03 fevereiro, 2011

Quem não sabe porque ganha...

http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

assistência: 47.512 espectadores.

Árbitro: Paulo Baptista (AF Portalegre), Assistentes: Luís Tavares e José Braga; 4º árbitro: João Roque

FC PORTO: Helton «cap.»; Sapunaru, Rolando, Maicon e Sereno; Fernando, João Moutinho e Belluschi; Varela, Hulk e James.
Substituições: James por Cristian Rodríguez (46m), Belluschi por Guarín (64m) e Sereno por Ruben Micael (80m).
Não utilizados: Beto, Mariano, Souza e Otamendi.
Treinador: André Villas-Boas.

BISITANTE: Júlio César; Maxi Pereira, Luisão «cap.», Sidnei e Fábio Coentrão; Javi Garcia, César Peixoto, Salvio e Gaitán; Saviola e Cardozo.
Substituições: Saviola por Aimar (69m), César Peixoto por Airton (88m) e Gaitán por Jara (93m).
Não utilizados: Roberto, Roderick, Felipe Menezes e Nuno Gomes.
Treinador: Jorge Jesus.

Marcadores: Fábio Coentrão (6m) e Javi Garcia (26m).

Disciplina: cartão amarelo para Fábio Coentrão (16m e 59m), Sereno (33m), Hulk (43m), Cardozo (63m), Guarín (84m), Gaitán (87m), Aimar (90m) e Júlio César (95m); cartão vermelho, por acumulação de amarelos, para Fábio Coentrão (59m).

... também não sabe porque perde!!!

O 5L Bisitante foi, esta quarta-feira, ao Estádio do Dragão, vencer o FC Porto por 2-0, em jogo da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal.

Um resultado justo por aquilo que o 5L Bisitante fez na primeira e por aquilo que o FC Porto deixou os encOrnados fazerem na sua casa. Os golos de Fábio Coentrão (6') e Javi Garcia (26'), ambos marcados na primeira parte, fizeram toda a diferença no esperado embate desta noite.

O 5L Bisitante entrou forte no jogo, depois de ter sido batido por 5-0 na primeira volta do campeonato, mas o FC Porto também contribuiu para a vantagem encOrnada devido à (muita) desatenção da defesa azul e branca.

O golo prematuro dos encOrnados aconteceu ao minuto 6, depois de um desentendimento entre o central Maicon e Helton, com Fábio Coentrão a aproveitar da melhor forma a "oferta" portista, inaugurando o marcador no Estádio do Dragão. Este foi o quarto golo do lateral internacional no Estádio do Dragão, com dois golos a serviço do Nacional, um pelo Rio Ave e este último com a camisola encarnada.

Em desvantagem, a equipa da casa tentou de tudo para estabelecer novamente o empate, com a ajuda de dois motores chamados Varela (no ataque) e Belluschi (no meio-campo), mas a defesa não acompanhou o crescimento portista. Ao minuto 21, Helton voltou a desentender-se, desta vez com Sapunaru, mas o capitão portista conseguir salvar na "Hora H", já com Cardozo pronto para rematar.

Aos 26 minutos, os inúmeros erros do FC Porto traduziram-se no segundo golo do 5L Bisitante, desta vez com a grande culpa para Fernando, que ofereceu o remate à entrada da grande área a Javi Garcia e o médio espanhol não falhou, rematando com força para o fundo das redes de Helton. O guardião portista não fica isento de culpas

Minutos antes do segundo golo encOrnado, o FC Porto podia ter empatado com um grande cruzamento a partir do corredor direito do Dragão, mas James falhou de forma incrível, com a baliza adversária à sua mercê.

Nos instantes finais da primeira parte, o FC Porto esteve perto de reduzir a desvantagem mas o 5L Bisitante defendeu-se bem e conseguiu sair para o intervalo a vencer por 2-0.

No segundo tempo, o 5L Bisitante, com dois golos de vantagem no bolso da eliminatória, concentrou-se mais em defender o resultado, deixando ao FC Porto as responsabilidades de ataque.

Fábio Coentrão foi expulso ao minuto 59 por acumulação de amarelos, deixando o 5L Bisitante a jogar com dez elementos. Mesmo assim, a equipa continuou muito compacta e consistente.

Com o apito final, o FC Porto sofre a sua segunda derrota no Estádio do Dragão esta época (a primeira foi com o Nacional na Taça da Liga por 2-1). Esta é a primeira vez esta temporada que os azuis-e-brancos terminam um jogo sem apontar qualquer golo.

FC Porto visita o Estádio da Luz a 19 de Abril para resolver as contas das meias-finais da Taça de Portugal, numa tarefa que se avizinha (quase) impossível.

DECLARAÇÕES NO FINAL DA PARTIDA

André Villas-Boas: «Não vamos exagerar sobre o Benfica surpreendente. Foram quatro ou cinco oportunidades e dois golos. Não vamos exacerbar. Talvez tenhamos decidido mal, na tentativa de executar rápido. - A equipa não entrou intranquila, o golo é que gerou a intranquilidade. É um golo em fase de construção. Aliais, creio que são duas perdas em fase de construção. E quando sofremos o segundo golo, estávamos perante um FC Porto em crescendo. - Não creio que esta derrota tenha grandes consequências na Liga. Não quero acreditar nelas, porque são duas competições diferentes e na outra temos uma vantagem confortável. Mas temos que continuar a transmitir uma imagem de confiança e de competência. - A superioridade numérica nem sempre é uma vantagem tão linear. A confirmá-lo está o facto de termos ganho na Turquia, por 3-1, com um jogador expulso. E, por norma, a equipa que se vê com um jogador a menos acaba por recuar e por reduzir o espaço jogável. - Não podemos penalizar muito os nossos erros colectivos. Hoje aconteceram e formos castigados por eles. - Atingir a final é uma tarefa difícil, mas não é inatingível. Como sabem, este clube ganhou duas provas europeias a resolver as eliminatórias fora da casa e está habituado a ganhar na adversidade. Até porque, quando se jogar a segunda mão, em Abril, poderemos ter alguns jogadores importantes para nós de volta.»

