30 junho, 2008

Estupidez

Na sua senda de anormalidades e estupidezes, próprias de quem não tem nada na cabeça, o parvalhão francês que preside à UEFA voltou à carga com a sua habitual imbecilidade.

Então não é que este burro francês veio dizer que a inclusão do FC Porto na Liga dos Campeões não lhe satisfazia. De facto, desde que vi um porco (não, não é o Michel) a andar de bicicleta, que acredito em tudo: Um presidente de uma instituição que organiza uma competição, a emitir um juízo de valor (sim, é de valor, não de facto) sobre uma das equipas que vai participar nessa mesma competição é, no mínimo, revelador que a inteligência não é o forte desse anormal. Que elementos é que esse idiota tem para acusar o FC Porto do que quer que seja? Ah, pois, vamos a alguns dos possíveis:

- Um processo judicial que decorre nos tribunais civis à 4 anos e que ainda não conseguiu provar nada;
- Duas acusações em dois jogos que o FC Porto nada tinha a ganhar nem a perder, frente a equipas do fundo da tabela, e que constituem os únicos jogos em que recai a suspeita de “tentativa de eventualmente corromper o árbitro”; ou
- Uma acusação baseada em coisas tão estúpidas, quanto alguns clubes que querem chegar a certas competições via secretaria.

Bem, acho que já chega de falar em excremento, apenas quero partilhar convosco um pequeno receio que começo a ter: à semelhança do que já aconteceu noutras alturas, temo bem que o FC Porto seja muito prejudicado pelas arbitragens na próxima edição da Liga dos Campeões. Basta olhar para o que aconteceu neste Europeu para se perceber que as arbitragens na Europa não são melhores que em Portugal. Com isto é que o francês se deveria preocupar, mas não, está é preocupado com o FC Porto e a sua participação na Liga dos Campeões!! É caso para se dizer, se a estupidez pagasse imposto, este francês estava desgraçado…

O FC Porto venceu, muito naturalmente, a 7ª edição consecutiva do campeonato nacional de Hóquei em Patins. Uma série histórica que destaca o trabalho realizado por Franklim Pais e pelos seus pupilos, bem como todos os dirigentes responsáveis por esta secção. Sem esquecer, claro, o trabalho desenvolvido pelo MELHOR presidente de todos os tempos de um clube de futebol: Jorge Nuno Pinto da Costa. Sem dúvida, o grande impulsionador da força que o FC Porto demonstra década após década.

Terminou ontem o Euro-2008. Comparativamente ao que tinha acontecido há quatro anos atrás em Portugal, a qualidade futebolística melhorou consideravelmente, e o vencedor foi uma selecção que jogou para ganhar, não apenas no erro do adversário, ganhou por isso o futebol positivo. Do que vi desta competição, uma das selecções que mais me impressionou foi a Rússia: excelentes jogadores, boa organização, óptimo treinador e disponibilidade física impressionante. A este propósito, uma reflexão ocorreu-me: ao longo dos anos o FC Porto tem apostado fortemente nos mercados brasileiro e argentino, essencialmente devido a razões financeiras. Nuns casos (Lisandro, Lucho, Anderson, etc) com sucesso, noutros nem por isso. Que tal pensar noutros mercados, tipo, por exemplo, o russo? Até porque umas das últimas apostas nesse mercado, foi Alenitchev, que tantas alegrias nos deu, não se lembram?

22 comentários:

  1. Nem mais,O platini devia era dedicar-se talvez ao Hoquei e saír de patins da UEFA.

    Outra coisa.Alguém me sabe informar como é que se faz para por exemplo colocar um fundo de côr num texto que não é nosso e que por tal motivo pretendemos sublinhar...!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Quanto à besta do michel "maçon" platinado e às suas asneiras, erros e ridicularias falantes, não perco tempo. A SAD do FCPORTO certamente que estará atenta a estes jogos de bastidores nojentos e acautelará as posições do Clube... apesar de gostar de sentir mais e melhor visibilidade comunicacional.

