26 março, 2008

Presidente, não os temas... estamos contigo!!

Em entrevista ao Rádio Clube Português, Pinto da Costa explicou que tem "cuidados redobrados" quando fala ao telefone, porque "não se sabe se do outro lado está uma rasteira", no dia em que foi pronunciado pelo processo Apito Dourado, relativo ao jogo Beira-Mar-FC Porto, da época 2003/2004.

"Sinto-me como me sentia ontem, quando não estava pronunciado e era um dos muitos milhares de arguidos deste país. (No julgamento) espero tudo. Quando nasceu o Apito Dourado e ouvi as primeiras acusações em tribunal, pareceu-me um filme de ficção", sustentou o presidente do FC Porto.

Pinto da Costa advertiu que o processo pelo qual hoje foi pronunciado pelo crime de corrupção desportiva activa "foi arquivado pelo Ministério Público", tendo sido "reaberto por causa do livro" de Carolina Salgado, sua antiga companheira.

"Mas o livro não diz nada. Isso foi falado no inquérito feito na Judiciária, em Lisboa, por um senhor de quem a irmã (de Carolina Salgado) disse que a industriava. Essa senhora foi utilizada. No entanto, ela é credível", argumentou o presidente do clube portuense.

Pinto da Costa garantiu que não tem "nenhum peso na consciência", pois acredita que será absolvido, apesar de sentir "que há um plano" para o atingir: "O que não quero é que o assunto seja arquivado pelo facto de não haver provas".

"Acredito na justiça divina e hoje, quando soube que era pronunciado, pedi a Deus que se prove a inocência de quem estiver a falar verdade e caiam as maiores desgraças a quem estiver a mentir e induziu os outros a mentir com essa história do envelope", disse o dirigente.

Pinto da Costa lamentou que a polícia tenha andado "anos a investigar para descobrir que um árbitro, numa altura em que o FC Porto era campeão", visitou a sua residência para "tratar de um assunto que nada tinha a ver com futebol", admitindo que tem "cuidados redobrados" nas conversações telefónicas.

"Falo tranquilamente ao telefone, mas com alguns cuidados, porque não se sabe se do outro lado está uma rasteira. Cuidados redobrados quando ouvi o Procurador-geral da República dizer que não sabia se tinha o telefone sob escuta", assinalou, revelando que escreverá um livro em que se vai "descobrir muita coisa que outros não quiseram descobrir".

Pinto da Costa foi pronunciado de corrupção desportiva activa, tal como o empresário António Araújo, enquanto o árbitro Augusto Duarte, outro dos co-arguidos, vai a julgamento pela alegada prática de um crime de corrupção desportiva passiva.

Este processo reporta-se ao encontro Beira Mar-FC Porto, da 31ª jornada da Superliga de 2003/2004, que foi realizado em 18 de Abril de 2004 e terminou com um empate sem golos.

Dois dias antes daquele jogo, o árbitro Augusto Duarte e António Araújo visitaram Pinto da Costa na sua casa na Madalena, Gaia.

O presidente portista terá dado então um envelope com dinheiro ao árbitro, acusa o Ministério Público.

O montante em causa seria 2.500 euros, segundo afirmações de Carolina Salgado, repetidas já no Tribunal de Instrução Criminal do Porto, num depoimento que a juíza de instrução acabou por valorizar.

fonte: RTP em 25 de Março de 2008

14 comentários:

  1. Apenas quero aqui dizer q o Presidente pode contar comigo. Comigo e com muitos mais. Com campanhas orquestradas, persecutórias e discriminatórias vão tentando condenar o homem. Ainda acredito na justiça. E na sua inocência. Estou ctg General. Sempre.

    ResponderEliminar
  2. estou e estamos com ele. E vou fazer vigiliq ao tribunal se for necessario! a um Senhor como ele eu tiro o meu chapeu sempre!

    Allez president, nous sommes tous avec toi!

    ResponderEliminar
  3. Não haja dúvidas que realmente em termos de justiça, este país é o exemplo mais fidedigno do sub-desenvolvimento.

    Esta, é mais uma história igual a tantas outras desde há 3 décadas para cá... o sistema de que hoje falam, é exactamente o mesmo de há 5 décadas, quando outro ganhava... o mesmo de 4 décadas, quando era o outro a ganhar.