…: «…»

41 comentários:

  1. Não gosto nada disto, eficácia ofensiva miserável e permeabilidade defensiva... bem já há algum tempo que o gás deste Porto andava fraquinho.
    Espero que haja ainda fôlego para garantir o campeonato mas tenho a impressão que vai ser com o credo na boca.
    Enfim, melhores dias virão mas perder com estes pernetas é sempre motivo de ressaca.

    ResponderEliminar
  2. Foi pena as duas ofertas uma delas com a intervenção,uma vez mais, do Maicon e a perdida de James aos 8'.
    Importantes as ausencias de Ota e Falcao.

    Como refere o JJ, também podemos dar a volta na 2º mão.

    SAldo:10a3

    ResponderEliminar
  3. Já sei...é neste momentos que somos ou devemos ser ainda mais PORTO!!!

    Contudo...para aqueles que não hesitem em pelejar-me de criticas por ser habitual critico na hora das felizmente poucas não vitórias, continuem a bater palmas!!!

    De hoje sobram umas quantas lições para o miúdo do footbal manager...O outro dizia e o burro sou eu!!?!?

    Lição nº1: A importância de ter um avançado nº9, pode ser FALCAO ou outro, mas os mecanismos de 4x3x3 e as observâncias que a eles se aportam, não será Hulk em jogos ou com adversários de igualha semelhante que os resolve!!!!

    Lição nº2: A importância dos laterais no Futebol Moderno, com Álvaro Pereira é opera, sem ele o azarado Rafa dissimulava entre o que queria atacar e o que desequilibrava defensivamente, com Sereno entramos com 11, mas jogamos com 10, sobretudo ofensivamente que isto de adaptar centrais em jogos onde as despesas do ataque por esse flanco eram do encargo de um ingénuo "diamante" James é meio caminho para jogar só por um flanco e deixar os laterais rivais apenas concentrados nas dobras aos centrais e pivots defensivos.

    Lição nº3: O mercado de inverno nunca foi solução para males colectivos ou erros de palmatoria em inicio de epoca, mas são optimo recurso para dotar equipas consistente de armas capazes para atingir objectivos encaminhados..O ano passado o nosso reforço era o Tomaz Costa por não haver petroleo, este ano estou convencido que o melhor reforço será ter-mos 8/10/11 pontos de vantagem para o objectivo principal.

    Alguem escrevia nas redes socias que pior que perder é perder em casa e com o 5lb...eu digo pior que isso o que mais me doí é numa eliminatória a 2 mãos, não ter-mos conseguido sequer deixar a mesma em aberto para o que falta, apenas e só porque antigamente eramos de facto diferentes, mas hoje cometemos os mesmo erros do adversario..sobranceria, arrogancia e erros de palmatória todos com génese na mania de um ego superior!!!

    Esta derrota é uma fiel cópia da SuperTaça, só que em tons encarnados...1 golo cedo, incapacidade para ligar jogo e criterios na posse de bola, o FCP não fez 3/4 passes ligados a não ser em futebol de transição, manietados na pressão alta e na intensidade posta nas acções de meio campo, ataque insipido e sem rasgo, onde os centrais da luz reinaram a seu belo prazer perante o individualismo de acções azuis e brancas!!!!

    PS:Vem ai o Rio Ave e ninguem diga que é facil porque os pupilos de Carlos Brito gostam e sabem jogar a bola!!

    ResponderEliminar
  4. Bruno, assino por baixo o que escreves...
    Com 10 os bostas pareciam ter 11 ou mais...
    Por muito que teorizem, não ter um ponta de lança no jogo - ao menos no banco - é temerário, no mínimo...
    Se Walter não serve, emprestava-se e ia-se buscar uma alternativa credível.
    Hoje foi mau, os tipos jogaram bem, pressionaram, não deixaram jogar, o Porto é uma equipa que quase nunca acerta um passe.
    Ah, e não foi agora que disse isto, já o venho repetindo!!!
    A defesa de papel, não sofremos outro golo ridículo porque não calhou.
    2ª parte, cada um por si...
    Por fim, estou triste mas apesar de tudó, confio que se vai aprender com a situação e com a vinda dos imprescindíveis Falcao e Álvaro, vamos melhorar.
    E que é feito do Fucile?

    ResponderEliminar
  5. Boas,

    Infelizmente parece-me que temos um plantel desiquilibrado, sobretudo quando há lesões. Os que entram não substituem condizentemente os que saem. Depois parece-me que hoje o Vilas Boas meteu muita água na constituição da equipa. O Maicon, o Sereno, e, para mim, o Fernando não deviam ter sido titulares. Aqui deveria ter jogado o Otamendi, Fucile (mais experiente) e o Guarin de início. Aliás, este último desde que foi titular fez sempre bons jogos, pelo que não compreendo o regresso à titularidade do Fernando, apenas porque fez um bom jogo contra o Beira-Mar para a taça da liga. Faz-me lembrar os favorecimentos que já o Jesualdo tinha para com alguns jogadores. É esperar que o Álvaro Pereira e Falcao regressem em grande ao Porto e tapem algumas lacunas que o nosso plantel denota.

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Muito fraquinho como foi na generalidade dos jogos desde o último embate com o Benfica. A juntar, hoje tivemos decisões muito questionáveis do nosso treinador e uma total falta de atitude da equipa. E duas taças já lá vão. Vamos lá ver como nos damos com o Sevilha.

    ResponderEliminar
  7. F***-se para estes gajos. A equipa toda esteve mal (com excepção de um ou outro), mas este Maicon é uma desgraça. Em dois clássicos praticamente nos custou duas vitórias. Também não sei o que se passou com o Helton. Nem com o resto da equipa.

    Em defesa deles, ter Álvaro Pereira e Falcao lesionados, duas peças que têm vindo a ser fundamentais no Porto, é muito azar.

    ResponderEliminar
  8. só quem não tem vistos os jogos do fcPORTO no pós xinco-a-zêro, é que se pode surpreender com o visto hoje.

    este, foi tão só o filme já visto, desta vez, para nossa desgraça.

    faltou tudo, tudo, um zero total este fcPORTO.

    começou desde logo no banco com um AVB a mostrar-se cada vez mais parecido com Jesualdo nas opções, passou pelo relvado com uma equipa de 11 (super-)vedetas que mais não têm feito nos últimos tempos senão jogar em pezinhos de lã, acabando naquela bancada com 2 jogadores, que mereciam, no minimo, o banco.