    Entretanto, fui a convite de pessoa amiga, passar o fim de semana ao Alentejo. No sábado apercebi-me, em cima das 17h00 que ia começar a "Final 4" da Taça de Portugal de Hoquei Patins, em Aljustel. Apanhado desprevenido, vesti uma t-shirt que por acaso levara (uma célebre azul "Che-Mourinho" dos tempos do Chelsea) e toca a propor uma mudança de planos para o resto do dia. Como estava a pouco mais de 20 Km, foi voar planície fora com a pessoa anfitriã, e lá chegámos a tempo de ver quase todo o jogo do FCP-HB(só perdemos os primeiros 12 minutos). Os 5-4, em golo dourado, foram algo sofridos (estivemos a perder 1-3), mas a equipa arreganhou-se como o Reinaldo Ventura a reentrar no jogo e a dar o exemplo da vontade para a reviravolta. Mas todos estiveram bem, desde o Filipe Santos, sempre muito metódico na condução da bola, ao relevante Pedro Moreira. Valeu a pena apanhar aquela "sauna" num pavilhão quente, quente, como os cerca de 40 graus de temperatura ambiente.
    Como curiosidade, refiro que na jogada que antecedeu o empate do HBarcelos a 4-4, houve um "5-3"; a bola entrou como um foguete e bateu algures na travessa horizontal inferior paralela à linha de baliza e saiu caprichosamente à mesma velocidade, mas poucos viram. Eu e quem me acompanhava vimos, assim como pelo menos 3 ou 4 adeptos do Braga que também o confirmaram, porque estavamos na segunda e terceira filas, mesmo no enfiamento da baliza do Barcelos. Braga que jogaria a seguir e haveria de vencer o Alenquer por 5-3. Quanto ao "caso", felizmente o "golo que não chegou a ser" não foi relevante, porque no prolongamento lá fizemos o golo dourado...
    Após o jogo e enquanto não começava o H.Braga-Alenquer para apurar o outro finalista, os atletas do FCPORTO fizeram ligeiras corridas e exercícios de descompressão no corredor que separava as bancadas da "parede" do rectãngulo do ringue.
    Ne notar que o HBarcelos levou uma claque aguerrida em contraste com a ausência portisita. Hoje, porém, já havia uma claque dos SD com cerca de 20 "militantes" e com muita garra, bombo e tudo.
    Sim, hoje, domingo, (ontem, quando escrevo o comentário) programei o regresso a Lisboa, de modo a chegar a Aljustrel a tempo e horas para comprar um cachecol e ver a final, que vencemos por conclusivos 5-1. Com 1-0 ao intervalo, o FCP fez sobretudo uma magnífica 2ª parte (na primeira falhámos duas grandes penalidades por RV), apesar do H.Braga ter empatado num remate quase impossível e com pouco ângulo, mas muito violento, que Edo não conseguiu deter. Mas o jogo esteve sempre controlado e se mais não marcámos foi por alguma infelicidade e porque o guarda-redes do Braga defendeu quase tudo o que era defensável, para lá das já referidas grandes penalidades.
    O calor era demais. Basta dizer que por volta das 18h30 quando liguei o carro para arrancar, a temperatura marcava 35 graus. Maravilhoso ar condicionado...
    No final, foi lindo ver a festa e os agradecimentos dos atletas portistas aos adeptos, nomeadamente no topo onde estava a já referida claque. E assim aconteceu mais uma TAÇA ganha pelo FCPORTO com uma EQUIPA que, de facto, não se cansa de GANHAR. E para felicidade minha, um pouco por acaso, também lá estive, porque gosto da modalidade, porque era imperdível ver o meu FCPORTO e, já agora, se mais não houvesse, porque o LUCHO que tanto e bem escreve sobre as Modalidades merecia que lá fosse apoiar a NOSSA EQUIPA.
    Uma última referência para realçar que, apesar do tempo de férias para muitos e dos apelos para outras idas, além do calor intenso e consequentemente das condições pouco confortáveis para a assistência em pleno coração alentejano, embora na simpática e calma Aljustrel, estiveram em cada dia cerca de 500 pessoas a vibrar com os jogos da "Final 4" da Taça.