    Entretanto, e porque a bússola da «Bitória» virou a Norte, nunca nos irão perdoar essa afronta e qual corja imunda de invejosos, ridiculos e medíocres, toca a utilizar a única arma da qual se podem socorrer: a mentira!

    Não adianta meus senhores, bem que podem estrebuchar, ladrar, ganir, berrar, cacarejar, miar ou até berro gritar... porque nós não vos ouvimos e ademais, nunca, mas nunca pensem que jamais deixeremos o nosso «líder» à vossa mercê para o poderem achincalhar... nunca isso vai acontecer.

    Esses abutres da mentira e do mal-dizer, de tão burros e asnos que são, ainda não perceberam que estes ataques cobardes que nos movem, só nos tornam cada vez mais fortes e unidos... ainda não perceberam isso, nem tão pouco alguma vez perceberão... pobres idiotas!!

    A verdade de todo este dossier é só uma e gostava era de ver essa corja de mentecaptos, burros e asnos conseguir explicar isto de um modo sério, capaz e nada cobarde:

    "Em 3 anos de apito Dourado... a caminho de Tri-Campeão!!"

    Expliquem lá isto óh cambada de invejosos, medíocres e ridiculos!!!

    ResponderEliminar
  4. Pinto da Costa para sempre, contra tudo e contra todos.
    Os cães e as cadelas ladram, mas o Dragão segue imparável.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  5. Viva,

    Obrigado pelas imagens e som nem sempre captáveis aqui.

    E Viva o Porto !

    ResponderEliminar
  6. A campanha continua e não me está a agradar o rumo que está a tomar :/ o Presidente terá sempre o nosso apoio mas acho que se fosse em outros tempos teria um apoio mais visível, e isso não tem acontecido, contra mim falo... Eu acho que se fosse há uns anos atrás já tinha havido umas manifestações e tal, e não vejo nada!! Os Super deviam começar a tomar uma atitude :D e nós adeptos a dizer presente se a pressão começasse a aumentar.

    A morgadinha dos canaviais deve andar a ler o "Processo" do Kafka e agora decidiu por em prática o que lá aprende. Enfim, e saber que o futuro dela está neste processo não augura nada de bom, mas pronto, vou aguardar

    Saudações

    ResponderEliminar
  7. A montanha vai parir um rato.
    Como é possível dar credibilidade a uma pessoa auto-intitulada mandante de uma coça a um indivíduo e a quem depois não acontece nada ...
    Como pode ser credível alguem que não foi considerada como tal pelos tribunais em outros processos ...etc, etc...
    Está claro que Pinto da Costa tem contra ele uma cabala que é preciso desmontar ...
    Espero agora um processo VERDADEIRAMENTE isento e transparente pois a comunicação social e a orquestra invejosa das galinhas vai fazer uma pressão nunca vista. Aí teremos de estar.
    vigilantes e denunciar.
    Entretanto ... vamos ganhando...

    ResponderEliminar
  8. Como é costume dizer em França " o que nao nos mata, nos deixa mais fortes"...
    Essas acusaçoes nao nos matam, ao contrario deixam-nos mais fortes, e basta ver os resultados da equipa ...

    ResponderEliminar
  9. Existem pessoas que colocam diariamente o nome de Portugal no seu devido lugar, leia-se bem no alto.

    Existem ainda outros que, devido a uma flagrante incapacidade de fazer algo bem feito aliado a uma inveja mesquinha, a única coisa que fazem é tentar denegrir a imagem das primeiras e, por arrasto, até a do próprio Pais.

    Como devemos apelidar os segundos?
    Não sei.

    ResponderEliminar
  10. O nosso presidente é o melhor. Portou-se muito bem na entrevista da Rádio Clube Português. Carolina afirmou que o Presidente entregou antes do jogo Beira-Mar - FC Porto 2500€ a Augusto Duarte, árbitro do encontro. Sinceramente
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  11. Diz-se k isto já era esperado. Talvez. Pelo menos o meu pai, portista indefectível, afirmou-o.

    "Não me digas k não estavas à espera?", perguntou ele, qd me viu dominado pela raiva...

    Demorei a responder. Fiz um rewind cerebral, passando em revista tudo o k tem dominado este processo. Sim. O único caminho, apontado desde à mt, era mesmo este. Qd se convoca a paladina para esta reabrir processos, já se sabia k a Justiça seria feita. De qualquer forma.