    AVB, mesmo este (pior) Walter que se tem visto, não fez falta para uma qualquer solução de recurso, ora pra inicio (levando Hulk para o seu poiso natural), ora pra entrar numa altura de forcing, contra 11, ou até contra 10, que foi o que aconteceu? Fucile, mesmo este (pior) Fucile, não fazia melhor naquela defensiva? Maicon continua a dar abébias de fazer corar de vergonha um qualquer iniciado, mas o Otamendi é que foi pró banco, etc etc etc.

    AVB, deixa-te de merdas e não gozes com a minha inteligência!!!

    que a lição tenha sido aprendida... que tenha mesmo, porque de «mediocridade», eu, outros, muitos tantos, já começa a ser um abuso!!!

    uma já se foi, esta também já era... que para a Europa se mostre a «honra e paixão», deixando a revolta de um «orgulho ferido»para a distância interna que se espera, seja mais que suficiente, porque se for para continuar esta mediocridade, não sei não, não apostaria todas as minhas fichas.

    ahhh, tranquilos, domingo, quando chegar a hora, direi... PRESENTE!!!

    ResponderEliminar
  9. Há que dizê-lo sem qualquer tipo de assombro ou fantasma: hoje perdemos e perdemos de forma natural face àquilo que aconteceu.

    Também não há que ter, ao contrário de AVB que obviamente tinha de manter alguma diplomacia na conferência de imprensa, o mínimo problema em chamar os “bois pelos seus nomes”, apontar os erros individuais e as várias displicências ocorridas durante o jogo.

    O golo sofrido aos 5 minutos, num inacreditável desentendimento entre Maicon e Helton prova duas coisas: Maicon já demonstrou demasiada incompetência durante esta época e Helton voltou às “paragens cerebrais” muito próprias em anos anteriores. Só entendo que o brasileiro continue a ser titular, por lesão de Otamendi. Só dessa forma é que compreendo esta opção…Ou então AVB estará à espera de que Maicon erre de novo para de facto compreender aquilo que nós já todos percebemos!

    A partir daí, o FC Porto nunca se encontrou e acusou demasiado o golo. Procurou de forma atabalhoada o golo, mas nunca com grande cabeça e concentração. A partir de momento que vi James a falhar um golo de baliza aberta, rematando na atmosfera, e minutos depois o mesmo James a atirar-se para o chão na área quando podia seguir numa jogada perigosa, realmente concluí que hoje não era dia de FC Porto…

    A 2ª parte foi tão má que nem vale a pena comentar muito. Tudo feito em esforço, de forma disparatada, sem o mínimo esforço e dedicação. Provavelmente dos piores 45 minutos que o FC Porto fez esta época. Um resultado de 2-0 que complica quase de forma inultrapassável a passagem à final. No fundo, procurávamos algo que ainda ninguém tinha conseguido, ou seja, vencer 3 taças consecutivas…

    No entanto, o que mais me preocupa não é perder a Taça. Preocupa-me muito mais o campeonato e os jogos que se aproximam. Este tem de ser um momento de alerta, um momento em que alguém dentro do balneário tem de dar um BERRO e dos grandes. O FC Porto é um clube demasiado forte para se acabrunhar com uma derrota numa eliminatória da Taça.

    Agora, uma coisa é certa, há certas situações que me parecem evidentes e que AVB deverá perceber, sem enterrar a cabeça na areia e julgar-se o maior de todos. Se até Jesus com 50 e tal anos errou e errou muito no jogo dos 5-0, também agora temos de admitir que AVB, com 33 anos, errou e errou muito.

    Não percebo o porquê de com Álvaro e Emídio lesionados, Fucile não ser a opção óbvia.

    Não percebo o porquê de Walter nem sequer ter sido convocado.

    Não percebo o porquê de se insistir em Maicon. Serão precisos mais erros do brasileiro?

    Rezo para que Falcão e Álvaro Pereira recuperem rapidamente.

    Algo a não esquecer… Em 34 jogos, esta é a 2ª derrota do FC Porto. Bem sei que isto é uma grande catastrofe mundial.Alias, todas as derrotas do FC Porto são vistas como uma catastrofe mundial. E percebo porquê, porque uma catastrofe é algo que acontece raramente...
    Também sei que a partir de agora muita gente vai querer o nosso funeral antecipado. Mas também tenho a noção de que se não melhorarmos rapidamente, iremos contribuir para esse funeral.

    Agora, toca a trabalhar...

    ResponderEliminar
  10. E só mais uma coisa...Da mesma forma que o "pós 5-0" trouxe à equipa vaidade, arrogancia e excesso de confiança, espero que a merda da derrota de hoje nos traga humildade, espirito de sacrificio e a consciencia de que os jogos ganham-se: correndo, lutando e suando...

    ResponderEliminar
  11. Derrota Natural em face do futebol azul e branco apresentado!!!
    Não é a derrota que me custa a digerir, é a forma como o Discurso de AVB e outros Senhores na estrutura do FCP demonstra fragilidades, autorizando apenas a inflamação de um ego que nos tem diminuído no que concerne a futebol jogado. Longe vai a aura de futebol dominador, onde as fragilidades que sempre existem era compensadas com labor,a finco, garra e o tal sentimento de revolta no bom sentido...hoje são minutos de pousio mesmo que em jogos resolvidos, Taça da Liga foi uma amostra, Nacional e Gil Vicente amostras da inocuidade de um ataque sem 9, ou das desconstrutivas oraganizaçoes defensivas com Serenos, Kieszeck's, Rafa's e afins...depois dos 5 em Novembro, são inumeros os exemplos onde o Porto deveria ter esmagado, a 1 semana o Nacional em jornada antecipada do Campeonato ao intervalo estava vergado, com um futebol eleante mas feito de transiçoes nao de construçao...qual foi a atitude da 2ª parte...gestao, quantos mais jogos nos lembramos em que foi deixar correr o marfim a espera de auto-resoluçao das coisas...Temos de massacrar, dominar e ser autoritarios, procurar golos e mais golos...Quem reconhece as fragilidades e nao tem pejo em as apontar esta sempre mais perto de as corrigir e as ultrapassar...