    ResponderEliminar
  3. Mais uma saudação aos Hoquei.... Mas nunca é demais, não estive em Aljustrel mas vi na TV.
    Quanto ao mercado futebolistico sempre disse que era importante o mercado europeu, talvez de leste por razões económicas,só teriamos a ganhar.São competitivos, fortes e bons de bola. Lembram-se de Kostadinov, por exemplo???
    Os Russos é que é mais complicado pois estão a pagar muito bem...
    Mas o Arshavin vinha a calhar...

    ResponderEliminar
  4. Ficamos com a sensação que SAD está à espera que chegue o momento certo. Ou talvez, nem isso.

    O problema é que somos nós, adeptos, que acabamos por sofrer com isto tudo.

    Somos nós que gostamos do clube a troco de coisa nenhuma. Gostamos porque é nosso.

    O silêncio já existe desde começou essa história do apito dourado, pontuado por um ou outro comunicado e uma ou outra entrevista do presidente.

    Dir-se-á que é uma estratégia da SAD. Mas essa estratégia não impediu o facto de sermos condenados pela comissão de disciplina. Não impediu que a nossa entrada na Liga dos Campeões tivesse sido posta em causa.

    No fim, poderemos ser ilibados de tudo mas já ninguém nos tira tudo aquilo já sofremos pelos ataques ao nosso clube. Já ninguém nos tira (a nós, adeptos) a sensação que andámos anos a lutar sozinhos com armas desiguais porque a quem competia fazê-lo... não o fez.

    Somos nós, os adeptos, que estamos a pagar um preço bem alto por algo de que não temos responsabilidade.

    É preciso paciência, dirão alguns. Mas paciência tem limites e estes já foram ultrapassados há muito tempo.

    Não está na nossa filosofia de vida, sermos sacos de pancada de ninguém.

    ResponderEliminar
  5. o nosso GRANDE PRESIDENTE absolvido no caso da fruta!
    carolina vai responder em tribunal!
    noticia rtp!
    e agr quem e corrupto?
    vamos mas e informar a uefa da decisao e acabar com esta palhacada toda!
    e os nossos 6 pontos? comecamos po ano com mais 6 pontos e?

    ResponderEliminar
  6. http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Policia/Interior.aspx?content_id=963078

    Carolina Salgada foi esta segunda-feira acusada de prestar falsas declarações, no âmbito do processo Apito Dourado. O processo relativo ao jogo FC Porto-Estrela da Amadora foi arquivado.

    O tribunal considerou que, ao contrário do que tinha declarado, Carolina Salgado não estava ao lado de Pinto da Costa quando este recebeu o telefonema do empresário António Araújo para combinar o encontro de árbitros com prostitutas.

    O juíz do processo, após análise das escutas, concluiu que a ex-companheira do presidente do FC Porto mentiu porque, à hora do telefonema, não poderia estar ao lado de Pinto da Costa. O telefonema foi recebido à 13h00 e Carolina estaria, a essa hora, no cabeleireiro. Pinto da Costa estava a almoçar no restaurante D. Manuel.

    Carolina Salgado pode incorrer numa pena até cinco anos de prisão.

    tanta merda... essa puta com segurança privada e agr? vai continuar a te-la nao?

    ResponderEliminar
  7. ESP K O PORTO SEJA COMIDO NA EUROPA LOGO Á SAIDA,SE LÁ FOREM SEQUER....

    ResponderEliminar
  8. como dizia ontem, vamos deixar que todas as decisões sejam conhecidas, ......mas a coisa começa a compôr-se.. espero é que o Juíz mande saber que lhe pagou a ela para mentir

    abraço

    ResponderEliminar
  9. UEFA autoriza Steaua na Champions
    DECISÃO NA ROMÉNIA SEM CARÁCTER DEFINITIVO

    «A UEFA autorizou hoje o Steaua de Bucareste a participar na Liga dos Campeões da próxima época, apesar das acusações de corrupção das quais é alvo na Roménia.

