórico' do nosso FC Porto.
    Somos de factos ETERNOS!!!

    ResponderEliminar
  13. Obrigado pelo vídeo q aqui colocaste Blue Boy, engrandece ainda mais o post de homenagem à nossa valente equipa de andebol. Emociona de facto ver os segundos finais dessa festa em Paris. O Porto é assim, os seus adeptos são assim, extraordinários.

    ESTILHAÇO: Relativam/à fresca q bebi mal cheguei ao Dragão tenho q te agradecer da próxima. Abraço.

    ResponderEliminar