    Ps: a mim não me cabe no entendimento que se diga que temos muitas soluções atacantes e depois as opções sejam as que estão à vista...e já não falo do tão propalado substitudo de Fernando que continua miseravel no capitulo do passe!!Souza, Castro e outros continuam na sombra de um Polvo que talvez tenha tentáculos ate fora do campo?!!?!?

    ResponderEliminar
  12. Concordo inteiramente com o que diz BLUEBOY e com o que diz RCBC.

    Só me apetece acrescentar isto:
    - Maicon, simplesmente horrível, desastroso. Já chega, já nos custou caro demais para sermos condescendentes. Tornou-se, para mim, a grande decepção da época. Basta! É um mistério: Otamendi está lesionado ou não?
    - Walter: se não serve para substituir o avançado titular, então por que razão está ainda no plantel?
    - Fucile: apesar de não estar no seu melhor, sempre faria mais jogo atacante que Sereno. Não é que este tenha estado mal, mas não tem, obviamente, as mesmas rotinas ofensivas que Fucile. Com Sereno sem capacidade atacante e James “encolhido”, a ala esquerda foi de uma inoperância confrangedora. Como é possível?!

    Sendo realista, para mim a eliminatória está perdida. Não nego que haja possibilidades de virarmos tudo na Luz. Mas não me parece que, com 2-0 a seu favor, os encornados se deixem ultrapassar.
    E, assim, já lá vão 2 competições…

    Apesar de tudo e SEMPRE: BIBÓ PORTO, carago!

    ResponderEliminar
  13. Tantos erros de gestão nesta altura podem pôr em casa o resto da temporada, apesar do jogo desta noite não nos ter corrido de feição , contudo, estas questões só se colocam porque a jogar contra dez , o FCP não tinha sequer, um ponta de lança para jogar lá na frente e o Incrivel Hulk não é santo mlilagreiro!
    Se calhar , o mister errou e teve neste jogo uma lição da qual não se vai esquecer, mas a duvida persiste: poupou os jogadores para os resguardar para os dificeis jogos que se avizinham , ou então foi erro de casting, mas da qual existe uma colaboração acérrima da SAD portista, isto porque, não estão a gerir bem o plantel e a prova disso é que nesta fase, e com o mercado de Inverno encerrado mais as lesões,e os emprestimos de Ukra e Castro!..apenas temos 18 jogadores de campo disponiveis!
    Alguem explica isto aos socios?

    ResponderEliminar
  14. Portista de Leiria03 fevereiro, 2011

    Hoje o Vilas Boas facilitou. O 11 inicial é para rir. Se calhar os 11 pontos de avanço estãolhe a subir a cabeça, é preciso cuidado.

    ResponderEliminar
  15. de uma coisa tou certo... não acredito, não acredito mesmo que este jogo, possa colocar em causa tudo o que de bom foi até conseguido... (era o que mais havia de faltar!!!)... mas há coisas, ene delas até já aqui elencadas que é o chamado «colocar-se a jeito», pois que, depois não se queixem.

    ps - com +1 em campo, retira o que tava ainda assim a ser o melhorzinho (Belluschi) no meio-campo, dentro da mediocridade, relembre-se, para colocar Guarin? ai se fosse o Jesualdo, ai se fosse o Jesualdo... cada qual, tire as suas ilações!

    ps2 - o pior cego é aquele que não quer ver... obviamente, tenho a firme convicção de que AVB de cego, nada tem... por isso, o apoio, pró bem ou pró mal, será para mim sempre inatacável, até ao seu último dia, goste ou não goste... desejo apenas que tenha aprendido a lição e retire rapidamente todas as ilações para o futuro que começa já amanhã!!!

    ResponderEliminar
  16. enfim realmente todos os adeptos nas vitorias ou derrotas sao todos iguais adeptos do scp slb fcp deixem se de guerrilhas e mais o ke vos une do ke vos separa

    ResponderEliminar
  17. Uma equipa completamente descaracterizada e muito longe da sua própria identidade,nervosa desde o primeiro minuto e frente a um adversário seguro e determinado só podia ter resultado nisto...não pode ser de estranhar.

    Erros todos cometem,e penso que ontem foi a vez de Villas-Boas fazer asneira...

    Dois erros capitais deitaram tudo a perder,infelizmente.Ineficácia atrás,ineficácia à frente,e não vou repetir o que já todos disseram quanto a falhas tácticas e tudo o mais.

    Acima de tudo penso que esta derrota deve servir como defenitivo e inequívoco alerta para a equipa,um banho gelado,uma sirene,um choque,whatever.
    Falhamos como não podíamos falhar e agora há que dar uma boa resposta,começando,desde logo,por corrigir os (muitos) erros que cometemos nesta partida.
    Vamos respirar fundo,haja frieza...
    Que a equipa se revolte e mostre já no próximo jogo que não esqueceu tudo aquilo que de bom já fez esta época.

    Quanto a nós,é hora de criticarmos,sim,mas de forma racional e sustentada,não de disparar contra tudo e todos e prever o fim do mundo: IT'S NOT GONNA HAPPEN,SORRY!
    Esta equipa merece algum crédito e confiança.Depois de desabafarmos e lamentarmos as falhas,vamos levantar a cabeça(passe a frase feita) e seguir em frente,como grande clube que somos.

    ResponderEliminar
  18. Faltou tudo

    E perdemos justamente.
    Quando se tem uma defesa, guarda-redes incluído, de papel, um meio-campo trapalhão, disperso, mal organizado, lento a pensar e a executar - salvou-se Moutinho - e um ataque inexistente, é óbvio que não se pode ganhar. Se a isso tudo juntarmos a oferta de dois golos, então, é derrota pela certa. Foi isto, mais coisa menos coisa, o que aconteceu esta noite no Dragão, embora e no que diz respeito, principalmente aos centrais, nada do que aconteceu esta noite se possa considerar uma surpresa: já tinha dito e por várias vezes, que os nossos jogadores do centro da defesa, quando pressionados, parecem baratas tontas e até fui mais longe, aconselhei-os, sobre pressão, a mandarem para a bancada.