    "A UEFA decidiu que o Steaua será autorizado a participar porque a decisão definitiva ainda não foi anunciada na Roménia", revelou o organismo europeu na página da internet.

    No entanto, a mesma UEFA reserva-se ao direito de tomar os procedimentos necessários, caso o castigo se torne vinculativo.

    O Steaua de Bucareste foi penalizado com sete pontos devido a um caso de corrupção que também envolvia o Universitatea Cluj. Segundo as acusações, o presidente da equipa da capital romena, Gigi Becali, canalizou 1,7 milhões de euros para os jogadores do Universitatea Cluj para que estes vencessem o CFR Cluj, na partida decisiva para o campeonato romeno. »

    http://www.record.pt/noticia.asp?id=793535&idCanal=44

    Michel Platinado, où es-tu?

    Não te ouço!!!

    ResponderEliminar
  10. phoenix, a calma é geralmente boa conselheira e existem alturas em que o silêncio é de ouro.

    Não se pode estar à espera que o clube dê uma conferência de imprensa sempre que existem ataques.
    Esta situação faz-me lembrar a 1ª. guerra do Golfo onde os jornalistas se queixavam da falta de info e os militares respondima que não podiam dar conferências de imprensa sempre que lançavam um ataque.
    Na segunda guerra com a invasão do Iraque juntaram o útil ao agradável, i.e., juntaram um punhado de jornalistas com as tropas de ataque que, segundo regras estabelecidas, transmitiam até operações em directo.

    Aqui a situação é identica.
    Não podemos esperar comunicados todos os dias mas tem 'escapado', para a comunicação social amigável documentos e peças importantes para a defesa do clube.

    Há que confiar em quem dirige a instituição e ter em conta que tb. podem errar. Poucas vezes, mas podem errar.
    Afinal são humanos, não?

    ResponderEliminar
  11. Grande Notícia!!! que eu já esperava.. E isto é só o começo.
    Fdp prós "transparentes da mer.." e pró michel "maçon" platinado.

    Força FCPORTO!!!!

    ResponderEliminar
  12. Estilhaço,

    Para a SAD, enquanto o pau vai e vem, folgam as costas.

    Para os adeptos, lá vem o pau de novo e já temos as costas bem doridas.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  13. Pois é mil893, grande bomba.
    'O Ministério Público sustentava que teriam sido fornecidas prostitutas à equipa de arbitragem e que lhe teria sido propiciado um jantar como contrapartida por violação das regras de jogo, mas o JIC entendeu que "só ficcionando ou conjecturando" se encontraria "nexo de causalidade" entre os factos.'

    Sobre a ficção, conjecturas e nexos de casualidade o Zé Luis, do PdB, já o tinha escrito.
    Agora estar no cabeleireiro e ouvir uma conversa no D. Henrique vai ser complicado de explicar por parte de quem reabriu o caso.

    Mas será de crer que a vergonha desta caça ao homem não terminará ainda por aqui. Estará é mais perto o dia de ser visível a outra face da moeda. Mas vamos com calma. Cada coisa a seu tempo.

    ResponderEliminar
  14. Calma phoenix, há quantos tempo ouvimos nós esta lenga-lenga?
    São lamúrias de quem quase nada ganha.

    Imagina que agora até já tem 12 taças em hóquei quando até no próprio site oficial são contabilizadas apenas 11.

    ResponderEliminar
  15. Capas de Imprensa em 01/ 09 / 08

    O Jogo - Pinto da Costa continua com o TIC da vitória.

    A Bola - Rui Costa assume ser o nº 10 do seu slb em 2008/09.

    Record - Sporting reforça plantel com prata da casa. Mais dois jovens craques da Academia vão entrar em estágio.

    ResponderEliminar
  16. Pinto da Costa não vai a julgamento
    13h30m

    "A acusação de corrupção desportiva activa contra Pinto da Costa relativa ao jogo FC Porto-Estrela da Amadora de 2003/2004 foi arquivada e o juíz concluiu que Carolina Salgado prestou falsas declarações.