    Mas senti uma pontada de desgosto. Não o nego. Senti-me derrotado. Uma cabala monstruosa, uma vendetta pessoal, destinada apenas a destruir a reputação de um homem, tinha vencido. Para já.

    E isso dói. Sobretudo sabendo de antemão o enorme circo mediático k será montado. Para denegrir. Para vilipendiar. Para insultar. Pinto da Costa não merecia isto...

    Seremos poucos? Acho k não. No nosso intímo sabemos k isto corresponde a uma declaração de guerra. E, como se viu, será sem qualquer quartel. Valerá tudo.

    O k se pode esperar de um julgamento, qd os pratos da balança, até agora, estão tão desnivelados? Continuo a acreditar, piamente, k a "credibilidade" de uma alternadeira não destruirá o maior dirigente desportivo português...

    Mas, finalmente, respondi ao meu pai. "E ainda queres que eu seja menos fundamentalista?". Ele sorriu. Abanou os ombros. Não disse mais nada...

    Este País fede!

    E eu continuo a ser, cada vez mais, portista até à medula. Combateremos isto. Seremos o Exército do Dragão. Marchando contra a injustiça. Contra esta corja de filhos da puta!

    ResponderEliminar
  12. Os Portistas ainda se vão rir no final deste processo, pode ser que se descubra algo que possa lixar muita gente que nesta altura está contra o Pinto da Costa.

    "Se fizessem uma sondagem aos benfiquistas para eu ser condenado, todos diriam que sim. Se fizessem uma sondagem a todos os portistas para que o LFV continuasse a presidente do Benfica, todos os portistas diria que sim".

    Mais uma ironia por parte do presidente :)

    Claro que queriamos que continuasse, é que o LFV é tão mau a dirigir o clube que não me importava que o Benfica continuasse a viver o seu fracasso.

    ResponderEliminar
  13. O mais revoltante disto tudo é saber que esta historia toda é fruto da alteernadeira, do Orelhas e da L. penhasco. Nao me conformo com a fraqueza da dita justça Portuguesa, para essa justiça o que diz a alternadeira no caso Bexiga nao é credivel e o que vem dizer agora contra o Pinto da Costa jà é. Alem disto ser motivado por uma vingança pessoal, é tambem comandado la por essa cambada de jornaleiros e dirigentes dos clubezecos da parte marroquina do nosso paìs. Isto é triste , este paìs nao passa do que é porque em vez de trablhar para ser melhores, nao so se consegue deitar abaixo aqueles que teem mais sucesso por pura enveja.. Força presidente estamos todos consigo.

    ResponderEliminar
  14. Há muito tempo que não passo por aqui, embora não tenha perdido o hábito de vir por cá e ler todos os vossos comentários...Estou como o Blue e o PP, a notícia do avanço para o julgamento do Nosso Presidente não me surpreendeu, o contrário é que me admiraria, tal o empenho colocado em tentar apanhar qualquer coisa para o conseguir incriminar...Não vou aqui fazer juízos sobre a questão ética de receber ou não um árbitro em casa...Não vou discutir ética num País em que o PM assina projectos que nunca concebeu e acha isso muito natural!...Não vou discutir ética algures no espaço em que um senhor importante é avaliado ao fim-de-semana para conseguir as suas habilitações mais rápidamente...Não vou discutir Ética Desportiva num País que tem seis milhões de pessoas a apoiar incondicionalmente um ladrãozeco de elefantes e traficante de pneus recauchutados...Apenas direi que estou do seu lado Presidente, estou do seu lado porque me deu tudo o que eu nem ousara sonhar atingir algum dia...Estou do seu lado porque não quero ser ingrato...Estou do teu lado porque não gosto de perseguições pessoais...Estou do seu lado porque detesto hipocrisias...Ser investigado por alguém que antes admitia colocar bombas à porta dos seus rivais Políticos, não é uma Injustiça é uma Anedota!...Portanto meu caro Presidente a quem só uma vez ousei cumprimentar com os olhos, confesso: estou do seu lado e ainda penso que tudo isto não é mais do que uma das suas soberanas estratégias...Estou aqui a imaginar a Dona Carolina em pleno Tribunal, admitir, que tudo isto foi preparado em conjunto consigo apenas para denunciar a InJustiça que reina em Portugal!...Seria o máximo!...

    ResponderEliminar