    Mas foi só isso, há mais e é preciso dizê-lo, que foi uma noite de opções muito discutíveis e não me refiro â opção de Sereno a lateral-esquerdo. Não, não foi por aí que o gato foi às filhoses, mas a Walter, único avançado-centro, nem no banco ter estado, o que levou à entrada de dois médios e refiro-me também ao facto de, mesmo a perdermos por dois a zero, termos mantido os quatro defesas por demasiado tempo, sabendo-se que quer Sereno, porque não é lateral e muito menos esquerdino e Sapunaru porque não tem essas características, não serem capazes de dar profundidade. Porquê André, que medos te tolheram as ideias? Perdido por dois, perdido por três! Porque não arriscar, pelo menos a partir do momento que o clube do regime ficou a jogar com dez, numa solução de três defesas: Sapunaru, Rolando e Maicon, depois Fernando, com Micael, Guarín e Moutinho, no apoio a Varela na direita, Hulk no meio e C.Rodríguez na esquerda? Não digo isto agora, disse-o no estádio e a partir do momento que Coentrão foi expulso.

    Enfim, faltou tudo, nesta noite para lembrar e não repetir.

    Não vou fazer análises individuais. Tinha de ser contundente com alguns e não quero. Prefiro dzier que o que não tem remédio, a pobre exibição, remediado está e o meu pensamento já está virado para o campeonato. Aí, espero que o F.C.Porto, como grande equipa que é - não é uma derrota que apaga tudo o que de bom foi feito até aqui -, não se deixe afectar e já no domingo dê uma resposta à altura das circunstâncias.

    Notas finais: teoricamente estamos fora do Jamor... Mas, como a segunda-mão é só daqui a mais de setenta dias, muita água ainda vai passar por baixo das pontes...
    Quando se joga tão mal, mesmo que tenhamos razões de queixa do árbitro, não devemos ir por esse caminho.

    Nós não somos calimeros, muito menos pobres de espírito como os adeptos dos vermelhos e a pior coisa que podiamos fazer era agarrar-nos a desculpas esfarrapadas. Mas faço uma pergunta: só os jogadores do F.C.Porto que vão festejar junto e agarrados aos adeptos, é que levam cartão amarelo?
    Perdemos bem e ponto final!

    PS - Hoje, no fim do jogo, os adeptos do F.C.Porto deram uma grande lição a todos, alguns responsáveis portistas, incluídos, ao aplaudirem a sua equipa, que tinha perdido em casa e frente ao inimigo principal.
    No domingo lá estaremos para festejarmos o regresso às vitórias e a continuidade no caminho que nos levará à conquista do principal objectivo da época, o campeonato, agora designado de Liga Zon Sagres.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  19. Eu também estou completamente de acordo com o Blue Boy e o RCBC.

    A partir dos 5-0 ao Benfica no campeonato, dá-me a sensação, de que com 11 pontos de avanços para o campeonato, a equipa já interiorizou que o título já não nos escapa. O que o Blue Boy disse sobre os jogos pró 5-0 é totalmente verdade. Viu-se a tremedeira no Porto-Setúbal, em alguns da Taça da Liga, temos ganho jogos mas não convencendo de modo algum, com excepção do jogo com o Nacional e uma parte do Marítimo.

    Relativamente ao jogo de ontem, eu também acho que ele montou mal a equipa, mas não creio que o principal erro tenha sido a defesa, foi sim o meio campo. Sabendo das lesões de Álvaro e Emídio, que muita falta fizeram ontem, julgo que o melhor era por Fucile, não pela forma, mas pela experiência. Sereno não esteve mal, mas Maicon foi um desastre completo, e não me surpreendeu. Eu não me esqueço do Porto-Olhanense do ano passado.

    Quanto ao meio campo foi um desastre. Fernando é muito lento a organizar jogo, preferia Guarin por ser mais rápido e mais possante fisicamente, Moutinho bem tentou remar contra a maré, e Belushi teve completamente apagado do jogo.

    No ataque, perdemos claramente dinâmica e folgor, porque Hulk a ponta de lança não é a solução, não rende. Walter seria uma boa opção, Hulk desequilibrava nas alas.

    Como diz o RCBC, é preciso que alguém dê um BERRO nos balneários, para ver se alguém os acorda. Já está na hora.

    Para mim, em princípio,
    Até Sábado!

    ResponderEliminar
  20. Lembro 2002/03 e uma derrota a q tb assisti com o panathinaikos. Mourinho disse q ainda estava a meio da eliminatória e fomos mesmo ganhar à Grécia.


    Por isso, nunca desistir. Vamos ver quem chega à final. Eu ainda não desisti.

    E agora, Rio Ave é o q interessa.


    E, CLARO, para alguns está sempre TUDO MAL. É só incompetência. O Normal nestas alturas.

    ResponderEliminar
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  22. CALMA...MUITA CALMA!!!

    Perdemos, mas o futebol é isto mesmo.

    Mas, se há responsáveis nas vitórias, também tem que haver nas derrotas.

    Ontem, André Villas Boas foi o grande responsável pela derrota, com uma série de equívocos, desatenções e passividade nas opções. Logo ele que tem estado sempre num nível tão elevado, essencialmente a motivar a equipa.

    Começo por aí: a equipa pareceu pouco motivada, pouco concentrada, com ideias pouco claras daquilo que tinha que fazer, dando mostras de uma sobranceria despropositada.

    Os equívocos prosseguiram no 11 e até nos 18: SERENO a defesa esquerdo (coitado do rapaz que não comprometeu a defender, mas a atacar chegou a ser confrangedor) quando Fucile está muito mais rotinado nessa posição e com outra agressividade. Se o treinador não conta com ele, então que seja despachado. Mas esta opção soou-me a recado para alguém, como que a mostrar que não tinha soluções para aquele lugar.
    MAICON no lugar de Otamendi, porquê? O argentino tem sido sempre dos melhores, e se estava limitado não poderia ir para o banco. Maicon mostrou-se mais uma vez duro de rins, pouco expedito a libertar-se da bola tal como em Alvalade, tendo um papel ridículo no 1.º golo.
    WALTER é um jogador com quem não simpatizo. Mas se nem na ausência de Falcao é digno de ir para o banco, então o que está cá a fazer??? Não houve Janeiro para se contratar uma solução??? Não levar avançados para o banco, nem no distrital.