    O tribunal considerou que, ao contrário do que tinha declarado, Carolina Salgado não estava ao lado de Pinto da Costa quando este recebeu o telefonema do empresário António Araújo para combinar o encontro de árbitros com prostitutas.

    O juíz de instrução Artur Ribeiro, após análise das escutas, concluiu que a ex-companheira do presidente do F. C. Porto mentiu porque, à hora do telefonema, não poderia estar ao lado de Pinto da Costa. O telefonema foi recebido às 13 horas e Carolina estaria, a essa hora, no cabeleireiro. Pinto da Costa estava a almoçar no restaurante D. Manuel.

    O Ministério Público sustentava que teriam sido fornecidas prostitutas à equipa de arbitragem e que lhe teria sido propiciado um jantar como contrapartida por violação das regras de jogo, mas o JIC entendeu que "só ficcionando ou conjecturando" se encontraria "nexo de causalidade" entre os factos.

    Cruzando o teor das escutas e dos depoimentos recolhidos, o magistrado concluiu que Carolina Salgado não podia comprovar, ao contrário do que afirmou, que Pinto da Costa e o empresário Araújo tinham conversado telefonicamente sobre a contratação de prostitutas para a equipa de arbitragem do F. C. Porto-Estrela, liderada por Jacinto Paixão.

    Já em fase de instrução, Vítor Baía e Jorge Costa terão confirmado ao JIC que um telefonema do empresário António Araújo a Pinto da Costa no dia do jogo ocorreu cerca das 13 horas, quando o dirigente portista se encontrava num hotel, a almoçar com os jogadores.

    Carolina Salgado tinha dito que a conversa, escutada pela Polícia Judiciária e em que as partes se expressaram em código, teria ocorrido quando Pinto da Costa se encontrava consigo no estádio do clube.

    Um telefonema anterior a essa conversa (11.30 horas) e outro posterior (15 horas), ambos de Carolina Salgado para Pinto da Costa, confirmam, contudo, que a ex-companheira do dirigente portista não estava junto dele para poder ouvir o alegado relato, nem o escutou via telemóvel.

    Carolina disse também que Pinto da Costa lhe confidenciou, no final da conversa, interpretando o sentido do telefonema, que António Araújo "ia contratar prostitutas para o Jacinto Paixão", árbitro do jogo e co-arguido neste processo.

    O magistrado considerou também que não houve violação de regras no jogo F.C. Porto-Estrela, de acordo com as perícias, nomeadamente em lances capitais. Nem sequer ficou provado que o JP a que se aludia em telefonemas escutados a Pinto da Costa fosse Jacinto Paixão, uma vez que o próprio presidente portista associou as siglas a Joaquim Pinheiro, outro dirigente do clube.

    O magistrado afirmou que as escutas realizadas no âmbito do "Apito Dourado" não poderiam ser consideradas para este processo específico.

    O JIC ordenou o envio ao DIAP certidão das declarações prestadas, em sede de instrução, pela testemunha Carolina Salgado, com vista a eventual procedimento criminal por testemunho agravado falso.

    O juíz ordenou que seja enviada ao DIAP certidão das declarações prestadas, em sede de instrução, pela testemunha Carolina Salgado, com vista a eventual procedimento criminal por testemunho agravado falso. Carolina Salgado pode incorrer numa pena até cinco anos de prisão.

    O processo F.C. Porto-Estrela foi reaberto pela equipa de Maria José Morgado, depois de ter sido arquivado por falta de provas, na sequência de declarações da ex-companheira de Pinto da Costa, Carolina Salgado, que terá confirmado as suspeitas de corrupção naquele jogo.

    O processo "Apito Dourado", que incluiu investigações a alegados casos de corrupção e tráfico de influências no futebol profissional português e na arbitragem, foi desencadeado a 20 de Abril de 2004 com a detenção para interrogatório de vários dirigentes e árbitros de futebol."

    JN On line

    ResponderEliminar
  17. Chefe-de-Turma: Nâo te cheira a galinha morta ? Anda por aí uma, e até tem (a pena). Enxota lá, SFF !