    O treinador mostrou-se pouco concentrado no jogo. E porquê?
    Nas 3 primeiras saídas para o ataque da nossa equipa com a construção a iniciar-se nos centrais, saiu sempre asneira porque a linha de pressão do adversário era muito alta. Á 4.ª saída para o ataque, deu golo!
    Pergunto: depois da 2.ª saída para o ataque nestas condições, em que estava a pensar AVB para instruir a sua equipa a não insistir na construção naquela zona do terreno??? Foi golo e começou a cair o castelo.

    Muita passividade nas opções.
    a jogar contra 10 e em casa, a perder 2-0, AVB demorou quase 20m para tirar Sereno. Incrível!
    A 10m do fim, num canto contra nós em que o 5lb colocou 3 homens na nossa área, eu vi-o chamar Hulk para recuar. Resultado: ninguém ficou na frente. Enfim, ao pior nível de Jesualdo.

    Ainda assim, domingo lá estarei para apoiar o meu Porto, pois os jogadores passam, os treinadores e dirigentes também, mas nós continuamos cá, a sofrer com as derrotas, a dormir mal quando as coisas não correm bem, a ficarmos arrepiados a ouvir o hino, a ficar sem voz por gritarmos pelo nosso amor.
    Talvez por alguns jogadores não terem estes sentimentos, é que vimos Belluschi a devolver uma bola á passagem dos 25m, após corte providencial de Luisão para evitar que Varela se isola-se.
    ASSIM NÃO!!!!!

    PORTO, AMO-TE MUITO

    ResponderEliminar
  23. Bom dia,

    Ontem foi mesmo dia de Ofertório de Villas-Boas e dos nossos Jogadores a Jesus ...

    O Benfica pressionou e lutou para vencer, e teve a felicidade do jogo, pois Varela e James falharam 2 golos na primeira parte de forma inacreditável.

    O Benfica entrou melhor tacticamente no jogo, e com uma pressão sobre a nossa linha defensiva, e sobre Fernando, levou a que a ocorressem erros que permitiram chegar aos 2 golos.
    Foram anormais os constantes atrasos de bola dos defesas a Helton.
    Notou-se nitidamente a falta de um ponta de lança, para a determinada altura do jogo encostar Hulk à linha, para esconde-lo à marcação.

    Hulk só em remates de longe e pequenas jogadas de entendimento criou perigo. Foi bem marcado pelos 2 centrais do Benfica.

    Destaque para a nossa ala direita. Sapunaru e Varela estiveram muito bem no jogo, e foi por essa ala que criamos as melhores oportunidades.

    Maicon esteve péssimo, não compreendo a titularidade em detrimento de Otamendi, que estava a afirmar-se na equipa.

    Paulo Baptista, fez uma arbitragem ao seu nível ... péssima, mas sem qualquer influência na justiça da vitória do Benfica.

    Nos festejos de Coentrão junto dos adeptos, esqueceu-se de lhe mostrar o amarelo. Júlio César perdeu imenso tempo nas reposições de bola, e devia ter levado amarelo ainda na primeira parte.
    Depois mostrou imensos amarelos a atletas do Benfica e Porto injustificados, e Javi Garcia que deu porrada de criar bicho terminou o jogo, e Cardozo que deu mais uma cotovelada, não foi expulso.
    Foi uma sinfonia do apito, que travou muitas vezes o ritmo do jogo.

    O Benfica tem a gaiola e o pássaro na mão ... resta-nos "acraditar" e na Luz roubar o pássaro.

    Abraço

    Paulo

    http://pronunciadodragao.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  24. Bom dia ... de bom não tem nada, sobre o jogo de ontem o comentario é breve ... acho que devem tirar as devidas ilações para que não se volte a repetir.
    E irmos lá dar 3 na 2ª mão ... bola para a frente.

    Um abraço

    http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  25. Derrota merecida pela falta de organização, lentidão, falta de dinâmica, displicência, deserto de ideias e ineficácia.

    Foi penoso ver tantas falhas comprometedoras e de palmatória. Vulgaridade absoluta frente a um adversário fraco, que se limitou a pressionar alto e tirar proveito dos sucessivos erros adversários.

    O FC Porto demonstrou estar a atravessar um período periclitante, não conseguindo disfarçar as faltas de Álvaro Pereira e Falcao.

    A eliminatória ficou praticamente decidida.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  26. Numa coisa penso estarmos todos de acordo: este jogo tem que ser visto como um sinal de alarme, como um ponto de viragem de alguns acontecimentos negativos que se vêm sucedendo.

    Ainda estamos a tempo de corrigir os erros e asneiras cometidas nos últimos tempos. Eu quero acreditar que AVB, tal como o seu treinador adversário de ontem o fez depois de ter sido goleado por 5-0, irá aprender com os erros e corrigi-los o mais depressa possível. Ele não poderá colocar a cabeça na areia como se nada se tivesse passado. Eu até compreendi o seu discurso diplomático na conferência de imprensa, mas caramba, há situações por demais evidentes a todos.

    De uma vez por todas, há que perceber se os muitos erros infantis de Maicon irão continuar, sem que o jogador seja punido com a perda de titularidade como por exemplo acontece tantas vezes com Fucile.

    De uma vez por todas, há que perceber o porquê de Otamendi estar no banco ou então de Walter nem sequer entrar nas opções.

    PS: Independentemente de tudo isto, há algo que também está a ser empolado... Tudo bem, acho que perdemos justamente e tal, mas pelo amor de Deus, não foi um jogo de domínio total do benfica, nem pouco mais ou menos....os 2 golos surgem, é verdade, de dois erros muito infantis e consentidos da nossa defesa...E na 1ª parte o James falhou um golo de baliza aberta, para além de alguns falhanços...A 2ª parte é certo foi uma desgraça...Agora, dizer que fomos massacrados, isto não fomos, ganhou o mais eficaz...

    ResponderEliminar
  27. Além disso, é também bom que as pessoas não se esqueçam de uma coisa: este foi o 3º encontro entre as duas equipas e o score neste momento é de 7-2 a favor do FC Porto...A ver vamos nos proximos jogos o que irá acontecer...Com a certeza de que convem acabar com os excessos de vaidade, arrogancia ou excesso de confiança...