    ResponderEliminar
  18. Compreendo. porém o mercado russo é caro. Já se praticam salários incomportáveis. Arshavin p.e. ganha 2 milhões de euros anuais. abraço.

    ResponderEliminar
  19. Olá a todos!
    Também me quero associar a vós nesta hora e alegria por :

    TIC iliba Pinto da Costa no “Caso da Fruta” e manda arquivar o processo e investigar Carolina Salgado

    O Tribunal de Instrução Criminal do Porto decidiu hoje não levar a julgamento o presidente do FC Porto, Pinto da Costa, no processo Apito Dourado relativo ao jogo FC Porto - Estrela da época 2003/04, conhecido como o "Caso da Fruta". Os co-arguidos Reinaldo Teles, António Araújo, Jacinto Paixão, Manuel Quadrado e José Chilrito também não foram pronunciados pelo juiz de instrução criminal (JIC) Artur Ribeiro. O Ministério Público sustentava que teriam sido fornecidas prostitutas à equipa de arbitragem e que lhe teria sido propiciado um jantar como contrapartida por violação das regras de jogo, mas o JIC entendeu que "só ficcionando ou conjecturando" se encontraria "nexo de causalidade" entre os factos.

    Um abraço

    PS - publicado no meu dragaoatento

    ResponderEliminar
  20. Caro Pedro,

    Arshavin ganha cerca de 2 milhões de euros por ano, que pelas minhas contas são cerca de 140.000€ mensais. Agora faço a pergunta: quanto vai ganhar o Rodriguez? Segundo ouvi, cerca de 150.000€, além de que outros jogadores do FC Porto devem ter ordenados superiores aos tais 140.000€ de Arshavin.
    Na equipa russa, além do Arshavin, outros jogadores me saltaram à vista, por exemplo, Zhirkov, Zirianov ou até Semak!

    ResponderEliminar
  21. Viva !

    RCBC, gostei do teu texto. Não fazes a asneira de insultar o povo Francês, ou seja com quem vivo ao dia a dia, começando pela minha mulher e meus filhos, porque o Platini é bacoco.

    Há que separar os alhos dos ....

    Eu não sei como, futuramente, Miguel Sousa Tavares se vai livrar do que escreveu. Mas prejudicou bem o Porto. Isso é claro !

    É verdade que Alenitchev foi um grande jogador. Também não deixa de ser verdade que grandes jogadores brasileiros passaram pelo Porto : Aloísio, Geraldão, Branco, Juary ( e que me perdoem os esquecidos ).

    Não deixo de achar estranho que os portistas adoptem o artigo definido "el" para citarem os jogadores oriundos de países de língua Castelhana. Há um complexo ?

    Fabiano, antigo jogador do Porto, obrigou a imprensa Sevilhana e espanhola a conhecer o artigo definido "O".

    A Espanha deu, pela primeira vez, um título Europeu a um Sul Americano. Chama-se Senna !

    É Brasileiro. Pra estória ficaremos a saber que no Brasil se fala Castelhano.

    Dá-me a impressão que só o filho /Brasil resiste ( o pai / Portugal ficou a ver navios ).

    Senna é o nome dum grande piloto de F1, mas, sobretudo, é também o nome dum dos maiores escritores portugueses de sempre : Jorge de Sena.

    Eu penso da seguinte forma : Jogadores há muitos.

    1 : Prioridade aos jogadores formados no clube !

    2 : Prioridade aos jogadores de língua Portuguesa !

    3. Pensar o que é bom para o clube. E não esquecer que os Russos foram impressionantes porque estavam a meio da época.

    Para findar : Como qualquer ser humano que se assume ( como bem escreveu Miguel Esteves Cardoso, tem coisas boas e outras muito más, assumir é um verbo proibido ou que levanta dúvidas no rectângulo ) escrevo e assento que não sou nacionalista. Sou unicamente Portista !

    E Viva o Porto !

    ResponderEliminar
  22. Acho que o meu caro Porto.Maravilha está finalmente a assumir o seu papel de escritor, sem medos e a deixar sair livremente o que lhe assoma à ponta dos dedos!...Um abraço.

    ResponderEliminar