    Devemos encarar esta situação como por exemplo o que aconteceu no torneio de Paris e nos catapultou para um excelente início de época...

    Agora, acho também demasiado injusto ressaltar-se só os defeitos e os problemas de carencia deste plantel...Agora é tudo muito mau...E sendo um pouco contra-corrente, é injusto nos esquecermos de grandes vitórias que já tivemos esta época...

    ResponderEliminar
  28. Gostava de acrescentar duas coisas ao vosso debate:

    1. A questão da intranquilidade apos o primeiro golo. Não deixo de achar estranho que uma equipa que tem feito uma época quase perfeita, como tem sido esta do FC Porto, se deixe afectar tanto por um golo sofrido aos 6 minutos duma eliminatoria a duas mãos. Alguns falaram aqui de excesso de confiança. Sim talvez... antes do golo porque depois a insegurança foi gritante cada vez (poucas certo) que o Benfica chegava à defesa do FC Porto.

    2. O Hulk. Penso que exigiu muito dele mesmo. Por vezes tive a impressão de estar a ver um Hulk "ronaldizado", a querer resolver tudo sozinho. Um dos aspectos do seu jogo onde ele evoluiu mais nos ultimos dois anos foi precisamente o jogo em equipa mas ontem esse jogo foi inexistente! Lembro-me especialmente de um lance onde ele conseguiu entrar na area pela direita e quis forçar o um contra um para ir à linha, quando tinha dois jogadores (Moutinho e Guarin se não me engano) completamente sozinhos à entrada da area e sem ninguém a cortar a linha de passe. Não esqueço contudo que a grande oportunidade de golo do FC Porto resulta precisamente de um remate seu.

    Mas pronto, desde Novembro que andava um pouco enjoado, mas agora ja estou melhor. Certo, em Novembro comi demasiado, mas a verdade é que os portistas ontem não foram para casa com fome! Foi o que se pôde arranjar ^^

    Saudações gloriosas!

    ResponderEliminar
  29. A tristeza que me vai na alma é muita e se pudesse dizer alguma coisa especialmente a André Villas-Boas, Rolando, Maicon Helton e Fernando não deixaria de apontar para os erros absurdos e disparatados e que no caso dos centrais mas também no caso do treinador se têm vindo a repetir de uma forma grosseira e inaceitável. E se no caso dos centrais estes podem ser substituídos, já no do treinador esperamos que ele desça à terra e regresse ao papel de orientador rapidamente pois os erros que tem cometido começam a acumular-se.

    Depois de ter dado voz (escrita) a esta grande tristeza resta-me apelar a todos os portistas para que no domingo estejam no Dragão e apoiem a equipa, sem assobiar. Eu lá estarei.

    PORTO SEMPRE!

    ResponderEliminar
  30. Amigos, calma, que antes contra o Benfas na Taça a duas mãos, que contra o Sevilha na Uefa!
    Mais tarde ou mais cedo teria de vir e já estávamos todos à espera. Foi chato por ser contra o homem da chicla, mas não foi nada de especial, e toda a gente concorda que o Porto ofereceu a vitória ao Benfas, e não foi o Benfas que foi esmagador. Não existe esse crescendo do Benfas, existe alguma inocência na gestão do plantel por parte do nosso mister & sad...
    Então, aguardemos que a lição tenha servido e que daqui em diante se escreva direito. - Foi uma opção ter o Palito em Novembro e não o ter em Janeiro, e talvez tenha sido a melhor ideia; vamos para a frente e vamos ver.
    Até lá, fé e confiança, e uma rezinha para que Falcao e Álvaro voltem em breve e cheios de força. Que nos fazem muita falta.
    PS: O Varela está cá de novo!...

    ResponderEliminar
  31. Segundo as capas dos jornais de Lisboa, o Porto levou um banho de bola, falam em lição de Jesus etc...
    Devem ter visto outro jogo, porque fora os golos oferecidos, apenas tiveram uma oportunidade de golo defendida pelo helton !
    Primeira página do record: autocarro apedrejado á saída do Porto!
    Ora cá está uma noticia a preceito para mouro ler.
    Uma pedra atirada nos carvalhos dá direito a uma primeira página , então que dizer das centenas de pedras arremessadas dos viadutos em plena capital depois da final da ultima taça?
    Temos direito á indignação por mais uma desinformação cujo objectivo é, incendiar a opiniao publica!

    ResponderEliminar
  32. Xii patrão que andamos todos pior que estragados! Quem vai reler a caixinha de comentários dos 5-0 e da vitória na supertaça encontra alguns contrastes engraçados!

    Mas co alguns por aí já disseram (e bem) esta equipa do Fcp está uma reles imitação chinesa desses 2 jogos. E porquê? Xii tanto pano para mangas, mas muito do pano já foi mostrado pelos comentadores anteriores. Espimidinho, esprimidinho, só me sai "excesso de confiança e/ou vedetismo" misturado com uma grande dose de erros capitais, a saber: 9 precisa-se, e Water não o é, ou não o querem; com laterais de raíz não se fazem adaptações, capitulo básico das regras de treinador; contra 10, em casa, a perder por 0-2, não se troca MC por MC; entre um ou outro porMAIOR.

    Atenuantes: golos sofridos mto cedo, o que lhes retirou lucidez, então o segundo foi completamente contra-corrente; se aquela bolinha roliça que o james enjeitou, entrasse...

    Ilações: que o AVB reuna as tropas e lhes explique que não vai ser por perderem uma batalha que irão perder a guerra, que o oposto tb se aplica, e que no Fcp não há tiques de vedetismo ou convencimentos descabidos sem nada ainda conquistado; que o pprio AVB reflicta sobre as opções tomadas para este jogo e que reformule o bloco de notas.

    Uma nota, era taça, Beto devia ter sido titular, nada contra Helton, que até nos salvou do terceiro, mas acho que as regras da motivação funcionam assim.

    De resto, confiança na equipa e em quem nela comanda.

    Saudações

    ResponderEliminar
  33. " No se preocupen no falte al partido por lesion, simplemente el DT considera que no soy la mejor opcion como titular o suplente para ganarle a Benfica por lo cual fui excluido del plantel. Es simplemente una decision tecnica basada en la experiencia y conocimiento a los efectos de lograr la victoria que es lo que todos queremos... _"
    Tirado do Facebook de Jorge Fucile e dito pelo proprio!

    Está tudo dito e vem de encontro ao meu comentário!!

    ResponderEliminar
  34. Lucho,quando terminou a partida olhei para o Jesus e veio-me à memória a festa do treinador do Panatinaikos no fim desse jogo na época 2002/2003.

    Eu também ainda não desisti dia 20 de Abril já haverá Palito e Falcao e uma enorme vontade de dar a volta a isto e de eliminar os encornados na sua própria casa!

    Não tivemos bem é verdade mas os vermelhos também não me convenceram,na parte final a perder tempo pareciam uma equipa dos escalões inferiores a ganhar no Dragão.

    Eu acredito!

    Força Grande Porto!

    Abraço

    ResponderEliminar
  35. Estou triste e ainda não sei o que dizer acerca do que se passou ontem!

    FORÇA MÁGICO PORTO, estarei SEMPRE CONTIGO!

    ResponderEliminar
  36. Um apontamento aparte. Alguém conhece este blog infiltrado http://souportistacomorgulho.blogspot.com/ ?

    Já acompanho o blog há mais de 2 anos no google reader, portanto faço uma moderada ideia do que estou a falar. Volta e meia o autor lá se descose e nota-se nitidamente o vermelho por baixo do aparato. Segundo percebo, há uma associação qualquer ao Colectivo Abrantes (há um link para o blog Câmara Corporativa em todos os posts, blog anónimo de assessores do Governo, conhecido na blogosfera por fazer, sob a capa do anonimato, o trabalho sujo e indelicado que o Governo e PS não querem fazer) portanto já se está a ver a estirpe destes merdas.

    O blog faz ponto de honra de tentar minar toda e qualquer doutrina mainstream, digamos assim, do FC Porto, fazendo-se passar por um adepto que não vai com a manada enquanto se desfaz em críticas e ridículos a tudo quanto é jogador, treinador, director, responsável ou projecto do FC Porto. É relativamente frequente, a título de exemplo, ridicularizar os posts "Labaredas" no site do FC Porto e referir-se a eles como fogachos. O presidente e treinador do Porto são quase sempre ridicularizados nos posts, os jogadores mais mediáticos reduzidos, as arbitragens em nosso prejuízo menorizadas,.. isto é praticamente certo em todos os posts. Quando há um post mais abonatório, se repararem, há sempre uma referência súbtil de mouro aziado a qualquer coisa para cortar na moral.

    Fora isso, é o assessor mouro normal, muito pouco para fazer, tem tempo para transcrever todas as crónicas do MST, FJV e Álvaro Magalhães para tentar manter a capa, tem tabelas para tudo, estatísticas até meter nojo e pronto. Mas para quem acompanha a página há muito tempo (e o próprio autor já fez referência ao receber vários mails a acusá-lo de ser infiltrado, portanto não fui o único a reparar), não engana.

    A minha proposta é que os blogs que têm um link para a página deste(s) retardado(s), que nem comentários permite (já o Câmara Corporativa também os selecciona antes de publicar, o que é muito raro em blogs do género) o retirem logo que possam ou em alternativa o movam para uma secção aparte - pá sugestão top of mind "Encornados em Crise Existencial", "Milhafres Confusos" não sei.. isto para que os adeptos tenham noção do que ali se passa e se corte o fluxo lá.

    Muito obrigado.

    ResponderEliminar
  37. pedro trindade03 fevereiro, 2011

    1-3 e jamor a dia 22 de maio é certinho!!!!!

    ResponderEliminar
  38. Custou? claro que custou. custa perder com o maior rival.
    Nao há equipas invenciveis, para sabermos ganhar é preciso sabermos perder. e o que é unanime é que foi um resultado justo. (ponto)
    nao vale a pena a conversa dos "ses", nao leva a lado nenhum.
    sinceramente a mim custa-me mais ver os milhares que começam a sair a 15(!!!) minutos do fim.
    Parabéns aos que la estao sempre, nas vitorias como nas derrotas. porque para mim isso sim é o FCPORTO. O PORTO somos nós!!!
    Ontem levei um murro em seco no estomago, mas fui dos ultimos a sair do estádio. digeri o que tinha a digerir naqueles minutos. A minha forma de estar é a apoiar. IRREDUTIVELMENTE!!!!!! Respeito a opinião de todos os portistas, porque nao sou mais nem menos portista do que vos todos que aqui escrevem. Mas que me dá mais gozo na hora da vitoria, la isso dá!!!
    HONRA a todos os que lá estao em todos os jogos, e independentemente do resultado, ao intervalo estao roucos!
    HONRA AOS ULTIMOS ADEPTOS!!!!!!!

    Por Ultimo, e porque é de adeptos que falo, estou lá no domingo nos sítios de sempre antes e durante o jogo, para ver quem aparece! É um dos jogos mais importantes desta época!

    Abraço,
    Rodrigo

    ResponderEliminar
  39. Amigo Rodrigo, sabes muito bem que esse é o sentimento que partilho!

    Domingo às 16horas estou no sítio do costume!

    Abraço

    ResponderEliminar
  40. Como nota final de toda esta discussão: e que tal se no Domingo o estádio do Dragão enchesse, apoiando a equipa e demonstrando que os adeptos estão com os jogadores e equipa tecnica independentemente deste ultimo mau resultado?

    Estou certo de que se isso acontecesse, os adeptos ganhariam uma equipa definitivamente rumo ao título!

    Vamos apoiar um clube que já nos deu tantas e tantas alegrias nos ultimos anos!

    Nos momentos das derrotas eu sei que é mais dificil apoiar, mas acho que um grande apoio neste momento seria uma prova de imensa confiança com impacto positivo nos jogadores...

    ResponderEliminar
  41. RCBC, também para mim é nestas alturas que se deve apoiar a equipa!

    E no domingo lá estarei para dar todo o meu apoio!


    BIBÓ PORTO

    ResponderEliminar